05 out 2017

Furtado vê JF Vôlei fortalecido após novo duelo com Sada e já convoca torcida para estreia na Superliga



  

Bloqueio do JF Vôlei encara o forte ataque do cubano Leal, que foi o principal pontuador da noite (19 pontos)

   O apoio da torcida pode fazer a diferença. Esta é uma das observações do treinador Henrique Furtado, do JF Vôlei sobre a estreia na Superliga Masculina 2017/18, marcada para o dia 14, às 18h contra o Minas Tênis Clube, no ginásio da Faefid-UFJF.

  (TEXTO ATUALIZADO)  

  As informações sobre venda de ingressos para JF Vôlei x Minas foram disponibilizadas.

  Confira, abaixo, a arte divulgada pela equipe:

   Mineiro: página virada

  Na noite desta quarta-feira, dia 4, em Contagem, o time juiz-forano despediu-se do Campeonato Mineiro com uma derrota, na semifinal, por 3 sets a 1 para o Sada Cruzeiro, pentacampeão da competição nacional e considerado um dos melhores times do mundo. Os parciais foram de 22/25, 25/19, 25/17 e 25/18.

 A final do Mineiro está marcada para sábado, no mesmo ginásio, entre Sada Cruzeiro e Minas Tênis Clube.  Na outra semifinal o Montes Claros foi eliminado por 3 a 0 pelo Minas Tênis, em jogo que ocorreu no último fim de semana, quando o Sada Cruzeiro ainda estava em excursão preparatória na Argentina.

 

Hegemonia

   De acordo com o site do Sada, “o grupo azul vai tentar manter a hegemonia conquistada nos últimos anos e lutar pelo oitavo troféu seguido e o nono de sua história, na decisão que já acontece no próximo sábado, 7, às 20h, no Riachão. O adversário é um velho conhecido, o Minas Tênis Clube, oponente em todas as finais que o time disputou e venceu, desde 2010, assim como a edição de 2008, quando a equipe ainda tinha como sede a cidade de Betim”.

Escalações

  Sada Cruzeiro – Nico Uriarte, Evandro, Leal, Filipe, Isac, Simon e o líbero Serginho. Entraram Alemão e Fernando Cachopa. Técnico: Marcelo Mendez.

  JF Vôlei – Felipe, Emerson, Rammé, Leozinho, Bruno, Franco e o líbero Juan Mendez. Entraram Raphael e Adami. Técnico: Henrique Furtado.

   Foi o terceiro confronto, na competição estadual, contra o “adversário-parceiro” (pela segunda temporada consecutiva, a direção do JF Vôlei conta com jogadores que vieram da base do Sada para disputa da Superliga). O técnico do time da cidade vê os embates contra o Sada uma oportunidade especial de aprendizado e fortalecimento visando à edição 2017/18.

“No primeiro set conseguimos anular bem as jogadas deles, mas nós não mantivemos nos demais sets. Eles entraram com o saque muito forte e nós não definimos nos ataques. Terminamos o Mineiro e agora o foco é na superliga” disse Rammé.

 

Henrique Furtado, treinador do JF Vôlei, já convoca a torcida para a estreia na Superliga 2017/18

 “Saímos mais fortalecidos”

    “Jogo bom, muito bem jogado. Apresentamos boa consistência no saque, na recepção, no ataque. Enfrentamos um grande adversário, que o tempo inteiro teve uma rodagem de bola muito alta, rodou muito bem com o passe quebrado, e com o passe A também. Jogadores do mais alto nível, que imprimiram muita qualidade durante toda a partida. Tivemos resposta positiva em relação a um grande adversário. Um time que nos exigiu muito na recepção, com saque muito agressivo. Aguentamos bem um saque desse nível. Fizemos uma partida boa. Que vamos tirar muito material e serviu muito de aprendizado para encarar essa difícil Superliga a partir da semana que vem. Saímos mais fortalecidos para encarar essa Superliga”, analisou o técnico após o jogo disputado no ginásio do Riacho.

   Para o JF Vôlei estrear com um bom resultado diante do tradicional Minas Tênis Clube, Furtado espera contar com o apoio maciço do torcedor: “A Superliga está chegando, é um momento importante, um campeonato muito aguardado. Vamos enfrentar um grande adversário, que tem um ótimo levantador, grandes atacantes, e que tem um time muito bom, que é o Minas. Precisaremos fazer um grande trabalho para superar esse adversário. Bom que teremos a torcida ao nosso lado, porque durante o Campeonato Mineiro não tivemos eles em muitas partidas, foram poucas oportunidades, pois jogamos apenas duas vezes em casa. Agora será um momento muito aguardado, de se ter uma confiança grande e partir para esse imenso desafio que será a Superliga”, disse o técnico. (nota da redação: no Mineiro, o JF enfrentou o Sada três vezes como visitante e o Montes Claros duas vezes também como visitante. Somente os confrontos diante do Minas foram diante do torcedor, no ginásio da Faculdade de Educação Física da UFJF).

“Um grande aprendizado”

Sada Cruzeiro, “adversário-parceiro” do JF Vôlei, comemora ponto na semifinal do Campeonato Mineiro, em Contagem

  Para Henrique, o Estadual foi de extrema importância como forma de preparação para a Superliga. O comandante afirmou que o ponto principal foi a evolução do sistema ofensivo, que chega mais pronto, sabendo o momento certo de definir as jogadas. “O Mineiro é um grande aprendizado porque é um estadual de um nível muito alto, você enfrenta grandes adversários, ótimos elencos, times muitos completos no saque, no bloqueio… Foi uma boa experiência para gente, uma evolução muito grande para o nosso sistema ofensivo, para nossa recepção, para o levantamento e para o ataque, porque lidamos bastante com essas situações. Foi importante preparar o sistema ofensivo para a Superliga. Acho que vivenciamos algumas dificuldades, grandes barreiras no bloqueio, e estamos aprendendo como devemos atacar, em qual bola vamos para decidir, em qual bola vamos para trabalhar, e também para fazer um tipo de jogo com mais continuidade. Isso está sendo muito importante para evoluir o nosso ataque”, revela.

“Confiança é sempre alta”

Apesar de ter um elenco com muitos jovens, o foco na preparação e em treinamentos com situações do jogo faz com que todos estejam confiantes para fazer uma boa temporada. “A confiança é sempre alta, estamos sempre preparados para os grandes desafios e esses jovens jogadores são muito dedicados, se preparam sempre no mais alto nível pra enfrentar qualquer adversário. Sem dúvida nenhuma a preparação está sendo muito forte e estamos trabalhando muito em função da evolução do nosso time. Eu tento recriar no treino a dificuldade que eles vão encontrar no jogo, através de exercícios com pontuação, ou que envolve algum tipo de desafio grande. A maioria dos nossos treinos são parecidos com o jogo, que pede uma intensidade. Por isso tento fazer um dia a dia de treinos forte, com muita intensidade e alto nível, para que eles cheguem no jogo bem preparados”, garantiu Furtado.

 

Texto: Toque de Bola, com reportagem de Patrick Alves, estagiário, informações complementares do site do Sada Cruzeiro e do site da Federação Mineira de Vôlei, edição e supervisão Ivan Elias, Toque de Bola

Fotos: Assessoria JF Vôlei e Divulgação Sada Cruzeiro (Renato Araújo)

 

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


14 dez 2017
JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga

13 dez 2017
Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador

11 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora: resultados e galeria de fotos

09 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora é atração no Centro de Futebol Zico. Com novidades extra-campo!

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse