08 jul 2011

Brasil perde para Rússia e pega Argentina na semi



Gdansk, Polônia, 8 de julho de 2011

Já classificado para as semifinais da Liga Mundial de Vôlei 2011, o Brasil foi derrotado no terceiro e último jogo do Grupo F da Fase Final da competição, que acontece em Gdansk. Bastante modificada em relação aos últimos jogos, a equipe foi superada pela Rússia em três sets (20/25, 20/25 e 17/25), nesta SEXTA-FEIRA (08.07), no ginásio Ergo Arena.

O brasileiro Leandro Vissotto marcou 12 pontos e foi o maior pontuador do jogo, seguido pelos russos Mikhaylov e Khtey, com 11.

Com a derrota, o Brasil termina a fase de grupos em segundo lugar, com cinco pontos, atrás da Rússia, que somou nove. Estados Unidos e Cuba marcaram dois pontos cada e não avançaram.

O adversário do Brasil nas semifinais será a Argentina, neste sábado, meio-dia (hora de Brasília). A outra semi vai reunir Rússia e Polônia, às 15h.

O JOGO DO BRASIL

Jogando com cinco de seus sete titulares, a Rússia dominou o início do jogo e abriu 7/4 com um ponto de saque do central Apalikov. Também no saque, o Brasil aproximou-se no placar com Sidão (11/10), mas logo os russos voltaram a se distanciar, através do capitão Khtey (15/12). No fim, uma série de erros brasileiros e um bloqueio do gigante Muserskiy definiram a vitória russa por 25/20.

No segundo set, quem começou melhor foi o Brasil. Com Leandro Vissotto bem na rede, a seleção fez 6/2. No entanto, o domínio inicial não se confirmou e, utilizando seu bloqueio, a Rússia chegou à igualdade no 10º ponto. Sem conseguir reagir, o Brasil tomou dois pontos de saque de Apalikov e viu a diferença subir para 14/11. A vantagem seguiu aumentando até o fim do primeiro set, fechado em 25/20, com Muserskiy atacando pelo meio.

A Rússia marcou os três primeiros pontos da terceira parcial, mas o Brasil esboçou uma reação e empatou em 10/10, com Dante. Uma boa sequência de Spiridonov no saque devolveu a vantagem à Rússia em 14/11. Com muitos erros, o Brasil facilitou o trabalho dos europeus, que garantiram a vitória com um saque de Butko:25/17.

EQUIPES

BRASIL – Marlon, Leandro Vissotto, Dante, João Paulo Bravo, Sidão e Rodrigão. Líbero – Serginho

Entraram – Bruno, Theo, Lucas e Mario Junior

Técnico – Bernardinho

RÚSSIA – Grankin, Mikhaylov, Khtey, Spiridonov, Muserskiy e Apalikov. Líbero – Sokolov

Entraram – Ilinykh, Biryukov, Stepanyan e Butko

Técnico – Vladimir Alekno

 No meio do caminho, a Argentina

GDANSK, POLÔNIA, 08.07.11 – A Argentina será a adversária do Brasil na semifinal da Liga Mundial de Vôlei 2011. A confirmação aconteceu nesta SEXTA-FEIRA (08.07), após a vitória da Bulgária por 3 sets a 0 (25/22, 25/22 e 25/21) sobre a Itália na última rodada do Grupo E da Fase Final da competição, que acontece em Gdansk, na Polônia.

A vitória búlgara assegurou aos argentinos a liderança do Grupo E, com seis pontos. Mais tarde, os poloneses garantiram a segunda vaga com uma vitória por 3 sets a 2 sobre os argentinos.

Brasil e Argentina jogam às 12h (de Brasília) e Rússia e Polônia, às 15h.

Para o técnico Bernardinho, a classificação da jovem equipe argentina não é surpresa. “A Argentina vem sendo um dos melhores times da competição. Eles apresentaram um grande crescimento nos últimos anos, sob comando do Weber, e conseguiram ótimos resultados nas categorias de base com estes jogadores”, afirma o treinador.

O capitão Giba destaca o volume de jogo como a principal característica dos rivais sul-americanos.

“É um time que tem muito volume de jogo, então precisaremos ter muita paciência para aguardar o momento certo de definir as jogadas. São jogadores jovens, comandados por um ótimo treinador, e que certamente jogarão muito motivados”, acredita.

Segundo o oposto Leandro Vissotto, o ponteiro Facundo Conte, filho do ex-jogador Hugo Conte, é o principal destaque da equipe dentro da quadra.

“É um jogador novo, que cresceu bastante quando foi atuar no voleibol italiano. É o principal jogador do time argentino e precisaremos ter bastante atenção com ele”, encerra.

 *De Gdansk, Polônia, Guilherme Torres, Assessoria de Comunicação – CBV | Idigo – Núcleo de Inteligência Digital

Foto: site da federação Internacional de Vôlei

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.