07 fev 2014

Tenório crê em partida mais difícil contra os reservas do Atlético



Se o torcedor juiz-forano espera encontrar menos dificuldades contra o Atlético, neste sábado, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, às 17h, por encarar um time de reservas e atletas recém promovidos da base, o meia Fábio Tenório não compartilha a mesma opinião. “Atlético é Atlético.  Não vêm os titulares, mas quem joga, se estão lá, é porque têm qualidade. No meu ponto de vista, vai ser um jogo até mais difícil do que se fosse contra os titulares, que apesar de terem muita qualidade, ainda não estão nas suas melhores condições. Já os que estão de fora querem mostrar para o Autuori o porquê de estarem lá. Temos que ter o máximo de atenção, entrar focado para fazer um bom jogo e conseguir os três pontos”, analisou.

  O jogo tem transmissão a partir de 16h na rádio web do Toque de Bola. Link: http://www.toquedebola.esp.br/radio/ 

Opção em posição carente no elenco carijó, Tenório garantiu já ter melhorado sua parte física e pensa na titularidade. “Já estou preparado. Fiz três jogos entrando meia hora e creio que estou pronto. Tudo é ritmo de jogo, quanto mais for jogando, melhor. Estou à disposição se o professor quiser”, afirmou.

O treinador do Tupi, Wilson Gottardo, em entrevista após o treino desta sexta, 7, contou o que pensa ser necessário para que o time juiz-forano consiga vencer sua segunda partida na competição. “Para anular o Atlético tem que ser uma equipe toda jogando no mesmo sistema, com determinação, fazendo pressão forte no homem da bola. São coisas que a equipe está assimilando também, até porque cada atleta vinha trabalhando do seu jeito, com outros treinadores. Existe um período de adaptação e ela é confirmada nos jogos, só treinos não resolvem. Como se trata de início de campeonato, temos plenas condições de fazer uma boa competição, pontuar bastante, tudo depende do nosso desempenho”, projetou.

O time que enfrenta o Atlético deve ser formado por Jordan, Henrique, Hélder, Fabrício Soares e Elivelton (Magnum); Felipe Lima, Maguinho, Sidinei e Miguel; Núbio Flávio e Da Silva.

Elivelton é dúvida e Genalvo sofre leve entorse

No último treino no palco da partida deste sábado, os jogadores que jogaram contra a URT, em Patos de Minas, realizaram um trabalho leve, enquanto os que não participaram aprimoraram a parte física. A atividade, entretanto, no Estádio Municipal, não pode ser feita no campo de jogo, devido ao tratamento do gramado no mesmo horário, levando o elenco a treinar em volta das quatro linhas, em condições irregulares e desfavoráveis aos atletas. O lateral-esquerdo Elivelton treinou normalmente, mas ainda sente um desconforto na região do tornozelo e será reavaliado, tendo sua confirmação divulgada no sábado.

Caso o lateral não possa atuar, Gottardo já pensa em improvisar Magnum, já que não possui um jogador da posição de Elivelton dosponível para o jogo. “Só tenho uma opção de lateral, que é o Magnum, sendo que ele já jogou e treinou ali algumas vezes e foi bem. Poderia estar invertendo o Henrique e deixando o Magnum na direita, também tenho o Isidoro. Defensivamente, tenho o Magnum como a primeira opção”, analisou o treinador.

Elivelton treinou normalmente com o restante dos jogadores, mas ainda passará por avaliação

Elivelton treinou normalmente com o restante dos jogadores, mas ainda passará por avaliação

Genalvo e Núbio acabaram sofrendo entorse no tornozelo. A do atacante não preocupa, mas o volante ainda passará por avaliações, segundo o fisioterapeuta do clube, Téo Lopes. “O Genalvo sentiu uma entorse de tornozelo um pouco mais grave que a do Núbio, e essa lesão temos que esperar esfriar o corpo para avaliar. Acredito que não vai ser um desfalque para o jogo, mas é algo que sempre nos preocupa pelas condições do gramado”, disse Téo.

Pelas dimensões e irregularidades da área em que o Tupi realizou o treinamento, atividades foram improvisadas para evitar lesões ou algum desgaste. “Nós não conhecemos essa parte administrativa, mas a verdade é que foi disponibilizada uma área atrás do gol para treinarmos hoje, onde o gramado está muito longe de ser adequado, com muitas irregularidades e presença de buracos. Tentamos até poupar alguns atletas com histórico de entorse de tornozelo, mas mesmo assim dois atletas, durante a atividade, se queixaram de entorses leves no tornozelo. Esse improviso pelas condições do gramado acaba botando em risco um trabalho preventivo que você às vezes está fazendo há meses com o atleta”, analisou o fisioterapeuta.

