17 jun 2012

Vasco perde 100%, mas segue líder e invicto



O Vasco arrancou no final do jogo o empate de 1 a 1 diante do Palmeiras, neste domingo, 17 de junho, na Arena Barueri. O gol vascaíno foi marcado por Juninho Pernambucano em uma bela cobrança de falta. Com o resultado, o Cruz-maltino segue invicto e como líder do Campeonato Brasileiro.

Fluminense, Botafogo e Cruzeiro vencem no Brasileirão

O Vasco entrou em campo com o reforço do zagueiro Dedé, que pela primeira vez atuou como titular no Campeonato Brasileiro. Felipe atuou na lateral-esquerda, mais uma vez, e Juninho foi escalado ao lado de Diego Souza para armar o meio de campo.

Lago aos 2 minutos, o Palmeiras teve uma grande chance de abrir o placar. Luan avançou pela esquerda, cruzou e João Vitor furou, desperdiçando a oportunidade. O Bacalhau não se intimidou com o início ofensivo do adversário e logo respondeu com Eder Luis. O atacante recebeu lançamento espetacular de Juninho pela direita, invadiu a área e chutou cruzado para uma boa defesa de Bruno. A partida, após um começo bastante movimentado, ficou truncada no meio de campo com muitas faltas e erros de passes, caindo bastante sua qualidade técnica.

Antes do final da primeira etapa, o Trem Bala criou uma oportunidade de fazer o gol. Fagner fez boa jogada individual e cruzou para Alecsandro. O Camisa 9, mesmo desequilibrado, conseguiu ajeitar a bola para Rômulo, que chegou batendo de primeira para uma grande defesa do goleiro palmeirense.

Palmeiras sai na frente, mas o Reizinho arranca o empate em cobrança de falta

O Vasco iniciou bem o segundo tempo ao quase abrir o placar com Diego Souza após uma bonita tabela cruz-maltina. O meia, contudo, na hora de finalizar acabou errando a bola. O Palmeiras respondeu com Barcos, que ganhou a disputa da zaga do Vasco e tentou encobrir o goleiro Fernando Prass, mas a finalização foi para fora.

Aos 11 minutos, o Palmeiras abriu o placar com Mazinho. O adversário gingou para cima de Dedé, limpando-o para depois finalizar no cantinho, sem chances para Prass. Mesmo em desvantagem no placar, o líder do Brasileirão seguiu firme em busca do seu tento.

Juninho Pernambucano quase empatou a partida em uma cobrança de falta que passou por todo mundo, enganando o goleiro adversário. O Cruz-Maltino continuou com a maior posse de bola no ataque, pressionando o Palmeiras, que recuou para tentar ampliar a vantagem em um contra-ataque.

Para melhor o meio de campo, Cristóvão Borges colocou o Carlos Alberto no lugar de Diego Souza. O meia entrou e deu mais velocidade à equipe. Aos 37 minutos, o jogador aplicou um belo drible no marcador, que usou a mão para parar o lance. Juninho Pernambucano foi para a cobrança para fazer mais um belo gol de falta.

O Gigante da Colina seguiu melhor na partida, criando boas oportunidades. Aos 43 minutos, o Reizinho colocou a bola na cabeça de Alecsandro, que finalizou bonito para virar o jogo. A arbitragem, corretamente, anulou o tento, pois o artilheiro estava em posição de impedimento.

No final da partida, as duas equipes alternaram os ataques, mas nenhuma delas conseguiu fazer o gol que lhe daria a vitória. Com o resultado, o Vasco continua invicto no Brasileirão e na liderança do campeonato. O Bacahlau agora receberá o Cruzeiro em São Januário, no próximo sábado (23), às 18h30.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 1 X 1 VASCO
Local: Arena Barueri, em Barueri (SP)
Data/Hora – 17/6/2012 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Vuaden (Fifa-RS)
Auxiliares: Marcelo Bertanha Barison (RS) e José Chaves Franco Filho (RS)
Cartões amarelos: Thiago Heleno, Henrique, Juninho (PAL); Nilton, Felipe (VAS)
Gols: Mazinho, 11’/2ºT (1-0); Juninho, 38’/2ºT (1-1)

