28 ago 2017

Tupi arranca empate com Botafogo e encaminha vaga



O Tupi foi a Ribeirão Preto, interior de São Paulo, e arrancou o empate em 1 a 1 com o Botafogo-SP. Entrando em campo com chances de se classificar na rodada, o Carijó sofreu com a pressão do rival, que também precisava da vitória para voltar ao G4.

Clique sobre as artes para ampliar as imagens

(Cobertura com apoio de Plasc, Prefeitura de Juiz de Fora e Hiperroll Embalagens)

Francis abriu o placar para os donos da casa em uma boa trama oriunda de um contra-ataque. O Tupi chegou à igualdade em jogada de bola parada, com Patrick, que concluiu o belo cruzamento de Diego Luís e deu números finais à partida.

Com a vitória, o Carijó somou um ponto e foi a 27 na tabela, permanecendo na segunda colocação do grupo B, com a mesma pontuação do São Bento – que empatou com o Bragantino em casa por 1 a 1 –, mas perdendo no saldo de gols.

  Complemento com goleadas

   Dois resultados elásticos encerraram a rodada da chave do Carijó neste domingo – Volta Redonda 4 x 0 Mogi Mirim e Joinville 2 x 4 Macaé.

   Ainda fora

O time mineiro só entra em campo novamente na outra segunda-feira, 4 de setembro, contra o Volta Redonda, às 21h, fora de casa (na noite de segunda-feira, a CBF alterou alguns horários e a partida do Carijó, que seria às 19h, passou para 21h, para atender aos interesses  do canal Esporte Interativo.) Uma vitória simples classifica o Tupi para a fase de quartas de final da série C.

  Formação

Durante a semana o treinador Aílton Ferraz novamente fechou o treinamento de quarta-feira, 23,  no Estádio Mário Helênio, o último antes da viagem. A dúvida era se o time iria entrar com os três zagueiros, repetindo a formação usada nas partidas fora de casa, que vinha dando resultado.

Momentos antes do jogo, quando a escalação saiu, foi possível ver que o comandante preferiu não utilizar os três zagueiros, repetindo o 4-2-3-1 do duelo anterior. A única mudança foi a entrada do atacante Marcinho na vaga do meia Juninho.

 

O jogo

A primeira chance foi do Botafogo-SP aos 2’. Gerley bate por cima da meta, sem muito perigo. Aos 9’ os mandantes tiveram mais uma oportunidade para abrir o placar. Em cruzamento na área, o camisa nove Edno cabeceou pelo lado direito.

Apesar de o Tupi ter começado o jogo pressionando o adversário no campo de ataque, o time de Ribeirão Preto igualou a partida. O Carijó jogava fechado mas não conseguia encaixar o contra-ataque. Enquanto isso o Botafogo seguia criando, e aos 27 minutos o goleiro Paulo Henrique teve que trabalhar e fez a defesa.

Aos 30’ o árbitro paralisou o jogo para a hidratação dos jogadores, pelo forte calor na cidade paulista. Mesmo com o treinador Aílton tentando organizar a equipe, o Botafogo continuou no ataque, levando bastante perigo nas bolas paradas.

A primeira finalização do Tupi foi aos 43 minutos, com o lateral Lucas, mas a bola foi longe do gol. A igualdade sem gols se manteve até o apito do árbitro e as duas equipes foram para o intervalo com o zero no placar.

Etapa final

Na volta do intervalo, o comandante Carijó já promoveu uma substituição, com o zagueiro Patrick entrando no lugar do atacante Marcinho. Com isso o time passou a atuar com três defensores. Aos’ 5, o time juiz-forano saiu em contra-ataque, com superioridade numérica e, dentro da área, o lateral Lucas arriscou, fazendo com que Neneca jogasse para escanteio.

Mesmo com três zagueiros, o Tupi não ficou só atrás. O time se acertou e a partida se tornou mais aberta, com a saída em velocidade dos alas Lucas e Bruno Santos, que tiveram mais liberdade para atacar, levando perigo para o Botafogo.

Os mandantes quase marcaram com Edno, aos 18 minutos, mas Paulo Henrique fez uma grande defesa. Em seguida, aos 22 minutos, após roubada de bola, o time do Botafogo saiu em velocidade e Wesley rolou para Francis, que só empurrou para as redes, fazendo 1 a 0.

Em desvantagem, o Tupi foi pra cima em busca do empate. Aos 35’ Diego Luís cobrou escanteio na medida para Patrick, que sozinho, cabeceou no canto esquerdo, empatando a partida, 1 a 1.

O Botafogo se desesperou e começou a errar bastante. Nos acréscimos, o Carijó quase virou o jogo, primeiro com Johnathan, que recebeu pela direita e chutou forte para a defesa do goleiro. No escanteio cobrado na sequência, o arqueiro botafoguense saiu mal, e a bola ficou viva na área, mas ninguém do Tupi conseguiu colocar nas redes. 

 

“Gol muito importante” diz Patrick

Após o jogo, o autor do gol de empate do Tupi, o zagueiro Patrick, concedeu entrevista ao canal Esporte Interativo e comentou sobre o gol marcado no estádio Santa Cruz, que garantiu um ponto ao time. “Muito importante. Um empate fora de casa era o que a gente veio buscar. Fico feliz pelo gol, o jogo estava muito difícil, entrei abafado já, e graças a Deus pude ajudar a equipe com esse gol”, disse o jogador.

O treinador Aílton Ferraz também falou, e para ele, o resultado não foi justo. O comandante acredita que o adversário seria o merecedor da vitória. “O time até ameaçou uma virada, mas a vitória seria injusta. Parabéns ao Vica, que em pouco tempo organizou o time, jogou no 4-3-3, mas isso é futebol”, afirmou o técnico Carijó.

 

FICHA TÉCNICA

Botafogo-SP 1 x 1 Tupi

Tupi: Paulo Henrique, Lucas (Johnathan), Fernando, Edmário e Bruno Santos, Marcel e Leandro Brasília, Andrey, Diego Luís e Marcinho (Patrick), Ítalo (Rafael Teixeira). Técnico: Aílton Ferraz

Botafogo-SP: Neneca, Samuel Santos, Gladstone, Caio Ruan e Gerley, Carlos Henrique, Vitinho (Ronaldo), Wesley e Morais (Rondinelly), Francis (Alex Gonçalves) e Edno. Técnico: Vica

Gols: Francis (22’ 2º T) Botafogo-SP; Patrick (35’ 2ºT) Tupi

Cartões amarelos: Leandro Brasília e Bruno Santos (Tupi); Morais (Botafogo-SP)

Cartões vermelhos: Nenhum

16ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C 2017

Local: Estádio Mário Helênio (Juiz de Fora)

Data: 26/08/2017

Horário: 15h

Arbitragem: Felipe Gomes da Silva (PR) auxiliado por Rafael Trombeta (PR), e Pedro Martinelli Christino (PR).

 

Outros resultados da 16ª rodada

Jogos do Grupo B (do Tupi)

Domingo –

Volta Redonda 4 x 0 Mogi Mirim 

No Estádio Raulino de Oliveira, o Volta Redonda se impôs dentro de casa e dominou o Mogi Mirim. Com um começo arrasador, o Voltaço abriu o marcador aos dois minutos com Rafael Pernão. Antes do intervalo, já nos acréscimos, o camisa 10 repetiu a dose e ampliou a vantagem, 2 a 0. Na etapa final, Dija Baiano aumentou para os mandantes aos oito minutos. Aos 21, Michel Benhami fechou a goleada por 4 a 0. Na terceira posição, o Volta Redonda chegou a 24 pontos, três a menos que os líderes São Bento e Tupi.

  Joinville 2 x 4 Macaé

Em duelo eletrizante na Arena Joinville, o Macaé saiu vencedor diante do Tricolor catarinense. No primeiro tempo, o Joinville saiu na frente aos 13 minutos com Eliomar e, dez minutos depois, Rogerinho igualou o marcador: 1 a 1. O atacante marcou novamente aos dois minutos do segundo tempo e virou a partida para o Macaé. Aos 27, Grampola fez de pênalti e deixou tudo igual: 2 a 2. Aos 29, Maradona recolocou os visitantes em vantagem e, aos 35, sacramentou a vitória por 4 a 2. Com 18 pontos, o Alvianil deixou a zona de rebaixamento do Grupo B.

Sábado

Tombense 3 x 0 Ypiranga-RS 

Em casa o Tombense derrotou o Ypiranga por 3 a 0, no Antônio Guimarães de Almeida, em Tombos (MG). O primeiro gol saiu aos 22 minutos, com Max aproveitando passe de Marcelo e batendo de bico no cantinho. Na etapa final, de novo ele: Max. Aos dez minutos, o camisa 9 aproveitou cruzamento, matou no peito e girou mandando uma bomba para o fundo da rede. Já na reta final do confronto, aos 32’, Everton bateu escanteio na área, e Anderson subiu bem para dar números finais ao confronto com bela cabeçada. Com a vitória o Tombense se aproximou do G-4, e chegou aos mesmos 22 pontos que tem a equipe de Erechim.

São Bento-SP 1 x 1 Bragantino-SP 

O São Bento empatou por 1 a 1 com o Bragantino e seguiu na liderança do grupo B. Mas não foi fácil. Tentando fugir do rebaixamento o Bragantino fez um jogo duro. Aos 20 minutos do segundo tempo Marino aproveitou bola na área e marcou, fazendo 1 a 0 para os visitantes. Atrás no resultado e vendo a liderança escapando, o time de Sorocaba foi pra cima em busca do empate e conseguiu aos 36’, com Muriel, decretando o 1 a 1. O resultado deu um ponto a mais ao São Bento que lidera o grupo com 27 pontos, o Bragantino que luta contra o descenso e está com 17.

Jogos do Grupo A

Domingo

Fortaleza 1 x 1 CSA

   Com duas rodadas de antecedência, o CSA/AL alcançou a classificação para a segunda fase da Série C. Neste domingo (27), em Fortaleza, o time alagoano arrancou o empate em 1 a 1 com o Tricolor, se manteve na vice-liderança do Grupo A com 28 pontos e garantiu vaga na próxima fase. Com 24, o Fortaleza segue na terceira posição.

   Na Arena Castelão, Fortaleza e CSA fecharam a 16ª rodada. Precisando de apenas um empate para se classificar, o time alagoano saiu na frente no primeiro minuto do segundo tempo. Michel recebeu lançamento de Jorge Felipe e tocou na saída de Boeck para abrir o placar. O Leão do Pici empatou a partida aos 32 minutos com Hiago, mas a reação parou por aí, 1 a 1.

   ASA 2 x 3 Cuiabá 

   No Coaracy Fonseca, o ASA foi para o intervalo com a vitória parcial por 1 a 0. Aos 15 minutos, Juninho abriu o placar para os donos da casa. Com gols de Bruno Sávio, aos 10, e Pereira, o Cuiabá virou a partida, 2 a 1. Aos 45, Leandro Kível marcou de pênalti e deixou tudo igual. Já nos acréscimos, o Dourado também contou com um pênalti a favor e Daniel Amorim decretou a vitória dos visitantes por 3 a 2. Com o triunfo, o Cuiabá colou no G-4 do Grupo A com os mesmos 22 pontos do Remo.

    Sábado – Grupo A

   Salgueiro 1 x 1 Sampaio Corrêa

  Pelo Grupo A da competição, o Salgueiro recebeu o Sampaio no Cornélio de Barros Muniz, em Salgueiro (PE), e saiu na frente. O time da casa conseguiu ter mais posse de bola no primeiro tempo e balançou a rede aos 15 minutos, com Cássio. Na etapa final, o Carcará parecia satisfeito com o resultado, e Tricolor aproveitou para crescer. Os visitantes dominaram os últimos 45 minutos e conseguiram arrancar o empate na marca dos 31, com Diego Silva.  O resultado faz com que o Salgueiro chegue a 21 pontos. O Sampaio Corrêa tem 29.

 Botafogo-PB 1 x 2 Confiança 

No Almeidão, o Confiança fez a festa fora de casa. A equipe sergipana abriu o marcador ainda no primeiro tempo com gol contra de Bruno Costa. Na etapa final, o Botafogo/PB reagiu e deixou tudo igual com Warley, aos 28 minutos. Aos 41, o Dragão alcançou a vitória por 2 a 1 com Frontini de cabeça e deixou a zona de rebaixamento do Grupo A.

  Moto Club 1 x 1 Remo-PA – Grupo A

Moto Club e Remo ficaram no 1 a 1 no estádio Castelão em São Luís-MA. Vinícius Paquetá abriu o placar para o time da casa aos 46 minutos da etapa inicial. O time paraense chegou ao empate com um belo gol de Jayme, aos 35’ do segundo tempo. O Remo chegou aos 22 pontos, mas saiu do G4, enquanto a equipe maranhense, que briga contra a degola, está com 17 pontos.

 

Texto: Patrick Alves, estagiário do Toque de Bola, com edição e supervisão Ivan Elias, Toque de Bola

Informações: Site Futebol Interior, GloboEsporte.com, site da CBF

Fotos: Rogério Moroti / Agência Botafogo e Futebol Interior

Artes: Toque de  Bola

Edição:  Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.