Pênaltis defendidos: Estudo, trabalho de fundamentos e instinto  

Um dos destaques positivos neste início de campanha do Carijó no Campeonato Mineiro é a atuação dos goleiros. Na estreia, Gonçalves contribuiu diretamente no empate contra o América, no Independência, defendendo pênalti cobrado por Obina. Na terceira rodada, foi a vez de Jordan. Em outra cobrança de penalidade bem batida, agora pelo atacante da URT, Paulão, o dono da meta alvinegra fez grande defesa, impedindo, no momento, o adversário abrir o placar. Fora das quatro linhas, dois membros da comissão técnica têm crédito e responsabilidade por estas defesas: o preparador de goleiros, Walker Campos, e o auxiliar na preparação, Negrete.

Walker, na esquerda, e Negrete: trabalho desenvolvido tem gerado resultados positivos com goleiros

Walker, na esquerda, e Negrete: trabalho desenvolvido tem gerado resultados positivos com goleiros

Walker contou parte do procedimento que realiza em seu trabalho para que estes resultados aconteçam dentro de campo. “Nos agarramos em algumas coisas, a gente pesquisa e estuda e eu estimulo isso também neles. Fazemos alguns trabalhos voltados a isso, treinamos um pouco da reação, força explosiva e a parte de estímulos. Nós orientamos os goleiros, procuramos deixá-los confortáveis, esperar o máximo possível e confiar nessa explosão, jogar a responsabilidade para o batedor. Graças a Deus tem dado certo, ficamos tristes, pois gostaríamos de ter saído com a vitória para coroar essa atuação, mas estou tranquilo” disse, se referindo também à derrota sofrida para a URT.

O preparador ainda ressaltou as consequências que uma defesa de pênalti pode trazer ao restante da partida, para as duas equipes envolvidas. “Passa uma motivação, uma confiança ainda maior aos atletas. Também aumenta a responsabilidade do adversário. Contra a URT, por exemplo, a torcida hostilizou bastante o atleta (Paulão), mas ele foi muito bem, a bola foi quase no pé da trave. O Jordan utilizou sua envergadura, a explosão e o instinto, então ele fez uma grande defesa”, afirmou Walker.

Jogos da rodada

Tupi x Atlético

Sábado 08/02/2014

Mário Helênio -17h

Árbitro: Marcos Vinícius de Sá dos Santos (CBF/FMF)

A1: Luiz Antônio Barbosa (CBF/FMF)

A 2: Filipe Ramos Santana (FMF)

4º A: Rodrigo Gomes Lúcio (FMF)

ASSESSOR: Álvaro Azeredo Quelhas

 

Tombense x Caldense

Domingo 09/02/2014

Antônio G. Almeida – 17h

A: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA/MG)

A1: Marcus Vinícius Gomes (CBF/FMF)

A2: Leonardo Henrique Pereira (FMF)

4º A: Wilson do Carmo (FMF)

ASSESSOR: Ângelo Antônio Ferrari

 

 Minas Boca x Boa

Domingo 09/02/2014

Antônio G. Almeida – 17h

A: Cleisson Veloso Pereira (CBF/FMF)

A1: Márcio Eustáquio Souza Santiago (FIFA/MG)

A2: Leandro Salvador da Silva (FMF)

4º A: Adílio Ribeiro da Silva (FMF)

ASSESSOR: Rogério Pereira da Costa

 

Cruzeiro x América

Domingo 09/02/2014

Mineirão – 17 h

A: Wanderson Alves de Souza (CBF/FMF)

A 1: Guilherme Dias Camilo (Aspirante FIFA/MG)

A2: Marconi Helbert Vieira (CBF/FMF)

4º A: Hélio José dos Santos (FMF)

ASSESSOR: Marco Aurélio Lopes dos Santos

 

Nacional x Guarani

Domingo 09/02/2014

Soares Azevedo – 18h30

A: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira (FMF)

A 1: Janette Mara Arcanjo (FIFA/MG)

A2: Pablo Almeida Costa (CBF/FMF)

4º A: Murilo Francisco Misson Júnior (FMF)

ASSESSOR: Eustáquio Álvares Ferreira

 

Texto de Bruno Kaehler, com informações complementares do site da Federação Mineira

Fotos: Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


19 out 2017
Oficial: Tupi informa que treinador Aílton Ferraz não fica no clube

19 out 2017
Copa Toque de Bola de Futsal: Academia destaca “movimento esportivo” gerado pela competição

19 out 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

18 out 2017
Faefid-UFJF recebe nota máxima em avaliação, foca em “atuar com pessoas” e vê trabalho dobrado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.