01 jun 2017

Romarinho fala em quarta potência mineira e rechaça comparações: “Tenho que fazer minha história”



 

Romarinho, ao lado do empresário Gabriel Martins (esquerda) e do dirigente do Tupi, Nicanor Pires

  Em ação com um dos patrocinadores do clube, o Tupi apresentou na tarde desta quinta-feira, dia 1º, o atacante Romarinho, filho do ex-jogador Romário, este considerado um dos melhores atacantes de todos os tempos.

   O evento ocorreu na Sudeste Veículos, centro de Juiz de Fora, onde o jogador vestiu a camisa 11 e concedeu entrevista coletiva. Como não poderia ser diferente, o atleta teve que responder sobre as comparações com o pai.

   “Não só aqui, como em todos os lugares que passei e vou passar, terão muitas comparações, mas já estou acostumado com isso. Tiro de letra. Ele tenta me passar sempre umas dicas, mas nunca ninguém será igual a ele, é incomparável. Então eu tenho que fazer minha história, buscar meu espaço no clube que eu tiver e cada um com a sua história”, disse o jogador de 23 anos.

Mensagem do pai

   No Twitter, o tetracampeão mundial com a seleção brasileira postou uma mensagem de apoio ao filho.

    Anunciado na quarta-feira, 31, como reforço do Carijó para a série C, Romarinho se juntou ao elenco já nessa quinta, mas não está regularizado para a partida desse sábado, quando o Tupi recebe o São Bento às 16h, com cobertura nas redes sociais do Toque de Bola.

    Sua estreia só deve ocorrer na rodada seguinte, contra o Macaé, fora de casa. “Não deu tempo de registrar. Mas já vou treinar e semana que vem espero estar inscrito para poder ajudar a equipe”, revela.

 

Confira a entrevista completa:

Expectativa de atuar pelo Tupi

O Tupi tem uma história muito grande. Eu sempre acompanhei, mesmo estando em outros clubes, é uma oportunidade muito boa. Estou muito feliz e espero retribuir a confiança da diretoria.

Quarta potência

Qualquer jogador vai querer jogar no Tupi pela história, sendo a quarta potência de Minas. Eles entraram em contato com meu empresário, tivemos uma conversa positiva. A Série C é uma vitrine boa e espero poder fazer uma excelente campanha este ano e pensar em coisas melhores para o Tupi e para mim também.

Características

Com a minha velocidade, vou poder ajudar em diversos setores do campo. A equipe é muito boa. Ainda não veio a primeira vitória, mas tenho certeza que sábado já vamos começar a ganhar e eu espero ser pé quente aqui.

Atacante evitou qualquer tipo de comparação com o pai, o Baixinho que fez história no futebol mundial

Passagem do Baixinho pelo Carijó  

Ficou muito feliz porque ele esteve aqui em 2006, não pôde jogar por problemas burocráticos. Isso foi uma coisa que me atraiu também, o fato dele ter vindo pra cá e falado muito bem de todo mundo aqui e da cidade. Ele falou para eu ter a cabeça no lugar, ficar tranquilo, não ligar para o que os outros falam, e jogar o meu futebol, que é o que eu sei fazer.

Condição física

Estou há uns dois meses, desde quando acabou o Carioca, treinando com um personal. Acho que não perdi muita coisa. Mas com certeza estou atrás dos meus companheiros. Treinando uma semana eu consigo pegar o ritmo legal.

Conhecidos

Joguei com Marcinho na base do Vasco, contra o Fernando, zagueiro, que era do Flamengo. Com o Aílton tive pouco contato, era mais quando criança. Mas já encontrei com ele, é um cara muito gente boa e a expectativa é que façamos um grande trabalho juntos.

Oportunidade de escrever nova história

No Vasco eu joguei pouco, mas pelo pouco que fiz fui bem. É o que eu falei. Não tem como comparar nada ao meu pai, ninguém no mundo vai ser igual a ele. Posso fazer grandes coisas aqui pelo Tupi e buscar o acesso.

 

Texto e fotos: Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


14 dez 2017
JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga

13 dez 2017
Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador

11 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora: resultados e galeria de fotos

09 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora é atração no Centro de Futebol Zico. Com novidades extra-campo!

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse