24 ago 2011

Brasil faz 3 a 0 na Itália na fase final do Grand Prix de Vôlei Feminino



 Macau (China), 24 de agosto de 2011 

A rotina de vitórias da seleção feminina continua. Nesta QUARTA-FEIRA (24.08), o Brasil bateu a Itália por 3 sets a 0 (25/16, 25/17 e 25/17), em 1h03 de jogo, na estreia do time verde e amarelo na fase final do Grand Prix, no Macau East Asian Games Dome, em Macau, na China. A partida foi válida pelo grupo B da competição.

Também pelo grupo do Brasil, os Estados Unidos superaram o Japão por 3 sets a 0 (25/22, 25/17 e 25/23), em 1h12. A atacante Destine Hooker foi o destaque do confronto, com 19 acertos. Com os resultados da rodada, o time verde e amarelo assumiu a liderança do grupo B, com três pontos. As americanas têm o mesmo número de pontos das brasileiras, mas levam desvantagem no segundo critério de desempate, o saldo de pontos. Itália e Japão ainda não pontuaram.

Nesta QUINTA-FEIRA (25.08), as brasileiras terão o Japão como o segundo desafio na fase decisiva. A partida será disputada, às 2h30 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo da TV Globo e dos canais SPORTV e Esporte Interativo.

A central Thaisa foi a maior pontuadora do confronto, com 17 pontos. Sheilla, com 13 acertos e Fabiana, com 12, também tiveram boas atuações.

“A Dani está acertando o meu tempo de bola. Estamos bem entrosadas e isso está me dando mais confiança. O time todo se portou bem na partida de hoje. Nós não deixamos as italianas entrarem no jogo. Conseguimos impor o nosso ritmo e isso foi fundamental”, disse Thaisa.

O treinador José Roberto Guimarães também estava satisfeito com a atuação das atuais campeãs olímpicas. “Jogamos muito bem. O saque, a defesa e o bloqueio funcionaram. Nós também não perdemos tantos contra-ataques como da última vez que jogamos contra elas”, garantiu o treinador, que ainda chamou a atenção para a dificuldade do campeonato.

“Todos os dias temos uma final. Temos que nos apresentar melhor a cada partida”, afirmou o técnico.

 Mari é dúvida para o jogo com o Japão

No meio do segundo set, a ponteira Mari deixou a quadra com dores no abdômen. Em seu lugar entrou Fernanda Garay. Para Zé Roberto ainda é cedo para saber se a jogadora terá condições de jogo contra as japonesas.  “Ela sentiu um pouco de dor no abdômen. Vamos ver como ela está se sentindo e analisar a situação dela com a equipe médica”, explicou Zé Roberto.

Pelo lado da Itália, o treinador Massimo Barbolini estava desapontado com a apresentação das suas jogadoras.  “Tenho que parabenizar o Brasil. As brasileiras deram uma lição para o nosso grupo. Vimos que precisamos trabalhar mais e não podemos cometer tantos erros como hoje. É muito difícil jogar contra o Brasil ainda mais quando jogamos assim”, finalizou Barbolini.

O JOGO

O Brasil começou melhor a partida. Em um bloqueio da central Fabiana sobre um ataque italiano, as brasileiras abriram quatro pontos (8/4). O saque brasileiro incomodava a recepção da Itália e Thaisa era eficiente nas bolas de velocidade. A oposto Sheilla foi responsável por fechar o primeiro set para as atuais campeãs olímpicas com um ponto de ataque (25/16). Thaisa foi o destaque do set, com seis pontos.

O segundo set começou equilibrado. Com uma boa sequência de saques da central Thaisa, o Brasil foi para a primeira para técnica com a vantagem de três pontos (8/5). O treinador brasileiro trocou as ponteiras. Saiu Mari e entrou Fernanda Garay. Em um erro de ataque da ponteira Francesca Piccinini, a vantagem do Brasil aumentou para oito pontos (20/12). Essa vantagem continuou até o final e as brasileiras fecharam a parcial por 25/17.

O Brasil seguiu dominando o jogo no terceiro set. Com as centrais Thaisa e Fabiana inspiradas, as brasileiras abriram sete pontos (17/10). A diferença no placar só aumentou e o time verde e amarelo fechou a parcial por 25/17 e o jogo por 3 sets a 0.

EQUIPES

 BRASIL – Dani Lins, Sheilla, Fabiana, Thaisa, Mari e Paula Pequeno. Líbero – Fabi

Entraram: Natália, Tandara, Fernanda Garay e Fabíola

Técnico – José Roberto Guimarães

 ITÁLIA – Anzanello, Guiggi, Piccinini, Lo Bianco, Bosetti e Gioli. Líbero – Cardullo

Entraram: Gargazo e Ferretti

Técnico – Massimo Barbolini

 De Macau , China, Vicente Condorelli (site CBV) – Informações: Assessoria de Comunicação – CBV | Idigo – Núcleo de Inteligência Digital

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


26 set 2017
Com casa cheia, Patrus, Jesuítas, Almirante e Ali Halfeld são campeões de futsal nos Intercolegiais. Veja fotos

26 set 2017
Semana Paralímpica: veja como foram atletismo e natação

25 set 2017
Árbitro carioca relata ofensa na súmula: “Safado igual aos políticos do Rio”. Sampaio e São Bento sobem

25 set 2017
Semana Paralímpica: veja como foi o goalball

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.