10 mar 2011

Cuca: “A gente podia estar jogando até agora, e a bola não entraria”



O técnico Cuca destacou a atuação do goleiro Rodrigo, para ele o melhor jogador em campo

 

Juiz de Fora (MG), 10 de março de 2011
“A gente podia estar jogando até agora que a bola não ia entrar. Hoje foi o dia do goleiro do Tupi (Rodrigo), na minha opinião o melhor jogador em campo”. Assim o treinador Cuca resumiu, na entrevista coletiva, dentro do vestiário, o que foi o empate sem gols que impediu ao time celeste assumir a liderança do Campeonato Mineiro.
Cuca gostou mais do Cruzeiro no primeiro tempo. E acredita que com o passar do tempo e as oportunidades desperdiçadas, “a partida ficou à feição do Tupi”. O treinador reconheceu que as alterações não surtiram o efeito desejado na etapa final. “Coloquei o André na vaga do Montillo porque estávamos criando várias situações de área. Podíamos ter colocado o Dudu no meio, o que fizemos depois, e ainda tivemos o Ernesto Farias, terminando a partida com quatro atacantes, mas nosso segundo tempo não foi como o primeiro”.
Preocupado em não criar problemas com o elenco, Cuca fez questão de dar um voto de confiança a Wellington Paulista, barrado no início da semana. “Eu e a torcida sabemos que ele é importantíssimo para o Cruzeiro, só não está no bom momento. Hoje, por exemplo, ele não atuou e também não marcamos os gols. Então não se pode colocar a culpa nele”.
O detalhe é que, no momento de dar esse voto de confiança a Wellington Paulista, o treinador fez questão de chamar um repórter de rádio que estava ao vivo, mas já havia encerrado sua participação na coletiva.
Antes de Cuca, quem se dirigiu à imprensa foi o médico Sérgio Freire, para explicar a situação do meia Montillo, substituído no intervalo. “Não foi torção, não houve lesão, decidimos tirar porque ele estava com dores”, explicou. Sobre o fato de o jogador ter declarado já estar sentindo dores há algum tempo, o médico minimizou: “Nada grave”.
O médico foi protagonista de um lance curioso no segundo tempo. Ao deixar o banco para aquele tradicional pique no atendimento a um jogador, caiu e levou o torcedor e o próprio Cuca às gargalhadas no Estádio Mário Helênio. Sobre Roger e Gilberto, disse que o primeiro está mais próximo do retorno.
O treinador não esconde a preocupação com Montillo. “Ele já vem acusando essa tendinite e preferimos tirá-lo do segundo tempo, e olha como o rendimento do time caiu. Para domingo, pelo Mineiro, sentindo dor ele não joga, vamos preservá-lo para a Libertadores.”
Cuca também analisou o resultado da noite pelo grupo do Cruzeiro na Libertadores – vitória do Estudiantes, da Argentina, sobre o Guarani, 2 a 1, no Paraguai: “Pode ser bom, podemos enfrentar o Guarani já eliminado, esperava que o Estudiantes ganhasse mesmo”.
Depois do médico e do técnico, o atacante Thiago Ribeiro assumiu os microfones: “Quando empatamos sem gols sem criar chances saímos preocupados, mas hoje (quarta, 9) ninguém pode dizer que não criamos as oportunidades. Foram no mínimo quatro chances reais”. Sobre sua atuação, Thiago considerou boa: “Há quatro jogos estou fora, acho que consegui fazer uma boa partida”.
O atacante preferiu não se estender sobre a disputa por uma vaga no ataque do Cruzeiro e admitiu a prioridade do clube na Libertadores: “Claro que é a competição mais importante, mas quando entramos em campo a gente esquece isso e quer a vitória”. Cuca também abordou o tema: “Queremos ser campeões mineiros”.
Texto: Ivan Elias


Voltar

Uma Resposta to “Cuca: “A gente podia estar jogando até agora, e a bola não entraria””

  1. Nel
    10/03/2011 às 8:43

    Nada como assistir o Tupi. O Torcedor vai, sempre vai. Aqueles que admiram o bom futebol vão as vezes, às vezes vão! O torcedor de JF é exigente mas é preguiçoso, é torcedor de telão, torcedor de poltrona. Está acostumado a ver jogos em quadro fechado, Quando vai ao Estádio fica perdido, acha que o Tupi é HORROROSO. Quem está acostumado a ver jogos no campo, no estádio sabe muito bem do que estou falando!
    Que os admiradores do futebo do Rio possam aprender a admirar o futebol no Helenão com nosso Galo. À aqueles deslumbrados de agora e de outrora com o Maraca e do Engenhão, troquem o deslumbramento pela real possibilidade de torcer de verdade!

Deixe uma resposta

Notícias


21 maio 2018
Após assinar com ArcelorMittal, JF Vôlei estuda parceria diferente com Sada

21 maio 2018
Acabou o amor? Torcedor cobra reforços e qualidade em derrota do Tupi

20 maio 2018
Que fase! Tupi perde a quarta na Série C

19 maio 2018
Missão cumprida! Tupi Futsal traz a vaga e pega o Corinthians

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.