11 jun 2011

Liga Mundial: Brasil vira 3 a 1 sobre EUA no Mineirinho



Belo Horizonte, 11 de junho de 2011

O jogo entre Brasil e Estados Unidos, neste SÁBADO (11.06), em Belo Horizonte, pela Liga Mundial de Vôlei, não valeu medalha, como disse o capitão Murilo durante a semana, mas a atuação da seleção brasileira foi digna de uma. Depois de sair perdendo, o Brasil mostrou força e bateu os norte-americanos por 3 sets a 1 (19/25, 25/21, 25/19 e 25/21), no ginásio do Mineirinho, diante de 14.800 torcedores, e permanece invicto na competição.

“Foi um jogo de duas faces. Eles conseguiram uma boa sequência de saques no primeiro set, abriram vantagem e, ainda que tenhamos melhorado, não conseguimos buscar. Nosso índice de recepções perfeitas ficou abaixo de 40% e, contra um time com bloqueio e defesa fortes, como os Estados Unidos, isso é mortal. Conseguimos melhorar neste sentido no segundo set, passamos a enfrentar menos o bloqueio e, com isso, permitimos que nosso sistema defensivo participasse do jogo também”, analisa o técnico Bernardinho.

Com a vitoria, o Brasil garante ainda a permanência na primeira colocação do Grupo A ao término da rodada, que será complementada neste DOMINGO (12.06), às 9h50, com mais um confronto entre Brasil e Estados Unidos na capital mineira. A partida será transmitida ao vivo pela TV Globo. Os ingressos para o confronto estão esgotados.

Com 15 pontos conquistados, o Brasil não poderá ser alcançado pelos Estados Unidos, que somam nove, e também não é ameaçado por Polônia, com seis, e Porto Rico, com zero. Europeus e caribenhos medem forças neste sábado, às 21h30, em San Juan.

“Jogamos sem três jogadores importantes, que são Giba, Dante e Gustavo, e sentimos um pouco a ausência deles. Diminuímos o número de erros a partir do segundo set, principalmente no ataque, e isso nos ajudou. Fizemos uma boa opção ao mudar do saque forte, que não estava funcionando, para o tático. Valeu pela vitória. Os dois times ainda não estão 100% e vão melhorar até a Fase Final”, acredita o capitão brasileiro Murilo.

Com 14 pontos, o oposto brasileiro Leandro Vissoto foi o principal pontuador a partida, seguido pelos norte-americanos Stanley e Priddy, que assinalaram 13 pontos cada.

Para o líbero Serginho, a equipe precisa iniciar o jogo de domingo da maneira que terminou o confronto de sábado.

“Sabemos que eles têm muita força no saque e não podíamos ter tido tantas dificuldades no começo. Temos uma linha de recepção forte. O mais importante é que conseguimos reverter. Precisamos ter muito cuidado nos confrontos com os Estados Unidos”, adverte.

O JOGO

A seleção brasileira iniciou o jogo com muita dificuldade na recepção. Com isso, os atacantes não conseguiam escapar do forte bloqueio dos Estados Unidos que, após uma ótima passagem de Anderson pelo saque, abriram 11/4, o que fez o técnico Bernardinho colocar Marlon e Theo em quadra. O Brasil melhorou, reduziu a diferença para cinco pontos (16/11) após um bloqueio de João Paulo Bravo em Stanley, mas não teve tempo suficiente para buscar a virada e acabou perdendo o set por 19/25 após um ataque do central Millar.

No início do segundo set, a sorte mudou de lado e, aproveitando este fator, o Brasil fez 4/1, com um saque de Murilo que bateu na rede e caiu. Com muito volume de jogo, os norte-americanos reagiram e empataram no oitavo ponto, antes de irem para o segundo tempo técnico com 16/14 a favor, após um bloqueio simples de Stanley em Murilo. Em seu primeiro lance em quadra, Sidão bloqueou Anderson e empatou novamente: 19/19. Dois pontos de saque de Marlon deram ao Brasil três pontos de vantagem, fundamentais na vitória por 25/21, garantida com uma largada de Murilo.

Na terceira parcial, os Estados Unidos iniciaram em vantagem, mas o Brasil não demorou a reagir e, com dois bloqueios de Sidão e um erro norte-americano, abriu 9/6. Com um lindo bloqueio de João Paulo Bravo sobre Stanley, o Brasil tinha 16/12 a favor no segundo tempo técnico. Os Estados Unidos ameaçaram uma reação na reta final do set, mas um ataque para fora de Priddy deu fim à parcial e colocou o Brasil em vantagem no placar da partida: 25/19.

No quarto set, o Brasil não deu chances aos Estados Unidos. Depois de marcar os quatro primeiros pontos da parcial, a seleção foi para o primeiro tempo técnico com 8/3 no placar. Os norte-americanos caíram, passaram a cometer erros e facilitaram a vida do Brasil, que chegou a ter 15/10 a seu favor. No final, Murilo saltou do fundo para marcar 25/21 e garantir a quinta vitória do Brasil na Liga Mundial 2011.

EQUIPES

BRASIL – Bruno, Leandro Vissotto, João Paulo Bravo, Murilo, Rodrigão e Lucas. Líbero – Serginho

Entraram – Marlon, Theo, Thiago Alves e Sidão

Técnico – Bernardinho

ESTADOS UNIDOS – Thornton, Stanley, Priddy, Anderson, Millar e Lee. Líbero – Lambourne

Entraram – Patak, Holmes, Lotman e Suxho

Técnico – Alan Knipe

Outros jogos

Pelo mesmo grupo de Brasil e Estados Unidos, a Polônia derrotou Porto Rico, em San Juan, na noite de sexta, por 3 sets a 0 (25/21, 25/23 e 25/14), com 15 pontos do oposto Bartman.

No Grupo B, a Rússia venceu a Bulgária duas vezes em Surgut. N sexta, os russos fizeram 3 a 0 (25/15, 25/20 e 25/18) e depois repetiram o placar no sábado, com parciais de 25/14, 27/25 e 25/20. O outro confronto da chave, envolvendo Alemanha e Japão, acontecerá neste sábado, às 14h, e no domingo, às 15h, em Friedrichshafen.

Na chave C, os visitantes começaram a rodada em vantagem. Em Lathi, a Argentina contou com 24 pontos do ponteiro Conte para vencer a Finlândia por 3 sets 2 (25/17, 21/25, 25/20, 23/25 e 15/10), nesta sexta. Em Belgrado, Portugal surpreendeu e bateu a Sérvia pelo mesmo placar (25/22, 19/25, 28/26, 23/25 e 15/13), com 34 pontos de Valdir Sequeira. Os confrontos se repetirão neste sábado, às 13h e às 15h, respectivamente.

No Grupo D, Cuba derrotou a França por 3 sets a 1 (29/27, 25/27, 25/23 e 33/31), na quinta, em Tours, com 28 pontos do ponteiro Leon. O duelo se repete neste sábado, às 11h, em Toulouse. Em Incheon, a Itália fez 3 a 1 (23/25, 25/19, 25/21 e 25/20), com 25 pontos de Zaytsev. As equipes voltarão a se encontrar às 2h deste domingo.

Texto: site da CBV

Foto: Alexandre Arruda – site CBV

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


24 set 2017
Aílton se emociona e não define permanência: “Estou disposto a ouvir proposta”

21 set 2017
Tupi pode ter até quatro desfalques. Aílton receita “guerrear e batalhar demais para conseguir o objetivo”

20 set 2017
Tupi fecha treino. Fortaleza em Sampa. Marcelo apita. Ingressos, gramado, reconhecimento, recepção. Veja o diário da decisão

20 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.