17 out 2014

Papão só atuou uma vez no Mangueirão pela Série C. Com derrota



Com a segunda melhor média de público pagante da Série C do Campeonato Brasileiro – 9.365 pagantes, segundo o site GloboEsporte.com, o Paysandu receberá o Tupi no sábado, 18, às 16h, contando com o apoio da sua torcida e também com o bom retrospecto jogando em casa. Contudo, a casa do Papão na competição não foi o Mangueirão. O clube teve de encontrar alternativas para receber os adversários devido a troca de gramado do principal estádio do Pará.

O Maximino Filho, o Modelão, localizado em Castanhal-PA foi a escolha de cinco confrontos da equipe na primeira fase. O Leônidas Sodré de Castro, a famosa Curuzu, que denomina o time do norte, foi o segundo mais utilizado, recebendo três partidas. O Olímpico de Belém, popularmente conhecido como Mangueirão, foi utilizado apenas uma vez na fase de classificação, e com o maior público: 16.712 pessoas assistiram a derrota para o Fortaleza por 2 a 1. A última atuação do alviceleste este ano no maior do estado foi a final da Taça Açaí, disputada em junho contra o maior rival, Remo, que saiu vitorioso – foram duas partidas, com uma vitória para cada equipe e vantagem do Remo no saldo de gols.

Para o primeiro confronto da segunda fase da Série C, a torcida do Papão promete lotar o Mangueirão e abrir vantagem contra o carijó.

Estádio do Mangueirão quase não foi utilizado pelo Paysandu nesta temporada. Mesmo assim, equipe tem bom rendimento em campo e boa média de público nos jogos em casa

Estádio do Mangueirão quase não foi utilizado pelo Paysandu nesta temporada. Mesmo assim, equipe tem bom rendimento em campo e boa média de público nos jogos em casa

 

O Mangueirão reabriu as portas para receber uma partida no dia 28 de setembro. Na primeira fase da competição, foram nove jogos como mandante, e mesmo sem sua casa, o Paysandu soube exercer a força do seu mando de campo com cinco vitórias, dois empates e duas derrotas Venceu Águia de Marabá-PA, ASA-AL, CRB-AL e Salgueiro-PE sem sofrer nenhum gol. Botafogo-PB, Fortaleza-CE, Cuiabá-MT e Treze-PB conseguiram marcar.

Com média de 1,4 gols por partida em seus domínios, o melhor resultado foi um 3 a 0 na 11ª rodada contra o CRB-AL. Três jogadores dividem a artilharia do time no campeonato com três gols: Bruno Veiga, emprestado pelo Fluminense; Yago Pikachu, cria da Curuzu e Ruan, jogador revelado pelo Sport com passagens por Grêmio, Internacional e Fortaleza. Já pelo Tupi, Chico é o artilheiro com seis gols.

 Titulares “pendurados”

Cinco jogadores considerados titulares do Paysandu correm o risco de não participar do jogo de volta contra o Tupi, em Juiz de Fora, no próximo dia 25. O zagueiro Fernando Lombardi, o lateral-direito Yago Pikachu, que é um dos artilheiros da equipe, o lateral-esquerdo Airton e os volantes Augusto Recife e Zé Antônio estão com dois cartões amarelos e se receberem nova advertência na partida de sábado ficarão de fora do jogo decisivo.

  Veja o retrospecto do Paysandu em casa na Série C 2014:

PAYSANDU 2 x 0 ÁGUIA-PA

PAYSANDU 1 x 0 ASA-AL

PAYSANDU 1 x 1 BOTAFOGO –PB

PAYSANDU 1 x 2 FORTALEZA-CE (único jogo do Papão no Mangueirão)

PAYSANDU 0 x 0 CRAC-GO

PAYSANDU 3 x 0 CRB-AL

PAYSANDU 1 x 0 SALGUEIRO-PE

PAYSANDU 1 x 2 CUIABÁ-MT

PAYSANDU 3 x 2 TREZE-PB

Jogos: 9

Vitórias: 5

Empates: 2

Derrotas: 2

 

Texto: Guilherme Fernandes – com informações das agências

Foto: site oficial Paysandu


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 ago 2018
Caixa reforçado! Copa do Brasil traz nova receita ao Tupi em 2019

20 ago 2018
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: veja resultados e tabelas

17 ago 2018
Fripai campeã geral, masculino e feminino. Veja números finais dos Jogos SESI JF

17 ago 2018
Tite convoca Seleção para amistosos e desfalca times brasileiros

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse