23 maio 2017

Veja todos os números da campanha do Baeta no Módulo 2



    O Tupynambás encerrou sua participação no Campeonato Mineiro do Módulo II de 2017 no sábado, 20, ao empatar em 0 a 0, em Nova Serrana, com o Betinense, pela décima e última rodada do Hexagonal Final da competição.

   Os dois times já não tinham mais chances de acesso e por isso cumpriram tabela na Arena do Calçado. Esse empate deixou o Baeta em sexto lugar na classificação com seis pontos, enquanto o Betinense fechou em quarto lugar, com 14 pontos.

  Como já  estava decidido com uma rodada de antecedência, Patrocinense, em primeiro, e Boa Esporte, em segundo, foram os clubes que alcançaram vaga no Módulo do futebol mineiro de 2018, nas vagas de América, de Teófilo Otoni, e Tricordiano.

  Arrancada na primeira fase

   Fim do Campeonato Mineiro do Módulo II e o Baeta não conseguiu o acesso à elite do futebol do estado. A equipe até surpreendeu ao se classificar para o Hexagonal final, após terminar a primeira fase na segunda colocação do grupo A, com 19 pontos. Em dez jogos disputados, foram seis vitórias, um empate e três derrotas.

   O destaque na fase de classificação foi a arrancada com quatro vitórias consecutivas, entre a quinta e a oitava rodada, depois de um início ruim.

   O Formiga desistiu da competição quando a tabela já havia sido divulgada e a Federação Mineira determinou que em todas as suas partidas fosse atribuído o placar de 3 a 0 para o adversário do Formiga. Essa desistência já indicou que não haveria rebaixamento no grupo em que o Tupynambás ficou na primeira etapa da competição.

   Turno “zerado” complica

  Com as boas atuações o elenco chegou confiante para o Hexagonal, mas não conseguiu repetir a campanha da fase anterior. O Tupynambás sofreu cinco derrotas seguidas.  Ou seja, não pontuou uma vez sequer no turno, entre a primeira e quinta rodadas, mesmo atuando três vezes em Juiz de Fora. Terminou o Hexagonal com apenas uma vitória em dez jogos. Com três empates e seis derrotas, esteve o tempo inteiro no último lugar, fechando com seis pontos ganhos.

 Goleiro na Série B

   Sem competições previstas para o ano de 2017, o Baeta já anunciou a saída de quatro jogadores, sendo a de maior destaque a transferência do goleiro Igor Rayan para o Boa Esporte, de Varginha, que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro.

   Outra saída, já na reta final do hexagonal, foi a do atacante Ademílson para o Ribeiro Junqueira, de Leopoldina. O veterano atacante, ídolo da torcida carijó, participou da campanha do Baeta na Segundona Mineira, em 2016, e voltou a defender o clube no hexagonal.

   A equipe só deve voltar a atuar no próximo ano pelo Módulo II, uma vez que não há, segundo a diretoria de futebol do clube. possibilidade de retomada da Taça Minas ainda este ano.  O site do clube, porem, garante que o Leao do Poço Rico apresentará novidades para a torcida no segundo semestre.

Avaliação

  Tanto o empresário responsável pelo departamento de futebol alvirrubro, Alberto Simão, como o treinador Lúdyo Santos,  que teve sua permanência anunciada para 2018, procuraram demonstrar tranquilidade, desde que a equipe não tinha mais chances matemáticas de tentar o acesso. Simão garante que, apesar das dificuldades e dos custos, o futebol do clube irá prosseguir normalmente. Já o treinador afirma que houve cobrança exagerada sobre o desempenho do time no hexagonal. Chegou a dizer, em entrevista, que a equipe poderia ser comparada ao Equador numa disputa de Eliminatórias Sul-Americanas, tendo como adversários Brasil e Argentina. Ressaltou que a opção foi trabalhar com jogadores jovens, com potencial de crescimento.

 BETINENSE 0 x 0 TUPYNAMBÁS

Betinense: Thulio; Euler, Guilherme, Marcos e Gilben; Luis Gustavo (Thiago), Miguel, Magalhães e Andrey (João Victo); Léo Andrade (Elivelton) e Felipe Caldeira. Técnico: Rafael de Oliveira.

Tupynambás: César; Gustavo, José Leandro, Marcus Pinguim e Maicom (Thulio); Marcelo Brandão, Vinicius e Igor Henrique; Assis, Igor Balotelli e Ademilson. Técnico: Lúdyo Santos.

Cartões amarelos: Marcelo Brandão (Tupynambás); Andrey e Guilherme (Betinense)

10ª rodada do Hexagonal final do Módulo II do Campeonato Mineiro

Local: Arena do Calçado (Nova Serrana)

Data: 20/05/2017 – Horário: 16h

Árbitro: Paulo César Zanovelli – FMF.  Assistentes: Evandro Lacerda – FMF e Bernardo Souza – FMF

  Nas outras partidas da rodada final, a Patrocinense conquistou o título ao golear o Nacional, de Muriaé por 4 a 0, em partida que nem chegou ao final do primeiro tempo.

   Uberaba e Boa Esporte empataram sem gols no Triângulo Mineiro. 

 

Fonte: Site oficial do Tupynambás e Federação Mineira

Artes: Toque  de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.