30 jul 2012

Londres 2012: Bellucci faz partida equilibrada, mas é eliminado por Tsonga



Em alta depois dos títulos conquistados no último mês, um confiante Thomaz Bellucci enfrentou de igual para igual o francês Jo-Wilfried Tsonga, sexto do ranking mundial, na estreia do torneio olímpico de simples em Wimbledon. Sólido em seu jogo de fundo de quadra, o brasileiro chegou a vencer o primeiro set, mas não resistiu à potência dos saques de Tsonga e perdeu o jogo por 2 sets a 1, em parciais de 6/7, 6/4 e 6/4. Os únicos brasileiros a seguir no torneio são os duplistas Marcelo Melo e Bruno Soares, já nas oitavas-de-final.

O equilíbrio foi a tônica do primeiro set, em que os dois jogadores confirmaram seus serviços com facilidade, sem ceder um break point sequer. No tie-break, Bellucci chegou a ter um mini-break em 3 a 1, mas livrou-se da desvantagem no ponto seguinte. Diante de uma torcida totalmente favorável a Tsonga, o brasileiro aproveitou um raro erro do francês na devolução de bola para fechar o tie-break em 7/5.

No segundo set, Bellucci salvou dois breaks no quinto game, mas não conseguiu salvar o terceiro. Com um primeiro serviço potente, que costumeiramente ultrapassava os 200km/h, Tsonga não encontrou dificuldades para igualar o jogo, com um aproveitamento de 87% no primeiro saque.

Bellucci teve chance de livrar vantagem logo no segundo game do terceiro e decisivo set, quando teve dois breaks points a seu favor. No entanto, Tsonga conseguiu se salvar com uma bola que ficou na rede e caiu caprichosamente do lado do brasileiro e com um ace que atingiu 216 km/h. No sétimo game, Tsonga conseguiu nova quebra após um smash mal executado de Bellucci. Com a vantagem, o francês não encontrou mais dificuldades para fechar o jogo e assegurar a vitória.

“Perdi nos detalhes. O jogo foi parelho, mas nos momentos decisivos ele conseguiu ser melhor. Fiquei meio errático em alguns momentos, desperdicei bolas fáceis”, afirmou Bellucci, que creditou ao saque do francês o ponto de desequilíbrio da partida. “É muito difícil quebrar o saque de um cara que saca a mais de 200km/h e sempre perto da linha”.

Sexto colocado do mundo, Tsonga elogiou o tenista brasileiro à saída da quadra. “Já sabia que seria um jogo difícil. Bellucci tem um jogo potente, é canhoto e luta bastante em todas as bolas. Além do mais, ele passou as últimas semanas jogando e isso sempre favorece o tenista, que ganha mais ritmo. Ele ganhou o último torneio e estava com confiança em alta. Fico feliz de ter estreado com uma boa vitória nos Jogos”, disse o tenista francês.

Texto e informações: COB

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


25 abr 2018
Copa Prefeitura Bahamas de Futsal: resultados do Boletim 7

24 abr 2018
Série C: Tupi perde seis posições e recebe Operário-PR sábado

24 abr 2018
Mais uma do Toque de Bola: baixe o seu wallpaper do acesso do Baeta!

23 abr 2018
Simão revela que Ademilson não disputaria Módulo 2 e garante artilheiro na Primeira

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.