PALMEIRAS: Bruno, Cicinho, Thiago Heleno, Maurício Ramos e Juninho; Henrique, Marcos Assunção (Márcio Araújo, 44’/1ºT), João Vítor e Daniel Carvalho; Luan (Mazinho, 18’/1ºT) e Barcos. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

VASCO: Fernando Prass; Fagner, Dedé, Rodolfo e Felipe (Thiago Feltri, 39’/2ºT); Rômulo, Nilton, Juninho e Diego Souza (Carlos Alberto, 27’/2ºT); Eder Luis e Alecsandro. Técnico: Cristovão Borges.

Texto: site oficial do Vasco

Fla vence com gol no fim

O Flamengo caminhava para um empate melancólico com os reservas dos Santos no Engenhão, pela quinta rodada do Brasileiro. Mas um pênalti marcado aos 40 minutos do segundo tempo mudou o rumo da partida. No final, o time de Joel Santana venceu os santistas por1 a0 e conquistou sua segunda vitória na Série A.

O gol de pênalti foi marcado pelo meia Dario Bottinelli. Lance duvidoso. Escolhido para cobrar a penalidade máxima, o jogador flamenguista foi vaiado pela torcida presente no estádio. Mesmo assim, ele bateu forte no canto esquerdo de Aranha, que acertou o lado, mas não conseguiu fazer a defesa.

Com o resultado, o time de Joel Santana segue invicto no Brasileiro. São três empates e duas vitórias que garantem nove pontos ao clube e o deixa próximo do grupo dos quatro primeiros colocados. Já o Santos, focado na Libertadores, ainda não venceu no Brasileiro: são três empates, duas derrotas e a possibilidade do clube terminar a rodada na zona de rebaixamento.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1 X 0 SANTOS

Local: Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 17 de junho de 2012 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (AL)
Assistentes: Altemir Hausemann (RS) e Guilherme Dias Camilo (MG)
Cartões amarelos: Bottinelli (Flamengo); Geuvânio, Anderson Carvalho, Éwerthon Páscoa, Gérson Magrão (Santos)
Gol: FLAMENGO: Bottinelli, de pênalti, aos 42 minutos do segundo tempo

FLAMENGO: Paulo Victor; Wellington Silva, Marllon, Marcos González e Magal (Bottinelli); Airton, Luiz Antônio,Renato Abreue Ibson (Mattheus); Diego Maurício (Hernane) e Vágner Love
Técnico: Joel Santana

SANTOS: Aranha; Maranhão, Bruno Rodrigo,Gustavo Henriquee Emerson Palmieri (Geuvânio); Anderson Carvalho (Alan Santos), Éwerthon Páscoa, Crystian (Dimba), Gérson Magrão e Felipe Anderson; Renteria
Técnico: Tata (interino)

Texto: www.espn.com.br

Luis Fabiano marca, mas é expulso no final do jogo

No dia em que comemorou 20 anos da conquista da primeira Libertadores de sua história, o São Paulo conseguiu uma vitória no sufoco por1 a0 sobre o Atlético-MG no Morumbi, em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O único gol do jogo saiu dos pés de Luis Fabiano, que acabou expulso no final da partida depois de levar dois cartões amarelos.

Outro que tinha muito que comemorar antes mesmo do apito inicial na partida era o meia Lucas. O jogador completou 100 jogos com a camisa tricolor diante do Atlético-MG e recebeu uma camisa com o número 100 atrás das mãos do eterno camisa 10 são-paulino, Raí.

Mas o homenageado Lucas não foi o nome do jogo neste domingo. Diferentemente da partida no meio da semana, contra o Coritiba, quando se destacou pela bela jogada que resultou no único gol da partida ao final do segundo tempo, diante do Atlético-MG, Lucas teve bons lances mas deixou de tocar a bola algumas vezes e acabou até sendo ‘criticado’ por Luis Fabiano no intervalo.

