16 set 2017

Segundo tempo desastroso complica o Tupi no mata-mata: Fortaleza 2 a 0



Fortaleza foi outro time no segundo tempo

  O Tupi foi derrotado por 2 a 0 pelo Fortaleza na tarde deste sábado, dia 15, na Arena castelão, na capital cearense, e agora precisará de uma vitória por três gols de diferença no próximo sábado, 20h30, em Juiz de Fora, para avançar na Série C do Campeonato Brasileiro e – principalmente – conquistar uma das quatro vagas para a Série B de 2018.

  A equipe treinada por Aílton Ferraz fez um primeiro tempo seguro, controlando as ações e construindo a principal chance de gol da etapa inicial: um cabeceio do zagueiro Edmário, que voltava ao time, aos 34 minutos, depois da parada para hidratação.

  Na etapa final, o panorama se inverteu completamente. Logo aos 2 minutos, numa jogada que parecia despretensiosa do ataque dos anfitriões, Leandro Lima recebeu livre e tocou de primeira, da marca do pênalti, abrindo o placar. O Carijó “desandou” depois do gol e a equipe cearense criou oportunidades consecutivas. Acabou ampliando quando a pressão tinha diminuído, aos 24 minutos, quando houve pênalti – toque de mão na bola do zagueiro Fernando – convertido por Bruno Melo.

 “Não conseguimos controlar o segundo tempo, mas não tem nada perdido”, definiu Aílton, ainda no Castelão.

  Mesmo com as substituições, o time juiz-forano não conseguiu se rearrumar e buscar pelo menos um gol como visitante.

RENDA E PÚBLICO
Fortaleza 2 x 0 Tupi 
Arena Castelão – Fortaleza (CE)
Público pagante: 39.126
Público total: 40.102
Renda: R$ 1.318.576,00

  Preços promocionais

  Após a partida, o dirigente do futebol do Tupi, Nicanor Pires, disse à Rádio Globo Juiz de Fora que iria se reunir com a presidente do clube, que também seguiu para a capital cearense, a fim de decidir a possibilidade de manter valores promocionais dos ingressos para o jogo de volta.

  Até o momento, o que foi divulgado: preços promocionais seriam válidos somente até este sábado, dia 16. A necessidade de contar com um bom público para tentar a reação na partida de volta pode fazer com que novidades sejam anunciadas pelo comando do futebol alvinegro.

 

Escalação do Tupi

Tempos distintos

    Com a “vantagem” de decidir em casa e tendo em mente que o objetivo seria trazer um bom resultado na bagagem, o Tupi se preparou durante toda a semana para o duelo. Sabendo dos perigos que o adversário iria impor, Aílton resolveu fazer mudanças na escalação. O lateral direito Johnathan, que foi titular contra o Bragantino e havia mostrado um bom rendimento, foi titular como ponta direita, jogando à frente de Lucas. No comando de ataque Rafael Teixeira, autor de dois gols nas duas partidas anteriores, entrou na vaga de Ítalo.

 

 

  O jogo

  A partida começou e como já era esperado. O Fortaleza começou pressionando, tentando fazer valer o apoio da torcida. A defesa do Tupi conseguiu segurar os cruzamentos, e nenhuma chance clara foi criada.

 Aos 15′, Andrey recebeu na entrada da área mas bateu fraco, facilitando a vida do goleiro Marcelo Boeck. O time da casa ficava com a bola e tentava encontrar espaços, já que o Carijó jogava todo fechado. Aos 21 minutos Lúcio Flávio recebeu em profundidade e marcou, só que o bandeira já assinalava o impedimento e o gol foi anulado.

Escalação do Fortaleza

O Tupi ficava todo recuado, esperando para sair em velocidade. Quando o cronômetro registrou 30 minutos, o árbitro interrompeu o jogo com a parada técnica, para a reidratação dos jogadores. Na volta, os visitantes tiveram uma grande oportunidade e quase abriram o placar. Diego Luís cobrou escanteio na área, o zagueiro Edmário subiu mais alto que todo mundo e testou forte, obrigando o goleiro adversário a fazer grande defesa, de puro reflexo.

Com o Fortaleza errando bastante, mostrando nervosismo e sem ter um lance claro de gol, o Carijó se comportou bem no primeiro tempo e foi para o intervalo com o empate.

Segundo etapa

  O Leão voltou com apetite depois do intervalo. Logo aos 2′ o time da casa Leandro Lima abriu o placar após boa jogada entre Hiago e Bruno Melo pela esquerda, fazendo 1 a 0 para o time cearense.

O Carijó sentiu o golpe e em uma sequência de erros na defesa, o time quase levou mais gols. Enquanto isso a torcida do Tricolor de Aço fazia muito barulho e aumentava pressão em busca do segundo gol.

   E foi aos 24 minutos que o segundo do Fortaleza saiu. Em jogada na área, a bola bateu na mão do zagueiro Fernando e o árbitro marcou o pênalti. O Lateral esquerdo do Leão, Bruno Melo, bateu no canto direito de Paulo Henrique e ampliou, 2 a 0.

  Mesmo em desvantagem, o Tupi não atacava. Vencendo por dois gols, os donos da casa diminuíram o ritmo e a partida ficou amarrada. Nenhuma finalização na meta adversária, e um Tupi irreconhecível no segundo. Com o apito final do árbitro, o Fortaleza ganhou por 2 a 0 e leva uma boa vantagem para o segundo jogo.

  O resultado com toda certeza deve ter agradado o treinador do Fortaleza, Antônio Carlos Zago, que antes do jogo afirmou que o importante era não sofrer gols (mesmo o empate em 0 a 0), já que com isso a equipe não levaria o gol fora, que conta como critério de desempate.

FICHA TÉCNICA

Fortaleza 2 x 0 Tupi

Tupi: Paulo Henrique, Lucas (Ítalo), Fernando, Edmário e Bruno Santos, Marcel e Leandro Brasília, Johnathan (Romarinho), Diego Luís e Andrey (Hélder), Rafael Teixeira Técnico: Aílton Ferraz.

Fortaleza: Marcelo Boeck, Felipe, Adalberto, Ligger e Bruno Melo. Anderson Uchôa, Pablo e Leandro Lima (Vinicius Pacheco), Everton (Ronny), Hiago e Lúcio Flávio (Paulo Sérgio). Técnico: Antônio Carlos Zago.

Gols: Leandro Lima (2’ 2º T), Bruno Melo (24’ 2º T) Fortaleza.

Cartões amarelos: Diego Luís e Marcel (Tupi); Anderson Uchôa (Fortaleza)

Cartões vermelhos: Nenhum

Jogo de ida das Quartas de Final do Campeonato Brasileiro da Série C 2017

Local: Estádio Castelão (Fortaleza-CE)

Data: 16/09/2017

Horário: 16h

Arbitragem: Marcelo Aparecido de Souza (SP), auxiliado por Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP).

Público pagante: 39.126
Público total: 40.102
Renda: R$ 1.318.576,00

 

Texto: Toque de Bola

Foto: O Povo – Tatiana Fortes

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


23 out 2017
Primeiro árbitro de vídeo da Libertadores será brasileiro. Vangasse explica as 4 situações em que ele pode atuar

23 out 2017
Leozinho reaparece na seleção da rodada. Próximo adversário do JF Vôlei tem pedido de desculpas ao torcedor

23 out 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

19 out 2017
Oficial: Tupi informa que treinador Aílton Ferraz não fica no clube

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.