05 nov 2011

Fogão vacila e perde chance de encostar nos líderes: Figueira 1 a 0



Um gol no início do jogo foi determinante para o Botafogo ser derrotado pelo Figueirense, por 1 a 0, neste sábado, no Stadium Rio. O Glorioso passou o restante da partida buscando a reação e criando chances, mas não conseguiu ter êxito. Com 55 pontos, o time segue vivo na briga pelo título brasileiro e tem como próximo adversário o Vasco, no próximo domingo, também no Stadium Rio.

O jogo, que já se anunciava difícil, ficou mais complicado porque logo no início, aos 5 minutos, Júlio César acertou um forte chute de fora da área e venceu Jefferson, deixando o Figueirense em vantagem. Pouco depois, o atacante teve outra chance e o goleiro alvinegro fez grande defesa.

O Botafogo havia começado bem a partida, mas o gol sofrido representou um baque, até mesmo na torcida. Não havia tempo para desânimo ou lamentações, restava partir para cima em busca do empate. Foi a tônica do restante do primeiro tempo.

Aos 8, Loco Abreu pegou sobra na área e bateu duas vezes, parando em Wilson. Nas cobranças de falta, Elkeson teve o gol tirado pela zaga quase sobre a linha e Maicosuel mandou por cima.

A pressão tinha todo tipo de jogada. Eram dribles, infiltrações, cruzamentos, troca de passes e finalizações, porém o Figueirense conseguia se livrar. Aos 19, Antônio Carlos subiu mais do que todo mundo e cabeceou rente à trave.

Com seu estilo defensivo, de muita marcação, faltas e contra-ataques, buscando Wellington Nem e, principalmente, Júlio César. Este último teve grande chance aos 25, driblou Jefferson e, atrapalhado pela zaga, bateu para fora, para sorte do Botafogo.

Com o meio congestionado, o Glorioso tinha muitos cruzamentos e faltas laterais. E tome bola na área. Em boa chance, aos 35, Renato cruzou e Fábio Ferreira finalizou por cima.

Já com Herrera no lugar de Léo, o Botafogo começou a etapa final pressionando. Antônio Carlos bateu de virada e Wilson pegou, no meio do gol. Nas faltas, Elkeson mandou por cima duas vezes. Por baixo, o meia arrancou até a área e foi travado, batendo para fora, e finalizou colocado em outro lance, aos 11, com perigo.

O Figueirense marcava bem as principais armas do Botafogo e ainda saía para o contra-ataque. Aos 18, Wellingon Nem chegou livre na área e Jefferson salvou com os pés.

À base do coração e da vontade, o Botafogo seguiu tentando pressionar até o fim. Aos 34, Lucas cruzou rasteiro e Renato desviou rente à trave. Aos 36, Loco Abreu ajeitou para Maicosuel bater por cima. Já aos 45, Renato cruzou e Loco Abreu cabeceou no travessão. Não era mesmo dia do Botafogo. A briga pelo título brasileiro continua nas últimas cinco rodadas.

BOTAFOGO: Jefferson, Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos, Léo (Herrera), Maicosuel, Renato e Elkeson (Everton); Loco Abreu. Técnico: Caio Júnior.

Texto: site oficial do Botafogo.


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.