21 maio 2017

Tupi decepciona, sofre 2 a 0 do Ypiranga e perde troféu de aniversário



 

Tupi, com camisa de aniversário, não esteve numa tarde feliz em Juiz de Fora

Na tarde deste sábado, 20, o Tupi decepcionou o pequeno público no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio em sua primeira partida em casa pelo Campeonato Brasileiro da Série C, ao ser derrotado pelo Ypiranga,

de Erechim-RS por 2 a 0, gols marcados ainda na etapa inicial por Thales, encobrindo o goleiro depois de dominar a bola sem ser importunado, e André Luís, gol de peito ou de barriga, em jogada pela direita que evidenciou falta de senso se cobertura de marcação, admitida pelo treinador carijó, Aílton Ferraz, após a partida.

  O clube gaúcho ganhou o troféu comemorativo aos 105 anos de fundação do clube de Santa Terezinha, que serão completados no dia 26 de maio. O Grupo Bahamas entregou o troféu ao presidente do Ypiranga. 

 Primeiro tempo

   O Carijó começou a partida com o apoiador com Bonilha na vaga de Leandro Ferreira, que foi dúvida duranta a semana e sentiu novamente a contusão no pé, como testado em treinamento durante a semana.No início da partida aos 5’, o lateral alvinegro de Bruno Santos chegou pela esquerda e chutou na rede pelo lado de fora.

   Jogando em casa o Tupi começou trabalhando a bola, com paciência, tentando encontrar os espaços, porém não conseguindo chegar ao campo de ataque e comete muitos erros de passe. A equipe do Ypiranga, bem postada, tentava sair em velocidade, só “na boa”, sem correr risco de contra-ataque.

  Aos 22’ o time de Erechim rouba a bola no campo de ataque, Kozlowski toca para Talles que entra na área e bate colocado, no canto esquerdo de Paulo Henrique, abrindo o placar no municipal. Chamou a atenção o tempo que o atacante teve depois de receber o passe. Dominou, olhou para o goleiro e chutou colocado.

  Após gol, o Tupi tentava reagir pelos lados, mas a não consegue finalizar os cruzamentos, e a defesa do Ypiranga tira a bola da área.

  Aos 40’ André Luis recebe livre na área e marca o segundo, 2 a 0. A joga começou com um vacilo na saída de jogo do Carijó, no círculo central. A bola é trabalhada e lançada na direita, pegando o setor esquerdo da defesa desguarnecido. No cruzamento, que o goleiro Paulo Henrique não consegue interceptar, André toca meio de peito meio de barriga e a bola.

  A torcida já não esconde a impaciência com o time do Galo, que não consegue criar chances de gol, time pouco criativo. O Ypiranga levava bastante perigo nos contra-ataques já que o Tupi deixava muitos espaços

Aos 42’ o camisa 9 do Tupi Thiago André contundiu-se e foi substituído por Rafael. Segundo o médico do clube, José Roberto Maranhas, o atleta sofreu uma entorse no joelho direito.

Segundo tempo

  Na volta do intervalo o treinador Aílton Ferraz fez uma alteração e colocou Ronaldo Kalu no lugar de Bonilha.

  O Tupi começa a segunda etapa pressionado com Marcinho, que finaliza, o goleiro defende e a zaga tira para escanteio. Aos 10’ Rafael perde uma grande chance dentro da área e manda por cima do gol. Já aos 15’ o lateral Lucas chega pela direita, arremata, mas a bola desvia na defesa e vai para escanteio.

  Aos 20, em cobrança de escanteio, o Ypiranga marca, mas o árbitro vê uma irregularidade e anula o que seria o terceiro dos gaúchos na partida.

  A tônica do primeiro tempo foi repetida. O time juizforano tocava a bola em busca do espaço, e não encontrava pela forte marcação adversária, que continuava saindo com muito perigo. Aos 29’ em outro contra-ataque rápido, o Ypiranga quase faz o terceiro em mais uma joga

  Sávio que havia entrado no lugar de Matheus Pato, chega pela direita aos 30’, rola na área para Rafael, o camisa 18 bate no canto mas o goleiro se estica todo para defender.

  Quando conseguia chegar na área do Ypiranga, o Tupi finalizava mal. E os gaúchos não chegaram a sofrer, em nenhum momento, forte pressão dos anfitriões, que mostraram desentrosamento e quase nenhum sentido de criação de jogadas ou finalização.

Tupi: Paulo Henrique; Lucas, Fernando, Marcão e Bruno Santos; Marcel, Bonilha (Roaldo Kalu) , Marcinho, Andrey e Matheus Pato (Sávio); Thiago André (Rafael). Técnico: Aílton Ferraz

Ypiranga: Carlão; Márcio Lima, Diego Niza, Everton e Héracles; Thiago, Guilherme Parede, Anderson Safira (Pedro Ivo) e William Kozlowski; Talles (Éder) e André Luis (Michel Henrique, ex-Tupi). Técnico: Guilherme Macuglia.

Arbitragem: Bruno Rezende Silva, auxiliado por Tiago  Gomes da Silva e Paulo Cesar Ferreira de Almeida.

Cartões amarelos (todos no segundo tempo): Ronaldo Kalu e Rafael (Tupi), Everton e Guilherme Parede (Ypiranga).

Fortaleza bateu o Botafogo da Paraíba

Fortaleza 1 x 0 Botafogo-PB

Na abertura da 2ª rodada da Série C, pelo Grupo A, o Fortaleza levou a melhor para cima do Botafogo-PB. Em Fortaleza, o Tricolor do Pici superou o Belo por 1 a 0, nesta sexta-feira (19) e alcançou a primeira vitória na competição. Ainda sem vencer, o Belo soma um ponto. O único gol da partida foi marcado por Hiago na segunda etapa.

Após estrear com derrota fora de casa para o Remo, o Fortaleza buscou desde o início tomar a iniciativa da partida, diante de seu torcedor presente no estádio Presidente Vargas. Apesar da maior posse de bola, o Tricolor do Pici encontrou dificuldades para se livrar da boa marcação aplicada pelo adversário. Na melhor chance de gol do primeiro tempo, o time da casa assustou em chute de Alenilson, aos 27 minutos, mas a bola desviou em Plínio e bateu nas redes pelo lado de fora.

Na etapa final, o Fortaleza segui comandando as ações. Aos 14 minutos, Hiago aproveitou a sobra e finalizou de primeira para grande defesa de Michel Alves. Aos 25, Hiago não perdoou e abriu o placar ao receber passe de Lúcio Flávio. O gol garantiu a primeira vitória do Tricolor. Já o Botafogo-PB segue com um ponto na competição.

Também sábado à tarde

Dando sequência à segunda rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, três jogos foram realizados na tarde deste sábado (20). Pelo Grupo B, o Macaé conquistou sua primeira vitória na competição ao bater o Bragantino por 1 a 0, enquanto o Ypiranga-RS derrotou o Tupi-MG por 2 a 0, fora de casa. Em São Luís, o CSA-AL não se intimidou diante do Sampaio Corrêa-MA e saiu com a vitória por 2 a 0, garantindo a liderança do Grupo A.

Macaé 1 x 0 Bragantino

No Elcyr Resende, em Saquarema (RJ), o Macaé bateu o Bragantino por 1 a 0 e conquistou sua primeira vitória na Série C deste ano. O gol saiu aos 14 minutos do segundo, dos pés de Maradona. Após saída de bola errada da equipe do Massa Bruta, o atacante recebeu e deslocou o goleiro para garantir o triunfo do Alvianil Praiano. Agora com três pontos, o Macaé aparece, momentaneamente, na sexta posição do Grupo B, enquanto o Bragantino, com um, ocupa o oitavo lugar.

Sampaio Corrêa 0 x 2 CSA

Pelo Grupo A, Sampaio Corrêa e CSA se enfrentaram no Castelão, em São Luís, e quem levou a melhor foi a equipe visitante. O time alagoano não se intimidou com a pressão do time da casa e saiu com a vitória por 2 a 0. Logo aos dois minutos, Michel fez boa jogada individual e passou para Daniel Costa chutar por cima do goleiro Alex Alves e abrir o placar. Depois, aos 28, Marcos Antônio ampliou com chute no meio do gol. O Sampaio dominou as ações no resto do jogo, mas não conseguiu marcar. Com duas vitórias seguidas, o CSA chegou a seis pontos e lidera o Grupo A, enquanto o Sampaio, com três, desceu para o quinto lugar.

Sábado à noite

Dando sequência à segunda rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, mais três jogos foram realizados na noite deste sábado (20). Pelo Grupo A, o ASA-AL conquistou sua primeira vitória na competição ao bater o Remo-PA por 1 a 0, em casa. Também em seus domínios, Botafogo-SP e São Bento-SP passaram por Mogi Mirim e Tombense-MG, respectivamente, e lideram o Grupo B.

ASA 1 x 0 Remo

Em um jogo equilibrado no Coaracy Fonseca, em Arapiraca (AL), o ASA foi mais eficiente na finalização e venceu o Remo-PA por 1 a 0. O único gol do confronto saiu aos 13 minutos do segundo tempo. Após cruzamento, Leandro Kível cabeceou e parou na defesa de Vinícius. A bola sobrou para Jean Carlos chutar, o goleiro do Remo salvou novamente, mas Leandro Kível, sozinho, pegou o rebote e marcou. Com a primeira vitória na competição, o ASA chegou a três pontos e aparece na sexta posição do Grupo A, enquanto o Remo, com três, ocupa o terceiro lugar.

Botafogo-SP 2 x 0 Mogi Mirim

Pelo Grupo B, o Botafogo de Ribeirão Preto bateu o Mogi Mirim por 2 a 0, com dois gols de Edno, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP). O Sapão está na lanterna, com um ponto.

São Bento 2 x 1 Tombense

No Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP), o São Bento derrotou o Tombense-MG por 2 a 1 com dois gols de João Paulo. Max descontou para o time mineiro, que ocupa o sétimo lugar do grupo, com um ponto.

Jogos de domingo

 No domingo, 21, três jogos encerraram a segunda rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Destaque para a vitória do Joinville por 2 a 0 diante do Volta Redonda, em casa, que deixou o time catarinense na liderança do Grupo B. Pela outra chave, o Confiança-SE derrotou o Cuiabá por 2 a 1 e segue entre os primeiros colocados. Na Arena Pantanal, o Salgueiro-PE bateu o Moto Club-MA por 2 a 0 e subiu para o terceiro lugar do Grupo A.

 

Joinville faz dever de casa e supera Volta Redonda

Joinville 2 x 0 Volta Redonda

Com o fim da rodada, o Grupo B ganhou um novo líder. Na Arena Joinville, o JEC bateu o Volta Redonda por 2 a 0 e pulou para o topo, com quatro pontos. Dois zagueiros foram os responsáveis pelos gols da partida. Aos 29 minutos do primeiro tempo, Max subiu alto após cobrança de escanteio e abriu o placar para o Joinville. Aos 36 da etapa complementar, em jogada similar, foi a vez de Henrique Mattos marcar: 2 a 0. O Volta Redonda tem três pontos e aparece no quinto lugar da chave.

   Cuiabá-MT 1 x 2 Confiança

Fora de casa, na Arena Pantanal, o Confiança saiu na frente diante do Cuiabá aos 46 minutos do primeiro tempo. Destaque da partida, Álvaro deu assistência para Tito marcar: 1 a 0. Quase no final do segundo tempo, Bruno Veiga deixou tudo igual para o Dourado. Já nos acréscimos finais da partida, Rômulo voltou a colocar o Confiança na frente: 2 a 1. Com seis pontos, o Confiança é o segundo colocado do Grupo A, enquanto o Cuiabá, com um, aparece na oitava posição.

   Salgueiro 2 x 0 Moto Club 

No Cornélio Barros, diante do Moto Club-MA, o Salgueiro conquistou sua primeira vitória na Série C. Aos 38 minutos do primeiro tempo, Álvaro recebeu pela esquerda e chutou com categoria para abrir o placar para o Carcará. Na etapa complementar, Toty ficou cara a cara com o goleiro Márcio, que defendeu de primeira. Mas, no rebote, a bola entrou: 2 a 0. Com três pontos, o Salgueiro aparece na terceira posição do Grupo A da Série C. O Moto, ainda sem pontuar, está na lanterna da chave.

 

Texto Tupi: Toque de Bola

Textos da rodada com informações do site da CBF

Fotos: Saulo Roberto/Fortaleza EC e Leonardo Costa/Tupi e Beto Lima/JEC.com.br

Artes e edição: Toque de Bola

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


15 ago 2017
Futsal: goleada garante Sesi Juiz de Fora na semifinal do Campeonato Mineiro Sub-13 do Interior

14 ago 2017
Papa-títulos ataca outra vez! Cruzeirinho bate Valadares com gol de Lucas e conquista Super Copa

11 ago 2017
Em semana de rescisões de contrato, Tupi foca no Macaé

10 ago 2017
Josué Teixeira, campeão em 2014, é a última cartada do Macaé para reagir na Série C

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.