29 out 2011

Cruzeiro perde a vê a Zona de Rebaixamento de perto



Apesar da boa atuação, principalmente no primeiro tempo, quando teve maior posse de bola e dominou boa parte do jogo, o Cruzeiro acabou derrotado pelo Botafogo, por 1 a 0, na noite deste sábado, no Engenhão, no Rio de Janeiro-RJ, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. O único gol da partida foi marcado pelo atacante uruguaio Loco Abreu, aos nove minutos do segundo tempo. A equipe cruzeirense volta à campo no próximo domingo (dia 6 de novembro), novamente no Engenhão, na capital do Rio, para enfrentar o Flamengo, às 17h, em partida que será válida pela 33ª rodada do Brasileirão.

O jogo

Os primeiros dez minutos foram de estudo para as duas equipes. O Botafogo teve dois escanteios, mas não chegou nem uma vez com perigo. O Cruzeiro tocava a bola e, aos poucos, ia ganhando espaço no campo do adversários. Aos 12min, foi do meia Montillo o primeiro chute a gol, de fora da área, mas por cima.

Três minutos depois, outro chute a gol, outra vez com Montillo. Após carregar a bola e tabelar com Anselmo Ramon, na entrada da área, o argentino arriscou e mandou novamente por cima. O Botafogo tinha dificuldades para chegar ao ataque e, quando chegava, em cruzamentos para a área, Fábio segurava, com tranquilidade.

Aos 18min, Roger fez ótimo lançamento rasteiro entre os defensores na esquerda para Anselmo Ramon, que rolou para a entrada da área. O meia apareceu para chutar de primeira, cruzado, mas sem muita força, facilitando para Jefferson. Somente aos 20min o Botafogo finalizou pela primeira vez, com Renato, que invadiu a área pela direita e chutou alto, longe do gol.

O primeiro cartão amarelo do jogo foi mostrado aos 26min, para o Botafogo. Herrera acertou Roger após uma dividida e foi advertido. Quatro minutos depois, Anselmo Ramon fez jogada individual pela esquerda, a bola ficou para Charles, que lançou, de cavadinha, para a área. Anselmo dividiu com Jefferson, que abafou e fez a defesa.

No minuto seguinte, o Botafogo chegou com perigo. Elkeson entrou na área cruzeirense pela esquerda e cruzou rasteito para o meio. A bola chegou em Herrera, que pegou mal na bola, errou o alvo e mandou para fora. Aos 36, Charles arriscou um chute de longe e Jefferson encaixou. Quatro minutos depois, foi a vez de Diego Renan carregar da esquerda para o meio e tentar o chute, mas por cima.

Aos 42min, o Botafogo teve uma falta a seu favor, perto da linha da grande átrea, pela direita. Maicosuel cobrou de curva, com perigo, e a bola passou perto, tocando na haste lateral que segura a rede. No lance seguinte, saída de bola errada do Cruzeiro. Herrera foi lançado pela direita, invadiu a área, bateu rasteiro, e mandou a bola na rede, pelo lado de fora.

Já aos 45, Alessandro lançou Herrera, Naldo afastou de cabeça, Diego Renan dividiu com o jogador do Botafogo e a bola foi em direção de Fábio, que defendeu quase em cima da linha. O time da casa reclamou um recuo, que não existiu. No minuto seguinte, Farías foi lançado na área adversária, dominou de perna esquerda e chutou com a direita, mas alto, por cima.

Segundo tempo

O Cruzeiro voltou para o gramado com a mesma equipe que iniciou a partida. Aos oito minutos, Montillo partiu com a bola dominada, invadiu a área e cruzou em meia altura, mas a bola passou por todo mundo. No lance seguinte, o Botafogo abriu o placar. Elkeson recebeu na esquerda, olhou para a área e cruzou. Loco Abreu saltou e testou firme, sem chances para o goleiro Fábio.

O gol animou o time da casa. Aos 12min, a bola foi cruzada da direita para a área cruzeirnese. Loco Abreu chegou a dominar, mas o zagueiro Victorino fez o desarme antes que o atacante uruguaio tentasse a finalização. No minuto seguinte, o técnico Vágner Mancini colocou Wellington Paulista no lugar de Farías.

O Cruzeiro foi ao ataque com Montillo, e a bola chegou até Anselmo Ramon, que dominou, cortou para o meio e finalizou para gol. Mas o chute saiu sem força e Jefferson segurou. Aos 22min, mudança na Raposa: Elber entrou no lugar de Charles. No minuto 30, foi a vez de Keirrison substituir Anselmo Ramon.

Aos 34min, Elber arriscou um chute da entrada da área, pelo lado esquerdo do ataque, e Jefferson segurar firme. Quatro minutos depois, quando o Cruzeiro mantinha a bola no ataque, Loco Abreu aproveitou um lançamento, ganhou a bola da defesa cruzeirense, invadiu a área, fintou Fábio e finalizou para o gol. Mas Naldo apareceu e evitou o segundo gol.

BOTAFOGO 1 X 0 CRUZEIRO

Motivo: 32ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: estádio Engenhão, no Rio de Janeiro-RJ
Data: 29/10/2011 (sábado)
Horário: 18h
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF)
Gol: Loco Abreu, aos 9min do segundo tempo

BOTAFOGO
Jefferson; Alessandro, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Lucas Zen (Léo), Renato, Maicosuel e Elkeson (Everton); Herrera (Caio) e Loco Abreu
Técnico: Caio Júnior

CRUZEIRO
Fábio; Léo, Naldo e Victorino; Marquinhos Paraná, Charles (Elber), Roger,Montillo e Diego Renan; Anselmo Ramon (Keirrison) e Farías (Wellington Paulista)
Técnico: Vágner Mancini

Cartões amarelos: Herrera (Botafogo); Farías (Cruzeiro)

Texto: site oficial do Cruzeiro


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.