27 mar 2017

Polêmica: Corrida da Suprema, que seria a primeira do Ranking, é cancelada



 

Frustração: prova que daria largada ao Ranking oficial de Corridas de Rua não saiu do papel

Não foi disputada domingo, 26, como foi anunciado, a 6ª Corrida da Suprema, prova que abriria o 31º Ranking de Corridas de Rua de Juiz de Fora. De acordo com a empresa VidAtiva, responsável técnica pelo evento, a Secretaria de Transporte e Trânsito alegou que a sinalização do trajeto da  prova não estaria oferecendo condições de segurança aos participantes.

(texto atualizado)  A Settra e a Secretaria de Esporte e Lazer não se pronunciaram oficialmente domingo.

  No final da manhã desta segunda-feira, a Settra divulgou sua posição. Acesse aqui para ver o que diz a Secretaria

   A estranheza é pelo fato de a prova ter sido confirmada com antecedência e somente no momento da largada as centenas de competidores terem sido informadas sobre a decisão. 

    Os atletas e a comunidade esportiva local aguardam esclarecimentos sobre uma série de questionamentos que vêm sendo levantados desde que o Toque de Bola publicou, nas redes sociais, sobre a não realização do evento.

Posição da Vidativa

   Em vídeo publicado nas redes sociais do Toque de Bola, Lucas Leite falou em nome da VidAtiva:

   “A Settra não deixou a realização da prova alegando medida de segurança, falta de sinalização, sendo que é a mesma sinalização que a gente utiliza pelo sexto ano consecutivo. Se foi uma medida que eles alegam por segurança, tive que acatar e cancelar a prova, por conta de algumas festas no entorno e realmente estava gerando uma falta de segurança para os atletas. Nós, como Comissão Organizadora, resolvemos cancelar a prova para que não acontecesse nenhum tipo de problema ainda maior com os atletas inscritos. Ninguém mais ficou no prejuízo que a VidAtiva. Temos todo o carinho de sempre quando a gente organiza, estava tudo perfeito, mas, por uma medida de segurança, e por pensar num prejuízo posterior, talvez tenha sido a melhor opção ter cancelado essa prova.”

Posição da Suprema

   Um dos diretores da Suprema, Newton Ferreira, fez o seguinte comunicado aos atletas pelo microfone do evento: “A partir deste ano, a Secretaria passou a participar ativamente. Caberia à Settra somente a organização do trajeto seguro. A corrida foi adiada (em função da confirmação do Ranking) e eles tiveram tempo para  fazer isso. Hoje, na minha vinda e de vocês para cá, vocês notaram que não havia quase  ninguém para demarcar com segurança o trajeto. Eu sou diretor da Faculdade (Suprema). O que a Faculdade puder fazer ela vai fazer e continuar lutando para que essas coisas não ocorram. Infelizmente, extrapolou. Saiu do nosso comando. Qualquer evento tem que ser seguro. A parte da VidAtiva foi bem feita. Banheiros químicos não têm mais. Cedemos nossos banheiros. A parte da Secretaria, não sei o motivo, não foi devidamente cumprida. Todos vocês têm o direito de solicitar a devolução(do valor da inscrição). Nós vamos garantir essa devolução para vocês.”

 

Texto: Toque de Bola, com reportagem de Elisa Ladeira

Fotos: Toque de Bola

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 jun 2017
Alex Nascif aceita convite de Moacir Júnior e acerta com o Cuiabá

21 jun 2017
Ataque produtivo e elenco experiente são armas do líder Botafogo-SP diante do Tupi

20 jun 2017
Em sexto na chave, Tupi faz dois jogos em casa. Veja panorama da Série C

17 jun 2017
Pênalti “mandrake”, chances de menos e cartões de mais: Mogi Mirim 2 x 0 Tupi

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.