Micão justifica apelido e América de Teófilo Otoni bate o América BH

Juiz de Fora (MG), 18 de março de 2011
O zagueiro Micão, do América de Belo Horizonte, numa noite infeliz, facilitou a tarefa do América, de Teófilo Otoni. Micão falhou em dois lances no segundo tempo, proporcionando o segundo e o terceiro gols da equipe visitante, que quebrou a invencibilidade do América da capital: 3 a 1. O resultado complicou as chances de classificação do Tupi às semifinais do Estadual.
Depois de um escanteio pela direita, o zagueiro Jadson abriu o placar para os visitantes. No intervalo, dedicou o gol à mãe, que está hospitalizada em estado grave. O América da capital também criou suas chances, e na principal Fábio Júnior chutou na trave, mas o time de Teófilo Otoni mostrava bom conjunto, tocava a bola com personalidade e também criou oportunidades reais de marcar mais vezes.
Na etapa final, a equipe da capital, até então invicta no Estadual e na temporada, fez alterações e partiu em busca do empate. O artilheiro da competição, Fábio Júnior, aproveitou jogada em velocidade pela direita e concluiu, de perna esquerda: 1 a 1, o décimo-primeiro dele no Mineiro. Pouco depois, o zagueiro Micão cometeu erro grosseiro na saída de bola e o atacante Jonatas Obina aproveitou com estilo. Invadiu a área e chutou forte, no canto direito. Desesperado, o Coelho tentou novo empate, mas deixou a defesa desguarnecida. Após cruzamento da direita, o zagueiro Micão subiu com as duas mãos na bola para evitar o cabeceio de Jonatas Obina. Pênalti e expulsão do zagueiro, após o segundo cartão amarelo. O próprio Obina bateu o pênalti e fez seu oitavo gol na competição.
Nos instantes finais, o América de Teófilo Otoni perdeu seguidas chances de ampliar, em contra-ataques. O veterano atacante Euler ainda foi lançado pelo Coelho, aos 43 do segundo tempo, mas, mesmo com o acréscimo de quatro minutos, não incomodou o goleiro Fábio Noronha.
América 1 x 3 América-TO
Arena do Jacaré – 20h
A: Ronei Cândido Alves (FMF)
A1: Guilherme Dias Camilo (CBF/FMF)
A2: Ricardo Vieira Rodrigues (FMF)
4ºA: Wanderson Alves de Souza (FMF)

Gols: 7-Fábio Júnior, aos 23’2T (América); 4-Jádson, aos 16’1T e 11-Jonatas Obina, aos 28’2T e 38’2T (América-TO)
Público: 693 pagantes
Renda: R$ 6.425,00

América: 1-Flávio, 2-Marcos Rocha, 3-Micão, 4-Otávio, 5-Dudu, 6-Rodrigo, 7-Fábio Júnior, 8-Moisés (16-Netinho, aos 15’2T), 9-Luciano (17-Euller, aos 42’2T), 10-Irênio e 11-Camilo (18-Thiago Silvy, aos 14’2T). Técnico: Mauro Fernandes.
América-TO: 1-Fábio Noronha, 20-Osvaldir, 3-Luis Henrique, 4-Jádson, 7-Leandrinho (5-Araújo, aos 15’2T), 8-Felipe Dias, 9-Rogélio Ávila (86-Chrys, aos 27’2T), 10-Wellington Bruno (25-Diogo Alves, aos 44’2T), 11-Jonatas Obina, 16-Bruno Barros e 27-Luizinho. Técnico: Gilmar Estevam

Cartões Amarelos:
América: 2-Marcos Rocha, 3-Micão (2), 5-Dudu e 10-Irênio
América-TO: 7-Leandrinho e 8-Felipe Dias

Cartão Vermelho:
América: 3-Micão

Texto: Ivan Elias, com informações do site da Federação Mineira de Futebol

Foto: site do América Mineiro

[wpfootball id_league=2 id_template=2]

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário