19 jun 2011

Liga Mundial: Brasil repete a dose e faz 3 a 0 em Porto Rico



São Paulo (SP), 19 de junho de 2011

A despedida da seleção masculina da torcida brasileira na Liga Mundial de Vôlei 2011 não poderia ser melhor. Jogando pela última vez em casa na competição, o Brasil conquistou sua sétima vitória em oito jogos. Sem dar chances a Porto Rico, a seleção fez 3 sets a 0 (25/10, 25/20 e 25/20) e fez a alegria dos 10.915 torcedores que lotaram o ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, neste DOMINGO (19.06).

“Foram três semanas muito boas no Brasil. Temos poucas oportunidades de jogar pela seleção no país e é sempre muito gostoso. O carinho que recebemos em cada cidade que passamos dá muita força para a seleção”, diz o ponteiro Murilo.

O capitão brasileiro Giba foi o maior pontuador do confronto, com 11 acertos. Do lado de Porto Rico, Figueroa e Muñiz marcaram sete pontos cada.

“Entramos mais concentrados no saque e isso dificultou muito o jogo para Porto Rico, principalmente no primeiro set. Soubemos administrar o jogo e trabalhamos bem o que tínhamos feito de errado na primeira partida. Hoje, fizemos tudo certo”, avalia o capitão.

O técnico Bernardinho também creditou a boa atuação brasileira à maior estabilidade do saque. “Começamos o jogo com muita intensidade. Tivemos uma boa variação entre saques forçados e táticos e sempre conseguimos atrapalhá-los. O sistema defensivo funcionou bem, como já vinha acontecendo, e o ataque evoluiu. Estamos crescendo”, comenta o treinador.

Com o resultado, o Brasil soma agora 21 pontos e segue liderando o Grupo A da competição. Os Estados Unidos têm 15 pontos e Polônia, 12. A seleção de Porto Rico, que faz sua estreia na Liga Mundial, ainda não conseguiu pontuar.

Na próxima semana, o Brasil tentará confirmar sua classificação diante dos norte-americanos, em Tulsa. As partidas entre as duas últimas seleções campeãs olímpicas acontecerão na SEXTA-FEIRA (24.06) e no SÁBADO (25.06), às 21h. Nos mesmos dias, Polônia e Porto Rico medirão forças em Plock, na Polônia.

O JOGO

Jogando em ritmo acelerado, o Brasil não deu chances a Porto Rico no primeiro set. Com facilidade, o Brasil fez 5/2, com um bloqueio de Lucas. Uma largada de Giba levou a seleção com vantagem de 8/3 para o primeiro tempo técnico. Na segunda parada, o Brasil já vencia por 16/5. No fim, Giba atacou do fundo para fazer 25/10, igualando o placar do segundo set do jogo de sábado, parcial com maior diferença de pontos na Liga Mundial 2011.

No segundo set, ainda que Porto Rico tenha melhorado, o Brasil continuou dominando com facilidade. Em um ataque do fundo de Leandro Vissotto, a seleção fez 7/4. Atento na rede, Lucas ganhou uma disputa e ampliou a vantagem brasileira para 15/10. Porto Rico reagiu, aproveitou-se da dificuldade brasileira no ataque, e empatou em 15/15. Pouco depois, o Brasil retomou o ritmo do início e abriu 22/17. Um ataque de Sidão pelo meio garantiu a vitória brasileira, em 25/20.

O Brasil voltou para o terceiro set com uma equipe bem modificada, com Marlon, Rodrigão, Theo e João Paulo Bravo em quadra. Porto Rico aproveitou-se das mudanças e conseguiu vantagem de 8/6 no primeiro tempo técnico. O Brasil conseguiu a igualdade no nono ponto e depois passou à frente em 11/10, com Sidão atacando pelo meio. Com Thiago Alves em quadra, o Brasil encontrou seu jogo e conseguiu abrir 16/13. No final, um saque de Bruno garantiu a vitória por 25/20.

EQUIPES

BRASIL – Bruno, Leandro Vissotto, Murilo, Giba, Lucas e Sidão. Líbero – Serginho

Entraram – Marlon, Theo, Rodrigão, João Paulo Bravo e Thiago Alves

Técnico – Bernardinho

PORTO RICO – Perez, Soto, Rivera, Figueroa, Muñiz e Escalante. Líbero – Berrios

Entraram – Morales, Sánchez e Ortiz

Técnico – Carlos Cardona

Outros resultados

Pelo Grupo A, o mesmo de Brasil e Porto Rico, Estados Unidos e Polônia terminaram a semana com uma vitória cada em Hoffman States. No primeiro jogo, na sexta, o triunfo foi polonês, por 3 sets a 0 (25/22, 25/19 25/20). No sábado, os norte-americanos deram o troco e fizeram 3 a 1 (25/21, 15/25, 25/18 e 25/22).

Na chave B, a Rússia passou pelo Japão duas vezes em Surgut. No sábado, venceu por 3 sets a 0 (25/22, 25/15 e 25/20) e, no domingo, repetiu o placar, com 25/15, 25/18 e 25/21. Em Bremen, a Alemanha superou a Bulgária em cinco sets (25/18, 25/21, 18/25, 18/25 e 15/13), no sábado. O confronto se repete neste domingo, a partir das 13h.

No Grupo C, o duelo entre Sérvia e Finlândia, em Tampere, também terminou igual. O primeiro jogo, na sexta, foi vencido pelos sérvios por 3 sets a 2 (25/20, 23/25, 25/17, 34/36 e 15/11). No sábado, a Finlândia devolveu o placar: 25/23, 25/23, 22/25, 20/25 e 15/11. Em Catamarca, a Argentina levou a melhor no primeiro duelo com Portugal e venceu por 3 a 1 (25/16, 25/17, 22/25 e 26/24). As equipes voltam a jogar neste no domingo, às 18h.

Na chave D, a França quebrou a invencibilidade da Itália, na sexta. Jogando em Messina, os franceses fizeram 3 sets a 1 (21/25, 32/30, 25/23 e 25/22). No sábado, em Catania, os donos da casa devolveram o placar: 25/20, 18/25, 25/22 e 25/17. Em Gwangju, Cuba venceu a Coreia do Sul duas vezes por 3 sets a 0. No sábado, os caribenhos fizeram 25/20, 25/22 e 25/20 e no domingo ganharam com parciais de 25/23, 25/13 e 25/18.

Bernardinho anuncia 14 para viagem

Após a segunda vitória sobre Porto Rico, neste domingo, em São Paulo, o técnico Bernardinho anunciou os 14 jogadores que seguirão nesta segunda-feira para os Estados Unidos, onde o Brasil jogará no próximo final de semana pela Liga Mundial. De Tulsa, a seleção seguirá diretamente para a Polônia, onde disputará a última rodada da fase classificatória e também a Fase Final da competição.

Viajarão para a cidade norte-americana: os levantadores Bruno e Marlon, os opostos Leandro Vissotto e Theo, os ponteiros Giba, Murilo, Dante, João Paulo Bravo e Thiago Alves, os centrais Lucas, Rodrigão e Sidão e os líberos Serginho e Mario Junior. Ficarão no Brasil o central Éder, o ponteiro João Paulo Tavares e o oposto Wallace.

“Este é o grupo que iniciará a viagem, mas pode não ser o definitivo. Podemos fazer modificações no decorrer das semanas, mas saímos com esta base”, explica o treinador.

Na partida deste domingo, Bernardinho utilizou todos os 12 jogadores relacionado para o confronto. O treinador revelou que aproveitou para fazer algumas definições.

“Tinha algumas dúvidas e consegui fazer alguns testes nos últimos jogos. Gostaria até de me desculpar com alguns atletas que não tiveram as oportunidades que eu gostaria de dar. Este ano será longo, com muitas competições e todos terão chances em algum momento”, garante o treinador.

O Brasil embarca para Tulsa na noite desta segunda-feira, no vôo AA 962, que sai do Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, às 21h45. Os confrontos com os norte-americanos serão na SEXTA-FEIRA (24.06) e no SÁBADO (25.06), às 21h (de Brasília). O canal Sportv transmitirá ao vivo.

Texto: Assessoria de Comunicação – CBV | Idigo – Núcleo de Inteligência Digital

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


24 nov 2017
Com vídeos! Sucesso dentro e fora da quadra, Copa Toque de Bola de Futsal promete emoção na reta final

22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.