26 ago 2011

Grand Prix: Brasil vence os Estados Unidos e pega Rússia na semifinal



Macau, China, 26 de agosto de 2011

Nesta sexta-feira, 26, o Brasil garantiu o primeiro lugar do grupo B do Grand Prix, ao bater os Estados Unidos, de virada, por 3 sets a 1 (22/25, 26/24, 25/21 e 25/20), no Macau East Asian Games Dome, em Macau, na China.

Com o resultado, as brasileiras se classificaram em primeiro lugar para as semifinais, com nove pontos. Os Estados Unidos ficaram com a segunda vaga, com cinco. O Japão, que venceu a Itália por 3 sets a 0 (25/23, 25/23 e 25/18), terminou em terceiro, com três. A Itália ficou na quarta colocação, com um.

Na disputa por uma vaga na decisão, o Brasil enfrentará a Rússia. Comandada por Goncharova e Gamova, a equipe europeia não se abalou com a torcida contra, bateu a China por 3 sets a 0, parciais de 25/21, 25/11 e 25/23, e terminou a fase final na segunda colocação do Grupo A. Sérvia e Estados Unidos fazem o outro confronto da semifinal.

Brasil x Rússia começa às 6h10 (de Brasília), com transmissão pelo SporTV e pelo Esporte Interativo. Sérvia x Estados Unidos será realizado às 8h40.

A ponteira Natália terminou a partida como a maior pontuadora, com 21 pontos. Fernanda Garay e Thaisa, ambas com 14 acertos, também tiveram boas atuações.

Para Natália, que se recupera de uma cirurgia na canela esquerda, o Brasil cresceu durante a partida. “Não começamos bem o jogo. Voltamos mais concentradas para o segundo set. Foi uma partida de alto nível técnico. Joguei bem, mas ainda tenho muito o que melhorar”, disse a ponteira, que ganhou elogios do treinador brasileiro, José Roberto Guimarães.

“Foi uma partida muito boa. As duas equipes jogaram um grande voleibol. A Natália se apresentou bem. Ela é muito importante para o futuro desse time. As americanas têm um voleibol consistente. Estou feliz com a nossa atuação”, afirmou Zé Roberto.

Segundo a ponteira Fernanda Garay, a partida foi desgastante. “Foi um jogo duro. As equipes se doaram 100%. Fomos muito exigidas e nós conseguimos nos recuperar depois do primeiro set”, explicou Garay.

Pelo lado dos Estados Unidos, o treinador Hugh McCutcheon estava decepcionado com a derrota, mas orgulhoso do desempenho das suas jogadoras.

“Estou feliz com a maneira que jogamos. Essa foi uma partida boa para o esporte. Precisamos jogar partidas como essa para evoluirmos. Espero encontrar o Brasil mais uma vez na competição”, finalizou McCutcheon.

O JOGO

Os Estados unidos começaram melhor a partida (6/0). Com um bom saque e muito volume de jogo, as americanas aumentaram a diferença no placar para nove pontos (14/5). O técnico José Roberto Guimarães inverteu o cinco e um. Entraram Fabíola e Tandara. Saíram Sheilla e Dani Lins. O Brasil melhorou na parcial e a diferença caiu para três pontos (20/17). No entanto, as americanas seguraram a diferença até o final e fecharam o set por 25/22.

O Brasil voltou melhor para o segundo set e abriu quatro pontos (5/1). As brasileiras seguiram dominando a parcial. Com boas atuações de Fernanda Garay e Fabiana, as brasileiras venciam por seis pontos na segunda parada técnica (16/10). Os EUA se recuperaram. Em um ace da ponteira Larson, a diferença caiu para dois pontos (22/20). O set seguiu equilibrado até o final. Em um bloqueio de Thaisa, o Brasil venceu a segunda parcial por 26/24.

O terceiro set começou equilibrado e seguiu ponto a ponto. Em um ataque de Natália, o Brasil abriu dois pontos (16/14). No final do set as americanas cometeram seguidos erros e as brasileiras fecharam o set por 25/21.

Com uma boa sequência de saques da levantadora Dani Lins, o Brasil abriu cinco pontos (5/0). Os EUA se recuperam e empataram a parcial (5/5). Com uma atuação inspirada de Natália, o Brasil cresceu no set e fechou a parcial por 25/20 e o jogo por 3 sets a 1.

EQUIPES

 BRASIL – Dani Lins, Sheilla, Fabiana, Thaisa, Fernanda Garay e Natália. Líbero – Fabi

Entraram: Tandara, Fabíola e Sassá

Técnico – José Roberto Guimarães

 EUA – Berg, Bown, Larson, Logan, Akinradewo e Hooker. Líbero – Davis

Entraram: Metcalf e Glass

Técnico – Hugh McCutcheon

 Texto e informações: Assessoria de Comunicação – CBV | Idigo – Núcleo de Inteligência Digital

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


24 nov 2017
Com vídeos! Sucesso dentro e fora da quadra, Copa Toque de Bola de Futsal promete emoção na reta final

22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.