04 ago 2017

Tupi prega união para vencer confronto direto pelo G-4 em Sorocaba



   Manter a “Família Ferraz” ou o grupo unido no momento decisivo. Esta é a tônica do discurso do Tupi para a partida contra o São Bento-SP neste sábado, dia 5,  às 17h, pela 13ª rodada da série C, no estádio Walter Ribeiro em Sorocaba. O time não perde há seis partidas, a confiança do grupo está em alta e o clima de descontração é visível durante os treinamentos.

  Siga São Bento x Tupi nas redes sociais do Toque de Bola – Twitter, fanpage, Instagram. Apoio: Plasc, Prefeitura de Juiz de Fora e Hiperroll Embalagens.

   Como acontece uma vez por semana, o Tupi foi ao Estádio Municipal Radialista Mário Helênio para treinar. Aílton Ferraz iniciou com uma atividade recreativa, na qual os jogadores foram divididos em grupos e, deveriam de mãos dadas, controlar a bola sem deixar cair e colocá-la dentro do cesto. O comandante explicou que o objetivo da brincadeira era manter o time unido. “Isso é o mais importante dentro de um grupo (a coletividade). Fiz hoje uma dinâmica com eles, para mostrar a importância de um grupo. Precisamos estar fechados, e com foco para que possamos conseguir o primeiro objetivo, sempre falo isso, que é de manter o time na série C, e depois sim pensar em algo maior”, disse.

Um dos grupos formados no recreativo antes do treino de quarta-feira

Sem vaidade

   Por outro lado, apesar da invencibilidade, o treinador assegura que o grupo está alheio ao salto alto. “Essa vaidade não tem no nosso meio. Eles estão muito conscientes de que nós somos operários, e eu deixo bem claro isso, todos nós, começando por mim, não podemos relaxar. Temos que trabalhar, trabalhar, trabalhar… Só assim que se consegue os resultados”, garante.

   Aproveitar o campo

A atividade foi longa e durou mais de duas horas, para “aproveitar o campo”, como disse Aílton para os jogadores durante o trabalho. O clube está com dificuldades em arrumar um local para trabalhar, pois o campo onde o Carijó costuma treinar, em Santa Terezinha, está muito ruim, e como já foi dito pelo treinador, pode até provocar lesões nos atletas. A diretoria cogita até um acordo com o Tupynambás, para utilizar o José Paiz Soares. Porém, o diretor de futebol do Baeta, Alberto Simão, descartou ceder o local até que o Tupi quite uma dívida com o próprio empresário. Na semana passada, o clube usou as instalações do Centro de Futebol Zico (CFZ), e na última terça-feira, dia primeiro, o campo da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB).

 

Apesar da vice-liderança na chave, Aílton reafirma que primeiro objetivo da equipe é se manter na Série C

 Treino tático

No trabalho em campo, o treinador comandou uma atividade tática de ataque contra defesa, onde o foco era a movimentação e a consistência na marcação do setor defensivo. Em seguida, Aílton realizou um coletivo, e repetiu o mesmo time que iniciou a partida contra o Joinville com Paulo Henrique, Lucas, Fernando, Edmário e Bruno Santos, Marcel, Leandro Brasília e Diego Luís, Andrey, Romarinho e Marcinho. No final do treino o zagueiro Patrick, que volta após cumprir suspensão, entrou na vaga de Marcinho, enquanto Romarinho deu vaga a Ítalo, no comando de ataque.

   Time adaptado

A única dúvida é sobre qual será a composição da linha defensiva, lembrando que fora de casa o treinador alvinegro tem optado pela utilização dos três defensores. Essa incerteza acirra ainda mais a disputa pela vaga de titular. “Nosso time está adaptado, jogando com dois ou com três, estamos podendo fazer bons jogos. Com três a gente fica mais fechadinho atrás, que é uma proposta que temos jogado desde o início do campeonato, saindo no contra-ataque. E tem surtido efeito, porque estamos conseguindo a vitória e os gols estão saindo”. “O Aílton vem me passando total confiança, venho jogando com ele desde o mineiro. Em relação ao Patrick, tenho que trabalhar forte, porque é uma boa ‘sombra’. Ele vem optando por jogar com três fora de casa, mas independente da opção, o time está com bons jogadores para cumprir o papel tático”, afirma Edmário, que treinou o tempo todo como titular.

Ainda segundo o zagueiro, a boa fase do setor defensivo da equipe é fruto dos treinamentos. “O trabalho que fazemos durante os treinos, de posicionamento, balanço defensivo, vem nos ajudando nos jogos. O time está entrando bem focado, sabendo que o principal é não tomar gol. Acontecendo isso, temos certeza que na frente faremos”, completou.

   Sem obrigação

Em momento decisivo na competição, o comandante rechaça qualquer pressão sobre a equipe. “Existe o oba-oba de que ninguém acreditava e agora é obrigação. Eu não vejo obrigação ainda, e sim que vamos trabalhar para conseguir os objetivos. No começo ninguém via o Tupi chegando do jeito que está hoje, tinha um carimbo bem grande de que era um time para ser rebaixado. E estamos resistindo a tudo isso, com muito pé o chão, para conseguirmos esse objetivo que é árduo. Fico feliz de ver o grupo pronto para essa batalha que não será fácil, a cada jogo não podemos perder, sabemos da responsabilidade, e que também não somos imbatíveis. Mas temos que jogar cada partida melhor que a anterior”, finalizou Aílton.

 Uma rodada firme no G-4

  Pela primeira vez o Tupi entrará em campo sabendo que não termina a rodada fora do G4, independente de um revés na próxima partida. O time enfrenta neste sábado, 5, o São Bento-SP em Sorocaba, pela 13ª rodada da série C, com objetivo de trazer ao menos um ponto para Juiz de Fora.

  O Carijó venceu o Joinville em casa por 3 a 1 na última partida e ocupa neste momento a segunda colocação do grupo B, com 20 pontos. Em 12 jogos, foram cinco vitórias, cinco empates e apenas duas derrotas. Invicto há seis rodadas, o Carijó pode chegar à liderança caso vença o time do interior paulista, mas além de um triunfo, o time juiz-forano precisa secar o primeiro colocado da chave, o Botafogo-SP, que tem 21 pontos e visita o Joinville fora de casa.

 

Veja como foram os resultados da última rodada

Macaé 0 x 0 São Bento-SP grupo B – do Tupi

Macaé e São Bento-SP passaram em branco e as redes não balançaram no estádio Moacyrzão. Com o empate sem gols, o Macaé chega a 12 pontos e está na oitava posição. Com 17, o time paulista sobe para a terceira posição do grupo.

 

Mogi Mirim 1 x 1 Tombense – Grupo B – do Tupi

Em Mogi Mirim-SP, Mogi e Tombense ficaram no 1 a 1, no Estádio Vail Chaves. O time da casa saiu na frente com Emerson aos 10 minutos. Com um jogador a mais, após a expulsão de Vinícius, o Tombense foi em busca da reação e empatou aos 31 minutos, com Keké. Mesmo com a desvantagem numérica, o Mogi segurou a pressão no segundo tempo e o placar terminou empatado em 1 a 1. Com o empate, o Mogi segue na lanterna, com 10 pontos. Com 17, o Tombense ocupa a quarta posição.

 

Sampaio Correa-MA 1 x 0 ASA-AL – Grupo A

O Sampaio Corrêa ganhou do ASA-AL por 1 a 0 e após quase dois meses, voltou a vencer em casa. No Castelão, o único gol da partida saiu na etapa final. Aos 12 minutos, Felipe Marques finalizou no canto e garantiu o triunfo tricolor. Com a vitória, o Sampaio Corrêa chegou a 19 pontos. Já o ASA segue na lanterna com 11 pontos.

 

Fortaleza 1 x 0 Salgueiro-PE – Grupo A

O Fortaleza venceu o Salgueiro-PE por 1 a 0, no estádio Castelão, com o gol relâmpago de Lúcio Flávio. Com apenas um minuto de bola rolando, o atacante aproveitou bola cruzada na área e marcou o que seria o único gol da partida. Com a derrota, o Carcará desperdiçou a chance de dormir no G-4 e continua com 14 pontos. Com 21 pontos, o Fortaleza ocupa a segunda colocação da chave.

 

Ypiranga-RS 0 x 0 Bragantino-SP – Grupo B – do Tupi

No estádio Colosso da Lagoa, Ypiranga e Bragantino passaram em branco e as redes não balançaram. Com o resultado, as duas equipes ampliaram o jejum de vitórias. Enquanto o Canarinho não vence há quatro jogos, o Massa Bruta completou o oitavo jogo sem ganhar e continua na zona de rebaixamento do Grupo B. Com 15 pontos, a equipe gaúcha ocupa a sexta posição.

 

CSA-AL 2 x 1 Botafogo-PB – Grupo A

No Rei Pelé, o CSA venceu de virada por 2 a 1. O Botafogo-PB saiu na frente na reta final do primeiro tempo aos 43 minutos com Dico, que aproveitou falha da zaga e fez 1 a 0. Na etapa final, o time alagoano reagiu e empatou com Thales, que usou a cabeça para empatar aos 10 minutos, 1 a 1. Aos 32, Dawhan arriscou de fora da área, contou com o desvio em Dick e marcou, 2 a 1. Com quinta derrota consecutiva, o Botafogo/PB segue em sexto lugar com 14 pontos. O CSA-AL é o primeiro colocado com 23 pontos.

 

Botafogo-SP 2 x 1 Volta Redonda – Grupo B – do Tupi

No estádio Santa Cruz, o Botafogo-SP venceu o Volta Redonda por 2 a 1. Os visitantes saíram na frente com David Batista, aos 16 minutos. O Botafogo-SP empatou ainda na primeira etapa, aos 36 minutos, com Edno, que fez de cabeça e deixou tudo igual, 1 a 1. A virada paulista veio no segundo tempo. Aos 14 minutos, Samuel Santos finalizou forte e sacramentou a vitória por 2 a 1. Com a derrota, o Voltaço deixou o G-4 e ocupa a quinta posição com 16 pontos. O time de Ribeirão preto é o líder com 21 pontos.

 

Confiança-SE 1 x 1 Moto Club-MA – Grupo A

No Lourival Baptista, Confiança e Moto Club ficaram no 1 a 1. As redes só balançaram na etapa final, e logo aos três minutos, Paquetá cobrou pênalti com categoria, colocando o Moto Club na frente, 1 a 0. A vantagem dos visitantes seguiu até os minutos finais. Já nos acréscimos, Frontini recebeu lançamento na área e empatou a partida, 1 a 1. O Moto Club quase deu o troco no último lance com Daniel Barros, mas a trave impediu a vitória rubro-negra. Com a igualdade, as equipes seguem lutando contra o rebaixamento, com 12 pontos cada.

 

Cuiabá-MT 0 x 0 Remo-PA – Grupo A

Com grandes atuações dos goleiros, Cuiabá e Remo empataram sem gols na Arena Pantanal. No primeiro tempo, Henal brilhou em investidas de Eduardo Ramos e Pimentinha e evitou o gol dos visitantes. Na etapa final foi a vez de Vinicius se destacar. Aos 14 minutos, Elias cabeceou no canto esquerdo, mas o goleiro fez grande defesa. No último lance, Vinicius manteve o zero no placar ao segurar o chute de Bruno Sávio. Com o empate sem gols fora de casa, o Leão Azul chegou a 17 pontos e se manteve no G-4. Em quinto, o Dourado acumula 15 pontos.

 

Texto: Patrick Alves, estagiário do Toque de Bola, com supervisão Ivan Elias, Toque de Bola – ninformações complementares: Site da CBF

Fotos e Artes: Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


19 set 2017
Com vídeo! Evaldo anula Éder, domina, toca para os companheiros e emenda: “Tupi tem totais condições de reverter”

18 set 2017
Emoção marca abertura da Semana Paralímpica em Juiz de Fora

18 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

16 set 2017
Diretoria do Tupi estuda manter preços promocionais para o jogo de volta

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.