16 abr 2018

Barbarah Bella tem dupla conquista com seleção: ouro no Pan e vaga no Mundial



  A atleta Barbarah Bella D`Carmo Monteiro, 16 anos, nascida em Juiz de Fora e criada em Leopoldina, cidades da zona da mata de Minas Gerais, comemora dupla conquista pela seleção brasileira feminina juvenil.

  O Brasil sagrou-se campeão invicto no Panamericano, disputado na Argentina, com direito a triunfo sobre as anfitriãs, e ainda garantiu vaga no Mundial, programado para a Polônia, de 27 de julho a 9 de agosto.

   “Muito amor pelo esporte”

  “Foi e é uma enorme satisfação fazer parte de mais um grupo campeão pan-americano da categoria juvenil do Handebol feminino brasileiro. Estou muito grata e feliz pela oportunidade, estar entre as 16 selecionadas em um país tão extenso, é mais que mérito e dedicação, é muito amor pelo esporte. Concretizamos o título ganhando das anfitriãs, e fizemos uma festa verde e amarela na Argentina. Fiz parte de mais uma página do handebol nacional, agora em casa, é curtir a família, os amigos e agradecer pela experiência esperada há anos”, afirmou Barbarah ao Toque de Bola, no início da tarde desta segunda-feira, dia 16, já em Juiz de Fora, depois de conversar com a nossa reportagem no domingo, quando a delegação desembarcava em São Paulo.

Trajetória

   De acordo com o site Leopoldinense, em matéria assinada por João Gabriel Baia Meneghite, ela começou a jogar handebol aos 11 onze anos de idade “com o treinador Cássio Muniz, professor do Colégio Imaculada Conceição, que é referência no desenvolvimento do esporte na região. Treinava com atletas mais velhas e teve que esperar um ano para poder atingir a idade exigida para disputar a sua primeira competição, o JEMG – Jogos Escolares de Minas Gerais, onde foi vista pelo técnico Fernando Maciel, que trabalha com a jovem até hoje”.

 Confira, abaixo, mais informações no levantamento feito pelo Leopoldinense

  Em 2015, ainda segundo o Leopoldinense, despediu-se do time do Colégio Imaculada Conceição ao completar 14 anos “e foi eleita a melhor jogadora do módulo I do JEMG”, sendo convocada para a Seleção Mineira de Handebol. Era a mais nova do time, que tinha jovens com dezessete anos.  Participou de Campeonatos Mineiros e em 2016 passou a defender Montes Claros.

  Em 2017, Barbaraha passou a vestir a camisa da ADJF (Associação Desportiva de Juiz de Fora)/Apogeu, conquistando títulos como o Campeonato Mineiro nas categorias cadete e juvenil, sendo a melhor armadora nas duas competições e considerada a melhor atleta. Na mesma temporada, voltou a brilhar nos JEMG e ao final de 2017 disputou o Campeonato Brasileiro de Clubes pelo Novo Hamburgo, do Estado do Rio Grande do Sul. “Lá, foi  convidada a participar do Acampamento Nacional de Handebol, projeto da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) com apoio do Minintério do Esporte, onde são realizados trabalhos de melhoria técnica com jovens promissores. Foram mais 65 atletas avaliadas nas diversas fases dos treinamentos realizados em São Bernardo do Campo, em São Paulo, sendo 16 meninas selecionadas para a Seleção Brasileira Juvenil de Handebol, entre as quais a leopoldinense Barbarah Bella D’Carmo Monteiro, de 16 anos, que joga na posição de central”.

 Veja, abaixo, texto publicado no site da Confederação Brasileira de Handebol sobre a conquista brasileira

  A seleção feminina juvenil conquistou o título pan-americano de Handebol de forma invicta e ainda assegurou sua  vaga no Campeonato Mundial. O desempenho impecável das atletas de 16 a 18 anos, que mostraram muita garra, disciplina tática e espírito de equipe, superou as expectativas até da comissão técnica. “O time foi ainda melhor do que a gente imaginava. Foi maravilho, comportou-se bem, lutou até o fim”, elogiou o técnico Daniel Suárez.

  O treinador destacou o funcionamento dos sistemas de defesa e ataque. A equipe conseguiu terminar o torneio com 72 gols de saldo. O Chile, segundo colocado, atingiu 59. Mas o que mais o impressionou foi a postura das jogadoras durante toda a competição. 

 “Elas encararam cada partida como se fosse uma final, não importava o nível do adversário. Conseguimos trabalhar a cabeça das meninas, e elas mostraram uma força emocional muito forte. Souberam aproveitar a experiência adquirida em seus times e nos treinos da seleção no Brasil e levá-la para o campeonato. Cada uma mostrou sua personalidade e soube colocá-la em favor do grupo, criando um espírito muito forte de equipe”, afirmou o treinador. 

Depois de quatro vitórias contundentes, a equipe chegou ao último jogo do Pan apenas com a missão de conquistar o título. A vaga no Mundial já e estava assegurada graças à vitória sobre a Argentina, por 21 a 16, na penúltima rodada. 

No sábado, dia 14, contra o Paraguai, o time ratificou sua superioridade e garantiu a taça com uma vitória por 31 a 23. O Chile ficou com a medalha de prata, e a Argentina, com o bronze. As duas seleções também estão classificadas para o Campeonato Mundial, que acontecerá de 27 de julho a 9 de agosto, na Polônia. 

  O treinador da equipe juvenil ainda fará observações e treinos antes de definir a equipe que viajará à Europa para a disputa do principal torneio da temporada. “O grupo não está fechado”, avisou. 

Barbarah Bella com a taça do Pan, conquistada pela seleção brasileira juvenil: ela começou cedo a jogar handebol em Leopoldina e hoje veste a camisa da ADJF/Apogeu em Juiz de Fora

Resultados do Brasil no Pan juvenil feminino:

Terça-feira (dia 10) – Brasil 26 x 23 Chile

Quarta-feira (11) – Uruguai 15 x 35 Brasil

Quinta-feira (12) – Brasil 48 x 12 Peru

Sexta-feira (13) – Argentina 16 x 21 Brasil

Sábado (14) – Brasil 31 x 23 Paraguai

   

Texto inicial: Toque de Bola

Texto sobre a trajetória da atleta: informações de João Gabriel Baia Meneghite – site Leopoldinense

Texto sobre a conquista: site da Confederação Brasileira de Handebol

Fotos: Divulgação e site Confederação

 

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


21 abr 2018
Gol de Adê, 43 anos, aos 43 minutos! Baeta vence e sobe

19 abr 2018
Baeta confiante para buscar o “combo”: vitória, acesso e vaga na final

19 abr 2018
Futsal: Léo Aleixo vibra com títulos e adaptação da família na Bélgica

19 abr 2018
Copa Prefeitura Bahamas de Futsal: resultados do Boletim 6

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.