08 jul 2017

Em Bragança, Carijó busca afirmação como candidato ao acesso



Íttalo comanda o ataque alvinegro no encerramento do primeiro turno

  O comando de ataque do Tupi será alterado para o jogo deste sábado, 8, onde o time enfrenta o Bragantino, às 16h, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista-SP, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, última do primeiro turno.

  Siga as  informações da partida nas redes sociais do Toque de Bola, com apoio de Plasc, Prefeitura de Juiz de Fora, Hiperroll Embalagens e Torcedor Esporte Clube. 

  A arbitragem será de Alisson Sidnei Furtado (TO), auxiliado Cipriano da Silva Sousa (TO) e Natal da Silva Ramos Júnior (TO).

  Jogo antecipado

  A pedido da diretoria do Tupi, a partida diante da Tombense válida pela décima rodada da Série C foi alterada. Anteriormente estava marcada para o dia 16 de julho às 16h, mas teve o horário modificado pela CBF para às 11h do mesmo dia.

    Novo ataque

   Com a falta de gols dos atacantes, o treinador Aílton Ferraz mudou mais uma vez o comando de ataque da equipe. No treino coletivo de quarta-feira, 5, Aílton sacou Flávio Carvalho e colocou Ítalo, que vinha entrando no decorrer das partidas e deve ser o encarregado de atuar mais adiantado. O treinador comentou a mudança: “Ele vem entrando bem, é o momento dele. Finaliza bem tanto com a direita como com a esquerda, e vai ter essa oportunidade”.

   O atacante conquistou a posição, marcou gol no coletivo e ganhou ainda mais confiança para o jogo de sábado. Ele revela como encara essa oportunidade na equipe titular. “Com muita naturalidade. Venho trabalhando forte, o professor Aílton optou por me colocar nos dois últimos jogos, fui bem e vou encarar da melhor maneira possível. Independente de os atacantes não estarem marcando gols, o importante é correr, se dedicar e ajudar o Tupi com as vitórias”, afirma Ítalo.

     “Qualquer um pode jogar”

  Segundo Aílton, esse revezamento mostra que o clube tem um elenco qualificado. “A cada semana de treinos nós estamos ganhando um jogador. Hoje temos um grupo que qualquer um pode jogar, e isso é muito bom para o treinador. A confiança é total em todo mundo, não tem essa de idade e de que veio para ser titular. Ninguém veio para ser titular, já frisei isso”.

    A falta de gols dos atacantes não preocupa o técnico. “A gente também não tem tomado muitos gols. Isso é sinal que a primeira marcação começa lá na frente. Às vezes o cara abdica de fazer o gol para poder ajudar a equipe. Mesmo assim eles vêm tendo oportunidade, a bola não tem entrado, mas tenho certeza que vai entrar, tenho tranquilizado eles quanto a isso”, completa.

 

 

  Baixa

   Por outro lado o time sofreu uma baixa. Andrey sentiu a parte posterior da coxa direita e não treinou. O atleta está entre os relacionados para a viagem, mas sua participação não está confirmada. Kalu foi o escolhido para seu lugar e, com isso, Leandro Brasília pode jogar mais adiantado, com liberdade para chegar à frente, mudando a forma com que o Tupi estava atuando. “Eu tenho um cara a quem dão a nomenclatura de volante, mas ele faz meia e volante de saída, que é o Leandro Brasília. A prova disso foram os dois gols. É um setor que temos que fechar e o Kalu faz isso bem. Mas o Brasília tem uma saída muito boa, pode se transformar em um meia ou em um extremo. Ficamos felizes por ter essas opções, um atleta com tanta qualidade que podemos usar em várias posições”, ressalta o comandante do Tupi.

   O Carijó tem como certo o desfalque do zagueiro Edmário, que foi julgado e punido com duas partidas pela expulsão na partida contra o Mogi Mirim. Ele já cumpriu um jogo contra o Botafogo. Contra o Bragantino ele cumpre suspensão pelo terceiro amarelo e ainda tem mais um jogo para cumprir. Se não houver nenhuma surpresa, o time que entra em campo contra o Bragantino será mesmo que iniciou o coletivo de quarta: Paulo Henrique, Lucas, Patrick, Fernando e Bruno Santos, Marcel, Kalu, Leandro Brasília e Diego Luis, Romarinho e Ítalo.

 Adversário com novo comando

   O Bragantino não está em uma boa fase. O time do interior paulista está na zona de rebaixamento do grupo B e demitiu o treinador Alberto Félix na última terça-feira. No dia seguinte já tinha um novo comandante, Roberto Fonseca, que já havia treinado o Cuiabá na mesma competição, foi anunciado. Mas Aílton não cai nessa história. “Já estivemos na zona de rebaixamento, e a gente sabe que está oscilando, qualquer vacilo nosso, vamos para o último. Temos que trabalhar pensando em nos manter na competição, e depois em subir. Temos que jogar forte, ligado, e sabemos que enfrentar quem está atrás sempre é um grande perigo. Já tomamos dessa vacina contra o Mogi Mirim e não queremos isso de novo”.

Luiz Fernando no treino de quarta-feira, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio

Tupi contrata

  O Tupi confirmou nesta quinta- feira, 6, a contratação do meio campo Luiz Fernando, que fechou contrato até o fim da competição nacional. O jogador, de 28 anos, estava no Rio Preto-SP, onde disputou a Série A2 do Campeonato Paulista no primeiro semestre de 2017. O jogador fez base no Cruzeiro e tem passagens pelo Ipatinga, Guarani/MG, CRB, Figueirense, Vila Nova/GO e Tombense. O treinador Carijó revela que o reforço foi um pedido da comissão. “Já o conheço há muito tempo. Pedimos a contratação dele, um atleta com qualidade que acelera e sabe desacelerar o jogo, a gente precisa disso em alguns momentos. Não está bem fisicamente, vai sofrer um pouco, infelizmente queimar etapas. Ficou um tempo parado mas estamos tentando acelerar o processo. Vai somar bastante e estamos procurando qualificar o grupo para pensar em coisas maiores”.

 Bragantino contrata

Matheus Peixoto e Samuel foram apresentados na sexta-feira pelo Bragantino

   Se o Caraijó apresentou mais um jogador e o Volta Redonda contratou mais dois reforços, o Bragantino também mostrou que o elenco não está feechado. Na manhã desta sexta-feira, 7, três atletas foram anunciados. Além do volante Marino, confirmado na véspera, chegaram o zagueiro Samuel, de 31 anos, ex-Linense, e o atacante Matheus Peixoto, de 21, ex-Bahia. 

 

  Filho de outro craque

   O filho do jogador Marcelinho Carioca, Lucas Surcin, está treinando desde a última no Tupi para aprimorar a parte física. Segundo a assessoria do clube o jogador apenas realiza as atividades com o elenco, mas não há nada certo sobre sua contratação.

 

Texto: Patrick Alves, estagiário do Toque de Bola, com supervisão de Ivan Elias, Toque de Bola

Informações: sites dos clubes e agências

Fotos: Toque de Bola, Tupi, assessoria Tupi e globoesporte.com

Artes: Toque de Bola

Edição:  Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


14 dez 2017
JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga

13 dez 2017
Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador

11 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora: resultados e galeria de fotos

09 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora é atração no Centro de Futebol Zico. Com novidades extra-campo!

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse