09 out 2017

Com defesa inspirada, JF Imperadores passa por cima do Macaé Oilers e se aproxima do acesso



Os torcedores que compareceram ao jogo ganharam o álbum de figurinhas da NFL. Esta foi uma ação promocional da Panini, que está divulgando o material em todo o Brasil

  Atropelo é a palavra que define a vitória do Juiz de Fora Imperadores sobre o Macaé Oilers por 27 a 7. Além de grande atuação do ataque, comandado pelo quarterback americano KC Frost – que mais uma vez deu show – a defesa foi brilhante e teve papel fundamental no triunfo que ocorreu no último domingo, 8, no campo da UFJF.

  Os jogadores defensivos juiz-foranos não deram chances ao ataque adversário e a equipe sofreu apenas um touchdown. Com esse resultado, o JF Imperadores avançou às quartas de final da Liga Nacional e agora duela fora de casa contra a Ponte Preta Gorilas. Quem passar desse confronto garante o acesso à elite do futebol americano brasileiro.

  De acordo com a direção da equipe juiz-forana, o público no campo do Complexo Esportivo da UFJF no domingo foi de 1.302 torcedores.

 

Melhor da partida

  O grande destaque do jogo foi o defensive back Celso Fiorani. O carioca de 26 anos fez três interceptações e foi eleito o melhor em campo. Apesar da grande atuação individual, o atleta ressaltou que isso é fruto de um trabalho coletivo dos jogadores de defesa. “Costumamos dizer que a defesa não é apenas uma pessoa, é feita de uma unidade. Nossa linha defensiva jogou muito bem, os linebackers foram muito bem e os defensive backs, a posição onde eu jogo, foram muito bem. É um conjunto, não é só mérito meu. É mérito da defesa inteira, todos fizeram o seu trabalho e isso facilita para todo mundo”.

Autor de três interceptações, o defensor Celso Fiorani foi eleito o melhor em campo

“Todo o trabalho que vem sendo feito desde o staff, do nosso plano de coaching, a galera tem se empenhado muito, malhando todos os dias, todo mundo deu um pouco de si em cada jogo. E eu acho que esse foi um dos nossos melhores jogos no campeonato. É parabéns para todo mundo, não só quem estava em campo, mas também para quem pintou o campo no dia anterior, para quem nos ajudou a semana inteira, com todo trabalho que tem feito nos bastidores… Sem eles não conseguiríamos esse resultado”.

“Sem dúvida dá uma confiança pra gente. O Macaé Oilers é um time muito forte, e essa vitória foi fundamental, significa que cada um soube fazer o que era esperado. Agora é trabalhar, fazer tudo o que nós fizemos antes desse jogo, preparar fisicamente, preparar o jogo tecnicamente… Começa tudo de novo, do degrau zero e vamos devagar até chegar ao próximo jogo”.

 

Show de KC Frost

KC Frost junto com Bruno Oliveira do Macaé Oilers após a partida

Com a defesa em dia inspirado, ficou fácil para o ataque e para a principal estrela da companhia – KC Frost – brilharem. Como de costume, o quarterback americano comandou o setor ofensivo do JF Imperadores e também utilizou todo seu porte físico para ganhar jardas. E foi além. KC anotou dois touchdowns em corridas, sendo um deles percorrendo quase todo o campo. “Estávamos na expectativa de voltar com tudo do intervalo e tentar fazer uma jogada decisiva. E aconteceu que tinha um buraco, fiz o ‘fake’ (jogada falsa), vi a ‘avenida’ e pensei: ‘Cara, só tem um lineback lá, se eu conseguir escapar dele, ia ficar bem. Então é agora’. Tentei ir embora e o cara quase me alcançou. Mas consegui entrar no buraco e fui com tudo. Foi justamente o que a gente precisava, porque o time do Macaé não desistiu e isso fez uma boa diferença na pontuação”.

“O grande diferencial foi a defesa. No ataque a gente continuou tentando fazer o nosso trabalho. Às vezes não conseguimos pontuar da maneira que esperávamos, mas a defesa foi segurando e fez várias interceptações. Isso nos manteve no campo, dando várias oportunidades pra pontuarmos. Ficamos calmos, hoje estávamos mais focados, mais preparados. É um time bem jovem. Estamos em um processo de evolução ao longo da temporada. E dá para ver que a cada jogo estamos melhorando e o time fica cada vez mais maduro à medida que entramos no campo. Espero que na gente consiga continuar evoluindo dessa maneira”.

“Temos que manter os pés no chão. Agora é playoffs, e qualquer jogo pode ser o último. Por isso vamos manter os pés no chão e trabalhar duro para isso. Ninguém vai relaxar agora, só tem time bom e não teremos facilidades daqui para frente”.

 

Magno Nascimento, coordenador defensivo, dando instruções ao time

Coordenador defensivo

Magno Nascimento, responsável pela defesa, fez questão de destacar a melhora que o setor vem obtendo desde o início da competição. “A nossa equipe vem em uma evolução, e estamos começando a encaixar melhor o jogo. Conseguir entender o jogo do adversário e atacar eles. Em alguns momentos teve setores deles que começaram a funcionar. Conseguimos reverter isso, mas infelizmente cedemos um touchdown. Por outro lado nossa defesa conseguiu sete turnovers (situação em que o ataque adversário perde a posse de bola) e isso coloca o ataque novamente em campo. Por duas vezes o Macaé chegou até nossa linha de redzone (local de quase fazer um touchdown) e nós devolvemos a bola para o ataque. É isso o que a defesa precisa fazer”.

 

Homenagem

Cleonice Teixeira foi homenageada pelos Imperadores durante o intervalo e recebeu a bola oval como presente

Servindo de alerta para as mulheres, outubro é o mês de prevenção de câncer de mama e colo do útero, onde várias ações são feitas com o intuito de alertar para que todas façam os exames preventivos. Durante o intervalo, a senhora Cleonice Teixeira foi homenageada pelo JF Imperadores e recebeu a bola oval como presente. Ela venceu a luta contra o câncer e participou da corrida da Faefid em agosto deste ano. Além disso, ela recebeu também a Coroa e a Faixa Imperial, entregues pelas musas do time. Em retribuição, Cleonice presenteou a equipe com a bandeira da Associação Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer (Ascomcer) da qual faz parte. “O pessoal lá da Ascomcer me convidou pra vir e eu fiquei muito empolgada, quis participar e gostei bastante. É importante para nós receber essa homenagem, não só pra mim, mas para meu grupo todo”.

 

Esporte de contato

Luiz Carlos Antônio, fisioterapeuta, fazendo atendimento a um atleta

Diferentemente de outros esportes, o futebol americano é uma modalidade que é extremamente de contato e exige uma boa condição física dos atletas. Com isso as lesões se tornam inevitáveis mesmo ao longo de uma partida, e muitos jogadores precisam receber atendimentos de especialistas – médicos e fisioterapeutas. Luiz Carlos Antônio é fisioterapeuta e foi o responsável por prestar auxílio aos jogadores na partida e falou sobre os riscos que os atletas estão sujeitos.

“Como existe um contato direto entre os jogadores, há muito impacto e isso causa traumas. Fazemos um trabalho de pegar os atletas e avaliar se eles têm condição de jogo ou não, se precisa de um tratamento complementar ou até exame de imagem. E a gente faz essa triagem. O principal mesmo é vetar ou possibilitá-los de jogar no momento, pelas lesões de ombro que são frequentes, lesões no tornozelo, joelho que são típicas nesse esporte”.

“Por isso o futebol americano exige todo esse esquema de proteção, como capacete, joelheira e etc. Existe o perigo sim, mas as medidas necessárias para proteger os atletas, priorizando a qualidade de vida deles são tomadas com esses acessórios que ajudam a absorver o impacto. Mas como todo esporte, não deixa de ser uma modalidade que em algum momento ofereça um risco de dano maior”.

 Veja, abaixo, galeria de fotos da vitória do JF Imperadores. Clique sobre a imagem que deseja ampliar

 

 

Cobertura: Toque de Bola, com reportagem de Patrick Alves, estagiário, edição e supervisão Ivan Elias, Toque de Bola

Fotos: Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


23 out 2017
Primeiro árbitro de vídeo da Libertadores será brasileiro. Vangasse explica as 4 situações em que ele pode atuar

23 out 2017
Leozinho reaparece na seleção da rodada. Próximo adversário do JF Vôlei tem pedido de desculpas ao torcedor

23 out 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

19 out 2017
Oficial: Tupi informa que treinador Aílton Ferraz não fica no clube

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.