06 jun 2017

Tupi oficializa saída de Leandro Ferreira. Bruno Santos brilha na vitória sobre São Bento. Veja melhores momentos



  O Tupi oficializou no final da tarde desta segunda-feira, 5, a saída do volante Leandro Ferreira. O jogador ficou sem ambiente no clube desde a informação divulgada pelo Toque de Bola que ele teria disputado uma partida de futebol master em campeonato em São João Nepomuceno, domingo, 28, dois dias depois de ter sido substituído no intervalo de Joinville x Tupi, alegando contusão.

 Embora o texto divulgado oficialmente  no site  do clube não faça referências ao fato, os bastidores de  Santa Terezinha já indicavam a rescisão contratual, uma vez  que Leandro era considerado pelo treinador Aílton Ferraz um de seus jogadores de confiança. Depois da publicação da matéria, segundo informações do clube, ele admitiu ter atuado na competição amadora.  Num primeiro momento, a informação foi de que seria aplicada multa sobre  os vencimentos. Agora, a situação é considerada definitiva.

    Na nota desta  segunda-feira, o Tupi informa que as partes “chegaram a um acordo e rescindiram o contrato do atleta com o clube”. O texto revela ainda que  “o jogador procurou o Tupi e encaminhou conversas com o clube, e decidiram pela rescisão em comum acordo.”

    Sem fazer referência ao episódio que determinou a saída, o Tupi encerra a nota citando a contusão: “Na reapresentação após a partida diante do Joinville, o Leandro passou por exames que apontaram uma pequena lesão no músculo posterior da coxa esquerda. O Tupi prestou toda assistência médica durante o período de recuperação necessária do jogador. Agora, o atleta está apto a voltar às atividades. O Galo agradece os serviços prestados pelo atleta e deixa portas abertas à Leandro.”

 Melhores momentos Tupi 1 x 0 São Bento – Vídeo Toque de Bola, portal  e redes sociais – Apoio: Plasc e Hiperroll Embalagens

 

Bruno Santos comemora gol da vitória

Bruno Santos em alta

   Se Leandro deixa o Carijó numa situação constrangedora – era querido por Comissão Técnica e companheiros e respeitado pelos torcedores, por sua entrega em campo, o lateral Bruno Santos, transformado em ala nas duas últimas partidas, virou artilheiro e caiu de  vez nas graças do torcedor. Com um golaço, de cabeça, garantiu, na tarde de sábado, 3, o primeiro triunfo alvinegro na Série C do Campeonato Brasileiro .

   Os poucos torcedores – 215 pagantes – que escolheram ir ao Mário Helênio apoiar o Galo, ao invés de assistir a final da Champions League entre Real Madrid x Juventus, não se decepcionaram. A equipe se impôs jogando dentro de casa e derrotou o até então líder do grupo B, São Bento, por 1 a 0.

 

O artilheiro com a filha Eva

 “Pequena Eva”

    Foi uma boa atuação, principalmente no segundo tempo, e o lateral/ala Bruno Santos marcou mais um gol – balançou as redes no empate contra o Joinville – e dedicou à filha. “Até falei pra minha esposa, a gravação não foi até o final (no gol marcado contra o Joinville) para mostrar que eu fiz o gol pra Eva. Esse foi pra ela. Quando eu fizer três gols, vou pedir aquela música ‘minha pequena Eva’ (risos)”, brinca, referindo-se aos “gols do Fantástico”, quadro do programa da TV Globo das noites de domingo que dedica uma música àquele que marcar três gols numa só partida.

   Sobre a atuação, o capitão destaca a vontade da equipe, que segundo ele, estava devendo. “A gente vinha conversando muito, porque o que tínhamos apresentado em casa não tinha sido legal tanto para a torcida quanto para nós. Estávamos devendo mais vontade dentro de casa, como foi fora contra o Tombense e o Joinville. E conseguimos o resultado, com muita garra, muita determinação. Tudo no Tupi é sempre muito difícil. O jogo foi muito brigado”, revela.

  Nos últimos jogos o Tupi vem atuando com três zagueiros. Com essa mudança tática, Bruno atua mais adiantado e têm a possibilidade de chegar ao ataque com maior frequência. “A primeira função do lateral é a marcação. Quando o Aílton coloca três zagueiros, dá mais liberdade para gente, conseguimos chegar mais à frente. Eu gosto muito de atacar, essa parceria (com o ala direito Lucas) vem dando certo nos treinamentos também, e tomara que continue assim, vamos trabalhar pra isso”, disse. “Estou jogando mais avançado e quando o Lucas cruzou eu consegui fazer o gol de cabeça. Foi o que eu falei no vestiário. Não é o gol de uma pessoa, é de toda a equipe, todo mundo incluído, do pessoal do staff até a presidente. É a união de todos que fez essa vitória de hoje”, completa.

   

Tupi sobe de rendimento no segundo tempo e deixa Estádio Mário Helênio em situação melhor na Série C

  O jogo

   Primeira etapa  

   O jogo começa equilibrado com as duas equipes se estudando. A primeira chance clara foi aos 11’, quando o ala Bruno Santos é lançado na esquerda, entra na área e bate com perigo, mas a bola vai por cima da meta.

   Repetindo o que aconteceu nos últimos jogos, o Carijó erra passes, não dá prosseguimento às jogadas. O São Bento tenta ficar no campo de ataque, mas também não cria situações reais. 

  Aos 36’ Diego Luís obriga o ex-camisa 1  carijó, Rodrigo, a fazer uma grande defesa. Em cobrança de falta da intermediária o meia bate colocado no ângulo, porém o arqueiro faz a ponte e defende sem rebote. As equipes vão para o intervalo sem mudar o placar.

 

Goleiro Paulo Henrique novamente deu conta do recado, com um susto no final da partida, em lance de gol anulado

 Etapa final

   Segundo tempo começa com o Carijó melhor na partida. Mais ligado e pressionando o adversário, o time chega ao primeiro gol com Bruno Santos, aos 10’. Após receber belo cruzamento de Lucas, que mesmo atuando com a camisa 11 joga pela direita, o o ala cabeceia bonito, e com força, para estufar as redes e abrir o placar.

   Com o resultado desfavorável, o São Bento se lançou ao ataque em busca do empate, enquanto o Tupi saía em velocidade, aproveitando os espaços deixados pela equipe de Sorocaba. Mesmo pressionando, os visitantes não criavam oportunidades para finalizar. O galo se defendia bem.

   Em contra-ataque aos 35’, o galo assusta com Flávio Carvalho, que havia entrado no lugar de Rafael Teixeira. O atacante recebeu nas costas da defesa e cabeceou com perigo, mas a bola passa do lado esquerdo de Rodrigo.

  Aos 46’ Flávio Carvalho quase faz um gol antológico. O atacante arrisca um chute do meio campo surpreendendo o goleiro, mas a bola passa perto do travessão.

  Já no fim, o São Bento tenta de toda forma achar o gol, com o time todo no campo de ataque. No último lance da partida os visitantes marcam, mas já havia uma irregularidade no lance e o gol não valeu. O placar mínimo se manteve e o Galo conseguiu a primeira vitória. No lance, os  torcedores ficam em dúvida se foi assinalada posição irregular do atacante ou falta sobre o goleiro Paulo Henrique. De qualquer forma, anulação deixa os alvinegros aliviados. Não haveria tempo suficiente para buscar o desempate.

   Com o triunfo, o Tupi pula para a sétima colocação na chave, com cinco pontos em quatro jogos, e aproxima-se da zona de classificação para a fase seguinte. Agora o Galo vai até Macaé no próximo sábado, 10, para buscar a segunda vitória e confirmar a evolução da equipe. A partida está marcada para 15h.

FICHA TÉCNICA

Tupi 1 x 0 São Bento

Tupi: Paulo Henrique; Patrick (Marcão), Fernando e Edmário; Lucas, Marcel, Ronaldo Kalu e Bruno Santos; Andrey e Diego Luís (Marcinho); Rafael Teixeira (Flávio Carvalho). Técnico: Aílton Ferraz

São Bento: Rodrigo Viana; Muriel, Rafael Tavares, João Paulo e Marcelo Cordeiro (Mateus Müller); Fábio Bahia (Cassinho), Felipe Manoel, Everaldo, Maicon Souza e Judson (Branquinho); Anderson cavalo Técnico: Paulo Roberto Santos

Gol: Bruno Santos (10’ 2ºT) Tupi

Cartões amarelos: Patrick, Marcel e Marcão (Tupi); Marcelo Cordeiro, Maicon Souza e Fábio Bahia (São Bento)

Cartões vermelhos: Nenhum

4ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C 2017

Local: Estádio Municipal Radialista Mário Helênio (Juiz de Fora)

Data: 03/06/2017

Horário: 16h

Público: 215 pagantes, 459 presentes, Renda: R$ 4.050,00.

Árbitro: Ítalo Medeiros de Azevedo (RN). Assistentes: Lorival Cândido das Flores (RN) e Francisco Jaílson Fernandes da Silva (RN)

 

Texto: Toque de Bola

Fotos: Tupi e Toque de Bola

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 set 2017
Tupi fecha treino. Fortaleza em Sampa. Marcelo apita. Ingressos, gramado, reconhecimento, recepção. Veja o diário da decisão

20 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

19 set 2017
Com vídeo! Evaldo anula Éder, domina, toca para os companheiros e emenda: “Tupi tem totais condições de reverter”

18 set 2017
Emoção marca abertura da Semana Paralímpica em Juiz de Fora

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.