O camisa 9, por sua vez, foi quem garantiu a vitória são-paulina, quando aos 41 minutos do primeiro tempo, aproveitou o passe preciso de Jádson para balançar as redes mais uma vez no Morumbi. O atacante acabou sendo expulso no final da partida, por reclamação, e deixou o campo muito irritado com o árbitro Elmo Alves Resende e Cunha.

A notícia triste da partida ficou por conta do volante Fabrício, que foi titular neste domingo, mas sentiu o joelho esquerdo aos 20 minutos e precisou ser substituído pela quarta vez em sua quarta partida no ano.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 0 ATLÉTICO-MG

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 17 de junho de 2012, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Renda: R$ 304.052,00
Público: 10.981 pagantes
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
Assistentes adicionais: Fabio Filipus (PR) e Antonio Frederico de Carvalho Schneider (RJ)
Cartões amarelos: Douglas e Lucas (São Paulo); Pierre (Atlético-MG)
Cartões vermelhos: Luis Fabiano (São Paulo)

Gols:
SÃO PAULO: Luis Fabiano, aos 40 minutos do primeiro tempo.

SÃO PAULO: Denis; Douglas (Rodrigo Caio), Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Fabrício (Maicon), Casemiro, Cícero e Jadson; Lucas (Osvaldo) e Luis Fabiano
Técnico: Emerson Leão

ATLÉTICO-MG: Giovanni, Carlos César (André), Réver, Rafael Marques e Júnior César; Pierre (Leandro Donizete), Richarlyson, Danilinho (Juninho) e Ronaldinho; Bernard e Jô
Técnico: Cuca

Texto: www.espn.com.br

Equipe PG J V E D GP GC SG
1 FLUMINENSE/RJ  FLUMINENSE/RJ 77 38 22 11 5 61 33 28
2 ATLÉTICO/MG  ATLÉTICO/MG 72 38 20 12 6 64 37 27
3 GRÊMIO/RS  GRÊMIO/RS 71 38 20 11 7 56 33 23
4 SÃO PAULO/SP  SÃO PAULO/SP 66 38 20 6 12 59 37 22
5 VASCO/RJ  VASCO/RJ 58 38 16 10 12 45 44 1
6 CORINTHIANS/SP  CORINTHIANS/SP 57 38 15 12 11 51 39 12
7 BOTAFOGO/RJ  BOTAFOGO/RJ 55 38 15 10 13 60 50 10
8 SANTOS/SP  SANTOS/SP 53 38 13 14 11 50 44 6
9 CRUZEIRO/MG  CRUZEIRO/MG 52 38 15 7 16 47 51 -4
10 INTERNACIONAL/RS  INTERNACIONAL/RS 52 38 13 13 12 44 40 4
11 FLAMENGO/RJ  FLAMENGO/RJ 50 38 12 14 12 39 46 -7
12 NÁUTICO/PE  NÁUTICO/PE 49 38 14 7 17 44 50 -6
13 CORITIBA/PR  CORITIBA/PR 48 38 14 6 18 53 60 -7
14 PONTE PRETA/SP  PONTE PRETA/SP 48 38 12 12 14 37 44 -7
15 BAHIA/BA  BAHIA/BA 47 38 11 14 13 37 41 -4
16 PORTUGUESA/SP  PORTUGUESA/SP 45 38 10 15 13 38 41 -3
17 SPORT/PE  SPORT/PE 41 38 10 11 17 39 56 -17
18 PALMEIRAS/SP  PALMEIRAS/SP 34 38 9 7 22 39 54 -15
19 ATLÉTICO/GO  ATLÉTICO/GO 30 38 7 9 22 37 67 -30
20 FIGUEIRENSE/SC  FIGUEIRENSE/SC 30 38 7 9 22 39 72 -33

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


18 jan 2018
Próximo adversário do Tupi, Uberlândia perde em casa. Veja como começou o Estadual

18 jan 2018
Tem de 12 a 16 anos e quer jogar basquete? Sexta é dia de cesta! Olha esse convite da Faefid-UFJF

17 jan 2018
“Barraco” no Poço Rico! Eleições do Tupynambás viram caso de polícia

17 jan 2018
Cruzeiro x Tupi: choque de realidades marca estreia do Carijó no Campeonato Mineiro

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse