15 dez 2016

JF Vôlei treina no horário do jogo e vai “buscar a vitória” diante do Sesi, que vem de derrota com casa cheia



   A derrota para Montes Claros no sábado, 10, fora  de  casa, por 3 sets  a 1, quebrando a  inédita sequência de seis  vitórias –  jamais o representante juiz-forano na Superliga tinha alcançado esse número de vitórias consecutivas – encontrou, na Comissão Técnica do JF Vôlei, o mesmo discurso de serenidade adotado após cada triunfo.

   Em entrevista ao Toque de  Bola, o treinador Henrique Furtado só lamenta o desequilíbrio verificado no segundo set, quando o placar “desandou”. No mais, é ter consciência da necessidade de evoluir, de não achar que por ter vencido  seis  vezes  está tudo perfeito e  tratar de treinar com seriedade para voltar a vencer – desta vez, diante do Sesi, no sábado.

  Como o jogo teve o horário antecipado –  seria às 18h e vai começar às 13h30, o time decidiu treinar quinta e sexta no  mesmo  horário do início do próximo jogo diante da torcida e a preparação também foca em diferentes horários de alimentação  e descanso para que o novo horário não se transforme em obstáculo a mais.

    O  adversário vem de uma partida diferente. Na noite desta quarta-feira, o Sesi enfrentou o Brasil Kirin em belém do Pará  e a iniciativa da Confederação Brasileira de Voleibol em abrir uma nova praça  transformou-se em sucesso de público:  mais de sete mil torcedores compareceram. O jogo terminou com a vitória da equipe de  Campinas por 3 sets a 1.

Lance de Montes Claros x JF Vôlei

Entrevista com treinador do JF Vôlei, Henrique Furtado

ANÁLISE DA DERROTA EM MONTES CLAROS

Uma partida boa contra Montes Claaros, não espetacular, mas boa. À exceção do segundo set, em que complicamos muito nosso sistema de recepção e de ataque. Partida bem disputada.  Trabalhamos muito bem o saque, houve igualdade de bloqueios em relação ao adversário. Mas eles fizeram a diferença no sistema ofensivo, trabalharam muito bem e  erraram muito pouco. Ganharam por méritos.

Acesse aqui o  scout (dados estatísticos) de Montes Claros 3 x  1 JF  Vôlei (fonte: CBV)

SESI                         

Acredito que será mais um desses jogos dificílimos, como vem sendo essa Superliga, mesmo nos jogos em que nó vencemos. Foram muito complicados. O Sesi é um adversário muito qualificado,  sempre presente em muitas finais de Superliga, com jogadores que dispensam comentários. É importante trabalhar muito bem essa semana, tecnicamente, taticamente.  Ficar muito bem preparado para enfrentar uma das equipes que é candidata ao título. Acredito que possamos jogar bem, fazer o  melhor jogo possível e buscar a vitória.

O JF ESTÁ SENDO MAIS ESTUDADO PELOS ADVERSÁRIOS, EM FUNÇÃO  DA BOA CAMPANHA?

Temos sido estudados, sim. Mas de uma forma normal. Todos times têm bons profissionais, qualificados e muito dedicados em todas as comissões técnicas, gente que estuda muito, se dedica muito pelo projeto que defende. Estamos sendo estudados como todos os outros times. Todos sabem da importância de cada vitoria na Superliga. Todos se preparando. É uma Superliga grandiosa, difícil, esperamos seguir fazendo  um bom trabalho.

COPA BRASIL: ALGUMA DEFINIÇÃO DA CBV SOBRE  A PARTICIPAÇÃO DO JF?

Ainda esperamos um comunicado oficial sobre a competição. Sobre critérios de classificação, onde vai ser, ainda não é momento ideal. Não temos as definições sobre até que posição a equipe vai se classificar para disputar a Copa. Ainda não temos essas informações.

NOVO HORÁRIO DO JOGO DE SÁBADO CONTRA O SESI ALTERA MUITO A PREPARAÇÃO, PREJUDICA DE ALGUMA FORMA?

Temos que estar preparados para jogar em qualquer horário. Não é o horário habitual em que treinamos no nosso dia-a-dia. Altera um pouco a nossa preparação. Diferentes horários de alimentação, de descanso, temos que nos adequar, para que chegue no jogo e não seja uma surpresa negativa. Vamos nos preparar para essa mudança. Decidimos treinar 13h30 na quinta e na sexta-feira, preparar os atletas, acostumar o organismo deles a esta mudança, horários de alimentação e descanso, para que isso não nos atrapalhe.

JF Vôlei teve sequência de vitórias interrompida em Montes Claros, mas encara derrota com naturalidade

   Informações MOC x JF

     Os juiz-foranos foram superados pelo Montes Claros Vôlei pelo placar de 3 sets a 1 (25/22, 25/15, 18/25 e 25/20), na noite de sábado, no Ginásio Tancredo Neves. Montes Claros Vôlei: Radke, Luan, Jonatas, Bob, Salsa, Robinho e Gian (líbero). Entraram: Índio, Wanderson, Alê, Rafael e Kachel (líbero). Treinador: Marcelinho Ramos. JF Vôlei: Rodrigo Ribeiro, Renan Buiatti, Raphael Marcarini, Ricardo Júnior, Bruno Amorim, Romulo Batista e Fabio Paes (líbero). Entraram: Felipi Rammé, Diego Almeida, Franco Drago e Juan Mendez (líbero). Treinador: Henrique Furtado.

Nota oficial sobre novo horário

  Confira  texto da  nota em que o JF Vôlei informa a mudança no horário do jogo contra o Sesi:

  Em virtude do interesse do canal SporTV em transmitir a partida de sábado, contra o Sesi-SP, pela décima rodada da Superliga, houve uma alteração no horário da mesma.  O início do jogo será, agora, às 13h30. O local e a data permanecem: sábado, 17/12, no ginásio da UFJF.

  Por respeito ao nosso torcedor, nos sentimos na obrigação de divulgar a alteração o mais rápido possível. Pedimos desculpas por eventuais transtornos e ficamos à disposição para quaisquer esclarecimentos.

   Caso haja impossibilidade de comparecer ao jogo por conta do novo horário, o ingresso poderá ser devolvido e, o seu valor integral, reembolsado.

    Para compra efetuada pelo site ingressomg.com.br, o torcedor deverá entrar em contato, diretamente pelo endereço de email cadastrado, com atendimento@ingressomg.com.br, informando seus dados e o número de entradas adquiridas. Para compra efetuada em uma de nossas lojas parceiras, a devolução poderá ser feita na mesma.

Contamos com a sua presença para fazermos uma bonita festa no sábado!

ATENÇÃO! JF Vôlei informou nesta  sexta-feira: com a venda de 500 ingressos, está esgotada a carga para JF x Sesi neste sábado, 13h30, na UFJF.

QUER ACOMPANHAR O ANDAMENTO DO PLACAR E CURTIR VÍDEOS DOS PONTOS FINAIS DOS SETS?

Cobertura do Toque de Bola com apoio Plasc e Hiperroll Embalagens,
Siga o Toque no face https://www.facebook.com/toquedebola/
No Instagram https://www.instagram.com/toquedebolajf/
No Twitter https://twitter.com/toquedebolajf

Misto Quente Comunicação

 

Na abertura da décima rodada, Canoas atua em casa e supera Minas por 3 a 1

    Canoas vence  na abertura da rodada 

O Lebes/Gedore/Canoas (RS) jogou em casa na noite desta quinta-feira, 15, no ginásio La Salle, em Canoas (RS), e conseguiu boa vitória sobre o Minas Tênis Clube (MG) pela décima rodada do turno da Superliga masculina de vôlei 2016/2017. O time gaúcho fez 3 sets a 1, com parciais de 25/22, 25/13, 16/25 e 25/19, em 1h40 de jogo. Esta foi a terceira vitória da equipe dirigida pelo técnico Marcelo Fronckowiak nesta edição da competição.

O ponteiro Gabriel conseguiu boa atuação e foi um dos responsáveis pela vitória do Lebes/Gedore/Canoas. O desempenho chamou atenção dos torcedores, que votaram no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e deram ao atacante o Troféu VivaVôlei, programa de responsabilidade social da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) que atende crianças de 7 a 14 anos por meio de escolinhas de vôlei.

Na décima primeira a última rodada do turno da Superliga masculina, o Lebes/Gedore/Canoas terá um duelo gaúcho contra o Bento Vôlei/Isabela (RS). A partida vai ser na próxima segunda-feira (19.12), às 19h40, com transmissão ao vivo do SporTV.

Já o Minas Tênis Clube voltará para Belo Horizonte (MG) e receberá o São Bernardo Vôlei (SP) na quarta-feira (21.12), às 19h, na Arena Minas.

EQUIPES

LEBES/GEDORE/CANOAS – Evandro, Thomaz, Ialisson e Giovanni, Alisson Melo e Gabriel. Líbero – Thales
Entraram – Alemão, Honorato, Eduardo Carísio, Felipe
Técnico: Marcelo Fronckowiak

MINAS TÊNIS CLUBE – Gelinski, Bisset, Flávio, Bruno, Samuel e Tiago Mão. Líbero – Rodriguinho
Entraram – Thiago Vanole, Petrus, Felipe
Técnico: Nery Tambeiro

SUPERLIGA MASCULINA 2016/2017

Décima rodada do turno

15.12 (QUI) – Lebes/Gedore/Canoas (RS) 3 x 1 Minas Tênis Clube (MG), às 21h55, no ginásio La Salle, em Canoas (RS) (25/22, 25/13, 16/25 e 25/19)

17.12 (SAB) – São Bernardo Vôlei (SP) x Vôlei Brasil Kirin (SP), às 11h, no Baetão, em São Bernardo do Campo (SP) – SPORTV 
17.12 (SAB) – JF Vôlei (MG) x Sesi-SP, às 13h30, no ginásio da UFJF, em Juiz de Fora (MG)
17.12 (SAB) – Sada Cruzeiro (MG) x Funvic Taubaté (SP), ás 19h30, no Riacho, em Contagem (MG) – SPORTV
17.12 (SAB) – Bento Vôlei/Isabela (RS) x Copel Telecom Maringá Vôlei (PR), às 20h, no Municipal, em Bento Gonçalves (RS)
18.12 (DOM) – Caramuru Vôlei/Castro (PR) x Montes Claros Vôlei (MG), às 11h, no Padre José Pagnacco, em Castro (PR) – SPORTV 

   

  Acesse aqui a classificação atualizada da Superliga (o JF está  em sexto lugar. Os oito primeiros colocados ao final do returno disputarão playoffs)

 

Na primeira partida da história da Superliga em Belém (PA), Brasil Kirin superou Sesi-SP diante de 7.500 pessoas, no ginásio Mangueirinho

    Sesi: derrota com casa cheia

  Em uma partida histórica, quando a Superliga de vôlei esteve pela primeira vez em Belém (PA), o Vôlei Brasil Kirin (SP) deixou sua marca. A equipe de Campinas (SP) venceu o Sesi-SP, diante de um público de cerca de 7.500 pessoas, na noite desta quarta-feira (14.12), no ginásio Mangueirinho, por 3 sets a 1 (25/18, 25/20, 20/25 e 27/25), em 1h55 de partida válida ainda pela oitava rodada do turno da edição 2016/2017 da principal competição do calendário brasileiro de voleibol.

  O time vencedor contou com boa participação do levantador Rodriguinho, eleito, por votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), o melhor da partida. Com isso, o jogador faturou o Troféu VivaVôlei, programa de responsabilidade social da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) que atende crianças de 7 a 14 anos por meio de escolinhas de vôlei.

 Após a partida, o experiente levantador falou sobre a importância deste resultado. “Saber que fiz o meu trabalho bem feito e que isso gerou um reconhecimento popular é muito gostoso, mas o que importa é a vitória. O nosso time veio de duas derrotas que abalaram um pouquinho o grupo, mas trabalhamos a semana inteira e soubemos colocar a cabeça no lugar e fazer um bom jogo contra uma equipe que não tenho nem palavras para qualificar”, destacou Rodriguinho.

  O levantador ainda falou sobre a experiência vivida nesta quarta-feira, em Belém. “Saímos feliz. Foi muito gostoso estar aqui. A torcida encheu esse ginásio, que é bem grande e fico muito contente por ter participado dessa grande e linda festa. Parabéns para Belém”, complementou Rodriguinho.

  Um dos mais aclamados pela torcida local, o central Lucão, do Sesi-SP, fez questão de agradecer a torcida, que ajudou a fazer um bonito evento na capital paraense. O jogador dividiu o posto de maior pontuador da partida com o oposto do Brasil Kirin, Rivaldo, com 16 acertos cada um.

“Independentemente do time e da disputa que acontece na Superliga, esse público mostrou ter um carinho muito grande pela seleção brasileira e por tudo que esse grupo já fez e faz pelo Brasil, então, vimos que o apoio foi para os dois lados. Foi uma festa legal já nesta primeira vez que a Superliga esteve aqui. Foi realmente muito bacana”, elogiou Lucão.

O central campeão olímpico nos Jogos do Rio-2016 também comentou sobre o desempenho do seu time nesta noite. “Nosso jogo não encaixou no começo, quando eles começaram muito melhores do que o nosso time. Depois, conseguimos encontrar um equilíbrio, tivemos a chance de levar a partida para o tie break, mas eles mereceram a vitória”, concluiu Lucão.

Após esta partida, o Sesi-SP segue com 20 pontos, na terceira colocação da tabela, enquanto o Vôlei Brasil Kirin chega a 19 e assume a quarta posição, subindo uma, ultrapassando o Montes Claros Vôlei (MG), em relação a classificação antes do confronto desta quarta-feira.

De Belém, o Vôlei Brasil Kirin volta para São Paulo para enfrentar o São Bernardo Vôlei (SP) no próximo sábado (17.12), às 11h, no Baetão, em São Bernardo do Campo (SP), com transmissão ao vivo do SporTV. Já o Sesi-SP irá a Minas Gerais enfrentar o JF Vôlei (MG) no mesmo dia, às 13h30.

 

O JOGO

O Vôlei Brasil Kirin começou melhor e, bem no bloqueio, abriu 4/0. Lucão abriu o placar para o Sesi-SP: 4/1. No ace de Lucão, seu time encostou em 4/3. A equipe de Campinas manteve a vantagem e, com dois pontos seguidos de Vini, um no ataque e outro de saque, fez 12/8. O Sesi-SP pediu tempo. Na volta, mais um ace de Vini (13/8). O placar seguiu favorável ao Brasil Kirin e a vantagem passou a ser de sete pontos em 18/11. O Sesi-SP, então, reagiu e reduziu a diferença para 19/14. Com Diogo explorando o bloqueio adversário, o Brasil Kirin marcou 22/16. O grupo de Campinas assegurou a vantagem e fechou em 25/18.

O Sesi-SP voltou com o central Riad no lugar de Aracaju e foi dele o primeiro ponto do time da Vila Leopoldina no segundo set. O Brasil Kirin, no entanto, abriu 4/1. Com ponto de saque de Lucão, o Sesi-SP deixou tudo igual em 7/7. Depois de boa passagem de Diogo pelo saque, a equipe campineira voltou a estar em vantagem (13/11). Com Rivaldo, o Brasil Kirin manteve os dois à frente: 16/14. No erro do adversário, 17/14, e pedido de tempo de Marcos Pacheco. Bom saque de Vini, bloqueio triplo e mais um ponto para o time do Brasil Kirin: 19/15. Diogo atacou e fez 22/18 para a equipe de Campinas. No final, no erro do adversário, o Brasil Kirin fechou em 25/20.

Maurício Souza abriu o terceiro set com ponto de bloqueio. Com Theo no contra-ataque, o Sesi-SP assumiu o comando do marcador em 5/4. A parcial seguiu equilibrada, com o empate em 7/7. No bloqueio de Diogo, o Brasil Kirin colocou um de vantagem (9/8). Com bloqueio simples de Maurício Souza, 11/9. O Sesi-SP, então, voltou a pontuar e com Theo em uma sequência enorme no saque, marcou 16/12. O set seguiu bem disputado, com o Sesi-SP em vantagem. O time da Vila Leopoldina chegou a abrir quatro em 20/16. Quando o adversário chegou a 22/17, Horacio Dielo pediu tempo. Mas, o Sesi-SP manteve o ritmo e fechou em 25/20.

O Sesi-SP voltou determinado para o quarto set e abriu 4/2. No bloqueio de Vini, o Vôlei Brasil Kirin empatou em 6/6. A parcial seguiu disputada ponto a ponto, com um novo empate em nove pontos. E tudo esteve igual novamente em 13/13. No bom saque de Bruno Temponi, o time de Campinas fez 15/14. No bloqueio de Douglas Souza, 16/15 para o Sesi-SP. Com Vaccari, a equipe da Vila Leopoldina chegou a 20/19 e Temponi deixou tudo igual novamente. No ace de Rivaldo, 21/20 para o Brasil Kirin. O time de Campinas colocou um de vantagem em 23/22, e o Sesi-SP fez 24/23. No bloqueio triplo, o Brasil Kirin chegou a 26/25 e fechou em 27/25.

EQUIPES

VÔLEI BRASIL KIRN – Rodriguinho, Rivaldo, Vini, Maurício Souza, Ygor Ceará e Diogo. Líbero – Tiago Brendle
Entraram – Jotinha, Baiano, Matheus, Temponi
Técnico: Horacio Dielo

SESI-SP – Bruno, Théo, Lucão, Leandro Aracaju, Fábio e Douglas. Líbero – Douglas Pureza
Entraram – Rafa, Alan, Vaccari
Técnico: Marcos Pacheco

SUPERLIGA MASCULINA 2016/2017

Oitava rodada do turno

07.12 (QUARTA-FEIRA) – São Bernardo Vôlei (SP) 0 x 3 Funvic Taubaté (SP), às 19h30, no ginásio Adib Moysés Dib, em São Bernardo do Campo (SP) (22/25, 28/30 e 16/25)
07.12 (QUARTA-FEIRA) – JF Vôlei (MG) 3 x 0 Bento Vôlei/Isabela (RS), às 19h30, na UFJF, em Juiz de Fora (MG) (25/23, 25/20 e 25/20)
07.12 (QUARTA-FEIRA) – Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) 0 x 3 Lebes/Gedore/Canoas (RS), às 19h30, no Chico Neto, em Maringá (PR) (22/25, 20/25 e 22/25)
07.12 (QUARTA-FEIRA) – Montes Claros Vôlei (MG) 0 x 3 Sada Cruzeiro Vôlei (MG), às 19h, no Tancredo Neves, em Montes Claros (MG) (26/28, 26/28 e 21/25)
07.12 (QUARTA-FEIRA) – Caramuru Vôlei/Castro (PR) 2 x 3 Minas Tênis Clube (MG), às 20h, no Padre José Pagnaco, em Castro (PR) (30/32, 17/25, 25/22, 25/16 e 16/18)
14.12 (QUARTA-FEIRA) – Vôlei Brasil Kirin (SP) 3 x 1 Sesi-SP, às 21h, no Mangueirinho, em Belém (PA) (25/18, 25/20, 20/25 e 27/25)

 

Texto: Toque de Bola, com textos complementares do site da Confederação Brasileira de Voleibol

Fotos: Fotos: Fredson Souza/MCV,  Fernando Potrick | Gama, assessoria JF Vôlei e site  CBV

Edição: Toque de Bola

O  Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

 

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


19 out 2017
Oficial: Tupi informa que treinador Aílton Ferraz não fica no clube

19 out 2017
Copa Toque de Bola de Futsal: Academia destaca “movimento esportivo” gerado pela competição

19 out 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

18 out 2017
Faefid-UFJF recebe nota máxima em avaliação, foca em “atuar com pessoas” e vê trabalho dobrado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.