11 mar 2012

Cruzeiro bate o Villa e faz a sena



Sete Lagoas (MG), 11 de março de 2012

Com mais um ótimo desempenho, tanto defensiva quanto ofensivamente, o Cruzeiro derrotou o Villa Nova, por 2 x 0, na tarde deste domingo, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, pela 6ª rodada do Campeonato Mineiro e chegou à sexta vitória consecutiva na temporada. A equipe de Nova Lima estreava o treinador Mauro Fernandes, que substituiu o ex-carijó Welington Fajardo.

Walter e Montillo marcaram os gols de mais uma vitória da Raposa, que volta a campo no próximo domingo, às 18h30, contra a Caldense, no estádio Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas.

Com um time repleto de jogadores formados nas divisões de base do Cruzeiro, o Villa Nova começou a partida exercendo uma forte marcação no meio de campo, apostando nos contra-ataques. E foi justamente aproveitando erros da Raposa, que a equipe de Nova Lima chegou duas vezes com perigo na frente do gol de Fábio, até os 10 minutos de jogo.

Na primeira delas, logo aos 3 minutos, em contra-ataque, Eliando surgiu cara a cara com Fábio, que saiu muito bem do gol e evitou a abertura do placar. Na outra, Eliandro aproveitou passe errado de Gilson, entrou na grande área e tocou na medida para Alex Santos, que chutou mal, acima do gol da Raposa.

A partir daí, o Cruzeiro conseguiu trabalhar mais a bola no meio, e passou a criar as jogadas de ataque, como no cabeceio de Anselmo Ramon, após cruzamento de Wallyson, que o goleiro Élisson defendeu.

Pouco tempo depois, Everton aproveitou rebote da zaga adversária e acertou um forte chute, de fora da área. Élisson fez outra importante defesa, colocando para escanteio.

Montillo sofria uma marcação rígida, com diversos marcadores do Villa Nova fazendo rodízio para parar as jogadas do argentino, mas o meia celeste conseguia encontrar as brechas para construir as chances de gol. Após jogada individual do meia, a bola sobrou para Gilson, que chutou para fora, acima do gol.

Aos 23 minutos, o técnico Vágner Mancini teve que fazer a primeira alteração na equipe, com a entrada do volante Rudnei no lugar do atacante Anselmo Ramon, que deixou o campo após uma disputa de bola, de cabeça, com um atleta adversário.

O Cruzeiro pressionava o Villa Nova, que se virava como podia para tentar evitar o gol da Raposa, que só conseguiu abrir o marcador aos 39 minutos do primeiro tempo, após bela jogada trabalhada. No lance, Montillo recebeu passe de Wallyson e tocou na medida para Walter. O atacante, com calma, dominou a bola no peito e chutou na saída de Élisson. Um bonito gol, o primeiro dele pelo time celeste. Cruzeiro 1 x 0.

 Etapa final

O Cruzeiro manteve o domínio da partida no segundo tempo e, antes de ampliar o marcador, teve duas boas chances de marcar. Wallyson fez boa jogada individual pela esquerda e cruzou na área para Walter, mas o zagueiro Carciano conseguiu chegar primeiro e tirou a bola para a linha de fundo. Pouco tempo depois, Gilson quase surpreendeu Élisson em um chute forte de fora da área, mas o goleiro do Villa Nova segurou firme.

Pelo lado do time de Nova Lima, Thiaguinho, que pertence ao Cruzeiro, chegou com perigo duas vezes, mas finalizou mal. Aos 27 minutos, Vágner Mancini mexeu no time pela segunda vez, colocando o ex-júnior Elber no lugar de Gilson.

O garoto cinco estrelas entrou muito bem na partida e deu muito trabalho ao setor defensivo do Villa Nova. Na primeira vez em que pegou na bola, Elber lançou Montillo, que cruzou de volta para Elber. O meia desviou a bola e quase marcou, não fosse bela defesa de Élisson. No rebote, Wallyson chutou e Élisson novamente salvou o Villa Nova.

Aos 31, Wallyson recebeu passe de Elber e lançou Montillo, que dominou a bola, driblou Carciano e chutou de perna esquerda. Outro belo gol da Raposa. Cruzeiro 2 x 0. Três minutos depois, Elber fez outra ótima jogada, tabelou com Wallyson, mas chutou mal, para fora.

O Cruzeiro acabou ficando com um jogador a menos em campo, aos 35 minutos, já que o árbitro Renato Cardoso Conceição deu o segundo cartão amarelo para o atacante Walter, excluindo o atleta celeste da partida.

Vágner Mancini fez a última alteração no time azul, com a entrada do volante Amaral no lugar de Wallyson. O Cruzeiro seguiu mandando no jogo, teve mais chances de gols, mas não conseguiu ampliar. Cruzeiro 2 x 0.

CRUZEIRO 2 x 0 VILLA NOVA

Data: 11/03/2012 (domingo)

Motivo: 6ª rodada do Campeonato Mineiro

Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas

Árbitro: Renato Cardoso Conceição

Público: 3.651 pagantes

Renda: R$ 57.717,00

Gols: Walter, aos 39 min. do 1º tempo; Montillo, aos 31 min. do 2º tempo

CRUZEIRO

Fábio; Marcos, Léo, Victorino e Gilson (Elber); Leandro Guerreiro, Everton e Montillo; Wallyson (Amaral), Walter e Anselmo Ramon (Rudnei)

Técnico: Vágner Mancini

 

VILLA NOVA

Élisson; Carciano, Álvaro e Heitor; Alex Santos, Higo, Marcus Pinguim, Francismar (Vinícius) e Zé Rodolpho (Thiaguinho); Eliandro e Henrique

Técnico: Mauro Fernandes

 

Cartões amarelos: Léo (Cruzeiro); Higo e Thiaguinho (Villa Nova)

Cartão vermelho: Walter (Cruzeiro)

 Texto: site oficial do Cruzeiro

Foto: Washington Alves/Vipcomm


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


24 nov 2017
Com vídeos! Sucesso dentro e fora da quadra, Copa Toque de Bola de Futsal promete emoção na reta final

22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.