29 dez 2017

Vitória e última impressão de 2017 motivam JF Vôlei a reagir na Superliga



 

JF Vôlei consegue se impor diante do tradicional Minas Tênis Clube mesmo no ginásio do adversário

  Se a última impressão é a que fica, o torcedor do JF Vôlei pode ter esperanças em um returno de Superliga masculina 2017/18 melhor e com progressos na pontuação e classificação da equipe. A vitória por 3 sets a 2 sobre o tradicional e bem colocado Minas Tênis Clube, na casa do adversário, valeu mais que os dois pontos.

  Se a penúltima colocação entre os 12 da elite do vôlei nacional ainda incomoda – para garantir a permanência é necessário terminar pelo menos em décimo, o retorno positivo do triunfo motiva jogadores, Comissão Técnica e dirigentes para os dez jogos restantes do segundo turno e da fase de classificação.

  O Diretor Técnico do time local, Maurício Bara Filho, lembra de uma situação semelhante em competição anterior para buscar novo ânimo: “Que se repita a temporada 2013/14, quando vínhamos de oito derrotas e vencemos o Minas também na Arena por 3 sets a 2, também uma coincidência, e a partir dali tivemos uma sequência ótima de vitórias, que nos levou ao nono lugar. Claro que é só um detalhe, mas faz parte de nossas lembranças positivas.”

   Veja como está a pontuação da Superliga. Clique sobre a imagem para ampliar

  Maurício esteve ao lado do presidente da Asepel, Toninho Buda, e do supervisor Heglison Toledo, na Arena Minas, e destaca que o elenco entendeu a necessidade de dar uma resposta em  quadra: “Estivemos em Belo Horizonte. A direção toda, eu, o Heglisson Toledo e o Toninho Buda (presidente da Asepel). Um momento importante, duro, difícil. A equipe de certa forma tinha apresentado um bom voleibol nos últimos dois sets contra o Corinthians (derrota por 3 sets a 0).”

   O dirigente acredita que a preparação do grupo depois da partida diante do Corinthians foi fundamental: “Acho que a semana que antecedeu o jogo foi importante. Os meninos entenderam a importância do momento, de não podermos desistir de nenhum ponto, saber que cada ponto seria importante. O jogo foi encaixando, vencemos o primeiro set, deu uma auto-confiança muito grande na equipe. Passamos momentos difíceis quando o Minas empatou (2 sets a 2). A virada poderia acontecer. Acho que foi uma boa atuação. A luta de uma equipe jovem, que passa por um momento difícil na pontuação, mas que mantém a serenidade e buscando os pontos pouco a pouco. Não adianta fazer 15 pontos ao mesmo tempo, tem que fazer um de cada vez. Tínhamos uma vitória só, contra Maringá, que estava lá embaixo (na classificação) com a gente. Quando se tem uma vitória contra o quinto colocado…”.

  Henrique: “Bom voleibol o tempo todo”

  Para o treinador Henrique Furtado, a qualidade do adversário e o fato de o time ter resistido à pressão e conseguido vencer, depois da reação em dois sets a dois, são fatores que pesam na avaliação do duelo mineiro: “Jogo muito bom, enfrentamos um grande adversário. Com grandes jogadores, experientes, e jovens de muito valor. Conseguimos fazer uma grande partida. Acho que apresentamos um bom voleibol todo o tempo. Com algumas oscilações mas sem deixar de lado, sem desistir em momento algum de buscar a vitória a cada ponto, a cada set. Essa postura e agressividade foram fundamentais para a vitória. A responsabilidade foi muito bem dividida entre os jogadores, que souberam resistir à pressão que o adversário impôs em muitos momentos da partida. Fizemos um grande trabalho e o grupo está de parabéns, por ter superado um grande adversário”.

 Veja as partidas da segunda rodada do returno da Superliga. Clique sobre a imagem para ampliar

   O técnico também analisa como deve ser o comportamento do JF Vôlei a partir do dia 13, quando volta a quadra, para receber o Montes Claros, adversário direto: “É necessário seguir com os pés no chão, muito focado em todos os momentos. Mesmo quando vencer, é necessário seguir muito sereno e concentrado porque a cada jogo, a cada rodada o desafio é maior. Estamos focados em seguir cada vez melhor e buscando todas as vitórias que a gente puder buscar.”

 O JF Vôlei venceu o duelo mineiro contra o Minas Tênis Clube por 3 sets a 2, com parciais de 25/22, 25/20, 18/25, 17/25 e 16/14. O central Rômulo foi eleito o melhor da partida e recebeu o Troféu VivaVôlei CIMED. Outro destaque ficou por conta do ponteiro do time de Juiz de Fora, Leozinho, que marcou 21 pontos.

Ficha técnica
Minas: 
Carísio, Felipe Roque, Vanole, Bisset, Flávio, Pétrus e Rogerinho (líbero). Entraram: Maique, Marlon, Davy e Bob. Técnico: Nery Tambeiro.
Juiz de Fora Vôlei: Henrique, Emerson, Bruno, Leo, Filipi, Romulo e Mendez (líbero). Entraram: Felipe e Raphael. Técnico: Henrique Furtado.
Público: 407 torcedores. Árbitros: Ivan Cardoso e Ricardo Santos, ambos de Minas Gerais.

Rômulo recebeu Troféu VivaVôlei e vibrou muito na Arena Minas

Rômulo vibra

  A alegria pelo triunfo na abertura do returno foi mais especial ainda para o central Rômulo, que recebeu o Troféu VivaVôlei. Muito querido por torcedores e companheiros, ele se manifestou nas redes sociais, com o texto: “A felicidade estampada no rosto do garoto q ganhou seu primeiro VivaVôlei. Só tenho a agradecer a Deus por tudo em minha vida. Valeu demais por todos que foram, torceram e torcem por mim. Muito obrigado!!!”

  SUPERLIGA MASCULINA 17/18

Primeira rodada do returno

21.12 (QUINTA-FEIRA) – Sesi-SP 3 x 0 Copel Telecom Maringá Vôlei (PR), às 19h, no ginásio do Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) (25/19, 25/21 e 25/18)

21.12 (QUINTA-FEIRA) – Montes Claros Vôlei (MG) 1 x 3 Lebes Canoas (RS), às 19h, no Tancredo Neves, em Montes Claros (MG) (23/25, 23/25, 25/21 e 21/25)

21.12 (QUINTA-FEIRA) – Minas Tênis Clube (MG) 2 x 3 JF Vôlei (MG), às 19h30, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) (22/25, 20/25, 25/18, 25/17 e 14/16)

21.12 (QUINTA-FEIRA) – Vôlei Renata (SP) 3 x 0 Ponta Grossa Caramuru (PR), às 20h, no Taquaral, em Campinas (SP) (25/21, 25/21 e 25/22)

21.12 (QUINTA-FEIRA) – EMS Taubaté Funvic (SP) 0 x 3 Sesc RJ, às 21h30, no Abaeté, em Taubaté (SP) (23/25, 23/25 e 18/25)

16.01 (TERÇA-FEIRA) – Sada Cruzeiro (MG) x Corinthians-Guarulhos (SP), às 20h, no Riacho, em Contagem (MG) – SPORTV

 Veja a agenda do JF Vôlei no returno. Clique sobre a imagem para ampliar

 

 

 

 

 

Texto: Ivan Elias – Toque de Bola

Fotos: Renato Araújo – Minas e Divulgação

Artes: Toque de Bola, com informações do site da Confederação Brasileira de Voleibol


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 jun 2018
Torcedor local revela desencontro na arquibancada: “Cada um cantava uma coisa”

22 jun 2018
Fala, professor! Condé e Nascif veem triunfo brasileiro sofrido e merecido

21 jun 2018
Para entrar no G4! Tupi busca consolidar reação diante do Bragantino

20 jun 2018
A Copa esquentou! Juiz-forano conta como “clima” mudou na torcida russa

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse