18 jun 2018

Tupi na Rússia! Conheça o juiz-forano que mostrou o Carijó para o mundo



 

Bandeira da Rússia com o escudo do Tupi esteve na estreia do Brasil na Copa

A estreia do Brasil na Copa do Mundo, no domingo, rendeu uma imagem curiosa para os juiz-foranos: em um dos cantos da arquibancada da linha de fundo da Arena Rostov estava uma bandeira da Rússia estampada com o escudo do Tupi.

  A foto acabou invadindo celulares por toda a cidade e “viralizando” também nas redes sociais. Assim, a curiosidade de muita gente ficou aguçada: quem seria o responsável por levar o escudo do Tupi à Copa da Rússia?

  O Toque de Bola foi atrás e falou com o corretor de seguros Edesio Iung, de 53 anos, que orgulhosamente estendeu estandarte no estádio da estreia do Brasil, atrás do gol onde Phillipe Coutinho balançou a rede para a Seleção no primeiro tempo, e a Suíça empatou com Zuber no segundo. Além disso, descobriu detalhes de como foi levar ao símbolo do Tupi até o país da Copa.

 

 

Eduardo Moraes, Renato Brega, Flávio Bara e Edesio Iung: quarteto juiz-forano conta ao Toque de Bola as peripécias vividas nos bastidores da Copa do Mundo

Paixão de família

  Como conta Edesio, a ideia de fazer a bandeira surgiu em família. “Entre meus familiares é tradição torcer para o Tupi. Meu pai, depois eu e agora meu filho e sobrinhos acompanham o time. Conhecemos bem a historia do clube”, conta. “A ideia foi de um de meus sobrinhos que fez a bandeira e me deu de presente. Disse a ele que colocaria no alambrado nos jogos que iria assistir”, explica.

  O sobrinho é Gabriel Iung, que revela a intenção e como foi feita a bandeira. “A ideia era representar o Tupi, mas com o intuito de despertar a simpatia dos russos. Ela foi feita no processo de sublimação, em uma prensa térmica que estampa o material. Minha parte foi simples, o Edesio que é monstro ao levar o Tupi à Copa”, comemora.

A imagem viralizou nas redes sociais

Odisseia da bandeira

  Feliz com a repercussão gerada, Edesio conta que a bandeira esteve e estará em outros locais da Rússia. “Levei ela na Praça Vermelha, onde eu e meus amigos (Eduardo Moraes, Flávio Bara e Renato Brega), todos carijós e juiz-foranos, assistimos a abertura do Mundial. Alugamos um carro e descemos em direção a Rostof On Don, assistimos o jogo do Brasil e viemos para Sochi, onde vamos visitar o local de concentração da Seleção. Isso deu um total de 1.600km de estrada”, conta.

  A viagem continua em breve. “Quarta (dia 20) voamos para São Petesburgo para o segundo jogo do Brasil. Após, pegamos um trem bala até Moscou para assistir a terceira partida, dia 27. Depois continuamos em Moscou até a volta dia 30 para o Brasil. A bandeira estará comigo em todos os momentos e, claro, nos estádios”, garante.

Edesio é o responsável pelo Tupi ir à Copa

Vai voltar

  Foi Edesio mesmo que tirou a foto que virou hit em Juiz de Fora. E é ele também quem conta o destino do símbolo. “Fui eu mesmo quem tirei a foto. Ficamos muito felizes com a repercussão porque somos torcedores de verdade, de família, como eu disse. Depois de estar na Copa, a bandeira vai voltar para ajudar a apoiar o Galo”, garante.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos 

Fotos: Facebook Edesio Iung / reprodução do Whatsapp


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



16 jul 2018

ADT Brasil leva duas equipes de base para ABS Cup


12 jul 2018

Cascatinha inaugura pista de skate com presença de Nicholas Dias


04 jul 2018

Susto! Parapente faz pouso forçado no Estádio Salles Oliveira

Notícias


18 jul 2018

Na busca da salvação do Tupi, Aílton garante: ‘só os loucos sobrevivem’


18 jul 2018

Jogos Sesi Juiz de Fora 2018: confira resultados, tabela e fotos


17 jul 2018

Idolatria, emoção e bola rolando! Veja como começou a Copa Zico JF


16 jul 2018

De volta! Ailton Ferraz reassume para tentar livrar Tupi da queda


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse