06 set 2017

Juiz de Fora disputa Etapa Regional dos JIMI em São João del Rei. Veja tabela e lembre como foi a primeira fase



   Entre esta quarta-feira, dia 6, e o domingo, dia 10, Juiz de Fora participará da Etapa Regional dos Jogos do Interior de Minas Gerais, que será disputada na cidade São João Del Rei. Ao todo são 22 cidades e mais de 1100 atletas fazendo parte do evento.

    Juiz de fora terá representantes nas seguintes modalidades: basquete feminino, basquete masculino, futsal masculino, futsal feminino, handebol masculino, handebol feminino.

CLIQUE AQUI E ACESSE A TABELA COMPLETA DA FASE DE SÃO JOÃO DEL REI (fonte: coordenação)

Veja como foi a participação de Juiz de fora na fase microrregional 

O Handebol masculino venceu a etapa microrregional de forma arrasadora

  Todas as cinco equipes juiz-foranas voltaram de Cataguases classificadas após a disputa da etapa microrregional dos Jogos do Interior de Minas (JIMI). A cidade foi representada nas modalidades basquete (masculino), futsal (masculino e feminino) e handebol (masculino e feminino).

  Na classificação geral Juiz de Fora foi a campeã com 58 pontos no total – somando todas as modalidades disputadas durante os cinco dias de competição (que ocorreu entre 14 e 18 de junho). O título deu vaga à cidade para a fase regional.

  No basquete masculino, Juiz de Fora sagrou-se campeã ao superar na final a equipe de São João Del Rei por 66 a 58. Mayco Zicatto foi o cestinha da competição, assinalando 75 pontos pelo time de JF.

   No futsal a festa juiz-forana quase veio em dose dupla, no masculino e feminino. Porém as mulheres perderam por 4 a 1 na decisão para o Alto do Rio Doce, e ficaram com a medalha de prata. Já os homens confirmaram o favoritismo e venceram Além Paraíba por 6 a 2, faturando o ouro. Destaque para Matheus Guimarães, um dos artilheiros dos jogos, anotando nove gols.

Futsal feminino

    O futsal feminino atuou em cinco partidas nessa etapa do JIMI e, apesar de terminar com a prata, conseguiu o principal objetivo que era a classificação para a fase regional dos jogos. Artilheira com nove gols, Marina Loures teve grande atuação e fez um balanço da equipe juiz-forana nessa etapa. “Na final perdemos para o Alto do Rio Doce, que é uma grande equipe. Apesar de termos conseguido fazer um bom jogo, infelizmente não soubemos matar as jogadas e saímos com o segundo lugar. Sempre fica um gostinho de que poderíamos ter ganho, nosso time está muito bom. Fazer essa final deu certeza de que estamos no caminho certo. Na segunda fase vamos manter a base para conseguir a classificação à fase estadual”, ressalta a jogadora.

A equipe começou a final com: Raíssa no gol, Marina Loures, Rafaela Alves, Rafaela Dornellas e Ana Beatriz. Técnico: Jean Albuquerque.

Handebol

  Por fim, o handebol foi a modalidade em que Juiz de Fora teve maior sucesso. Pelo feminino, a equipe anotou 26 a  11 sobre Conselheiro Lafaiete na final. No masculino, o time duelou contra os donos da casa e não teve grandes dificuldades para fechar o placar em 34 a 13.

  Confira os jogadores que atuaram pela equipe masculina: Diego Alves, Evandro (Cabelo), Felipe Lima (Fumaça), Flávio, Guilherme, Iago Neves (Iaguin), Igor Amaral (Pimpão), Kassiel, Murilo, Pablo (Soldado), Paulo Henrique (Paulão), Plínio, Rafael Santos (Nariz), Tiaguinho e Wesley.

  O time feminino contou com as seguintes jogadoras: Ana Carolina Lisboa, Ana Carolina Vargas, Barbarah, Dayane de Almeida, Dayanne 

As meninas do handebol também fizeram bonito e garantiram vaga na fase regional com a conquista

Pedrosa, Jéssica Lavall, Jorgianne, Larissa, Letícia Ramos, Nathália Ferreira, Tati, Thais e Tuany.

   Carlos Dias, treinador das equipes masculina e feminina de Handebol no JIMI, destacou a renovação das duas equipes, que utilizaram muitos jovens. “O resultado foi melhor que o esperado. Apesar da mescla que fizemos de jovens atletas com jogadores mais rodados, o rendimento não caiu e mantivemos a hegemonia do handebol na região”. “Fazemos um trabalho de base e procuramos sempre renovar. O time entrou muito focado e o resultado foi satisfatório”, afirma.

   Falta de apoio

 O treinador ainda declarou que o time teve a participação ameaçada na competição, fato que dá um sabor a mais para o título. “Foi uma conquista diferente e especial, porque atuamos com equipes totalmente renovadas, e devido à falta de apoio da Prefeitura, tivemos que levantar fundos, por isso quase não participamos dos jogos. Essa falta de apoio não estava prevista em nosso orçamento”, revela.

 Posição da Prefeitura

  Consultada  pelo Toque de Bola, a Secretaria de Esporte e Lazer enviou  a seguinte nota: 

“A Secretaria de Esporte e Lazer informa que ficou impossibilitada de viabilizar auxilio aos participantes dos Jogos do Interior de Minas (JIMI) e dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG) devido à grave crise financeira pela qual o nosso país atravessa, atingindo todas as instituições públicas principalmente nas questões orçamentárias, o que prejudica o atendimento de algumas solicitações.

É importante ressaltar que num momento delicado como tal é necessário que se priorize ações, como o retorno dos Jogos Intercolegiais esse ano e o inicio do Programa Esporte e Lazer da Cidade (PELC) que será implementado em Juiz de Fora através de parceria entre a PJF e o Governo federal, sendo ambos de grande relevância para a iniciação esportiva no município”.

 

Texto: Toque de Bola, com informações da coordenação do evento

Fotos: Divulgação

  


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


14 dez 2017
JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga

13 dez 2017
Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador

11 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora: resultados e galeria de fotos

09 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora é atração no Centro de Futebol Zico. Com novidades extra-campo!

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse