Basquete: Sport é sede do Rio-Minas

Juiz de Fora (MG), 22 de março de 2011

A técnica e a habilidade dos jogadores de basquete proporcionam lances geniais para a torcida. A tática das equipes pode decidir uma partida nos últimos segundos. Por estes e outros motivos, o basquetebol atrai a admiração de milhares de pessoas pelo mundo. E para quem gosta de assistir os jogos desta modalidade, o Sport Club Juiz de Fora oferecerá, neste sábado, às 9h, um grande evento.

Além de sediar a Cerimônia de Abertura do Campeonato Rio-Minas de Basquete, o Verdão também participará com uma equipe na competição. “A organização escolheu o Sport para sediar o torneio como forma de premiar Juiz de Fora, por ser a primeira cidade de Minas Gerais com um clube participando do campeonato”, explicou o diretor de basquete do Sport, Alexandre Willians.

O Campeonato Rio-Minas contará com a presença de cinco times sub-18: Sport (Juiz de Fora); Paty do Alferes (Rio de Janeiro); CSN (Volta Redonda-RJ); ABF (Valença-RJ) e Fluminense (Petrópolis-RJ). No Torneio Início, todas as equipes se enfrentarão e, ao final do dia, o time com mais pontos conquistados será o campeão. Já no Campeonato Rio-Minas, a disputa será em turno e returno com jogos nos ginásios de cada clube. Os dois primeiros colocados farão a final. A competição terá início, em Petrópolis, no dia nove de abril e terminará em outubro.

De acordo com Alexandre Willians, o Periquito entrará forte em busca do título. “A expectativa do Sport para realizar um ótimo campeonato é grande, pois estamos trabalhando com o time juvenil há um ano. Os atletas já disputaram o Mineiro na temporada passada e adquiriram uma boa experiência. Por isso, estou confiante na conquista do caneco para Juiz de Fora”, afirmou o diretor de basquete.

Texto: site do Sport (www.sportclubjf.com.br)

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário