15 out 2016

Tupi reencontra bom futebol, mas derrota para Avaí na Ressacada deixa Série C muito próxima



Jogou como nunca – pelo menos mostrou organização e trocou passes – e perdeu como sempre. Esse foi o resumo da partida do Tupi contra o Avaí. A equipe carijó, finalmente, reencontrou o bom futebol, mas não foi párea para os catarinenses. Na primeira etapa os alvinegros ditavam o ritmo da partida, mas acabaram punidos pela falta de pontaria. Bruno Costa marcou contra e deu a vitória aos avaianos.

O atacante Jonathan, que teve várias oportunidades de marcar, lamentou o resultado em Florianópolis. “A gente veio com postura diferente do jogo passado, com intuito de buscar a vitória. Infelizmente, com a infelicidade de um jogador nosso, eles fizeram o gol. A equipe mostrou vontade diferente, não merecia sair daqui com a derrota, pelo menos um empate”, avaliou, em entrevista ao Canal Premiére, na saída de campo.

 

01-x-00-avai-x-tupiSequência

A derrota coloca o Tupi em situação muito complicada na Série B do Campeonato Brasileiro. Sem vencer nas últimas nove rodadas, o Galo está na 19ª posição, com 26 pontos, e ainda pode ocupar a lanterna. Isso porque o Sampaio Corrêa tem a mesma pontuação, mas com um jogo a menos. O Sampaio Corrêa é exatamente o próximo adversário do Galo, sábado, 22, às 17h, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio.

Restando sete jogos para o Tupi encerrar a participação vexatória na competição, o clube precisaria de no mínimo três rodadas para tirar a diferença de sete pontos para o Oeste, primeiro fora da zona de rebaixamento – 26 contra 33.

O Avaí segue na busca pelo acesso à Primeira Divisão. A equipe chegou aos 51 pontos e subiu para a terceira colocação. Na próxima rodada, o time enfrenta o Vila Nova, em Goiânia, terça-feira, 18, às 19h15, no Estádio Serra Dourada.

Quem não faz, leva

Completamente diferente da última partida, contra o Bahia, o Tupi começou o duelo com o Avaí bem postado em campo. Mesmo jogando em Florianópolis, o Galo conseguiu fazer um primeiro tempo equilibrado com o time da casa e até criou boas oportunidades de marcar. Como vem acontecendo durante toda a Série B, o ataque acabou pecando nas finalizações.

Gol contra de Bruno Costa saiu após cruzamento de Capa

Gol contra de Bruno Costa saiu após cruzamento de Capa

Jonathan foi quem teve as melhores oportunidades para o Tupi. Por, pelo menos, três vezes, o atacante teve chances claras para abrir o placar, mas não conseguiu. Depois de desperdiçar as boas chegadas ao ataque, o Alvinegro de Santa Terezinha acabou castigado. Rafael Santos foi obrigado a fazer duas grandes defesas, aos 29 e 30 minutos, e, aos 32 minutos, o Avaí saiu na frente. Capa cruzou para dentro da área e Bruno Costa tentou cortar, mas jogou para a meta alvinegra. Uma infelicidade que complicou a vida do Galo.

Tudo igual

Na volta do intervalo, o Alvinegro de Santa Terezinha precisava partir para cima dos mandantes em busca do empate, ou até mesmo a virada. Coincidência ou não, a pressão feita pela torcida durante a semana parece ter surtido efeito no elenco carijó. Diferente do que estava acontecendo nas últimas partidas, o grupo do Tupi não se abateu com o placar desfavorável e permaneceu procurando o resultado.

O técnico Ricardinho optou por colocar mais velocidade do Galo. O treinador sacou Pedrinho, Marcel e Jonathan e colocou Hiroshi, Vinícius Kiss e Ygor no jogo. As mudanças não geraram o efeito esperado. A etapa final foi bem equilibrada, mas sem oportunidades muito claras para os dois times.  Aos 13 minutos, Serrato chutou, o goleiro Renan espalmou para o meio e Marcel perdeu a melhor chance do Tupi. Já nos minutos finais, Serrato acertou um bom e forte chute, mas Renan espalmou.

Bruno Costa marcou contra o próprio time. Lance decidiu a partida

Bruno Costa marcou contra o próprio time. Lance decidiu a partida

AVAI 1 x 0 TUPI

AVAI: Renan, Fábio Sanches, João Filipe (Judson), Betão, Fagner Alemão (Luiz Gustavo), Luan, Renato, Marquinhos, Capa, Vitor (Diego Jardel), Rômulo; Técnico: Claudinei Oliveira;

TUPI: Rafael Santos, Henrique, Gabriel Santos, Bruno Costa, Luiz Paulo, Renan Teixeira, Marcos Serrato, Pedrinho (Hiroshi), Marcel (Vinícius Kiss), Jonathan (Ygor), Giancarlo; Técnico: Ricardinho;

ARBITRAGEM:  Vinícius Furlan (SP) apita o jogo, auxiliado por Daniel Paulo Ziolli (SP) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)

GOLS: Bruno Costa (contra), aos 32 do primeiro tempo;

CARTÃO AMARELO: Gabriel Santos, Marcel e Renan (TUP); Judson (AVA);

Público: 9.145 torcedores

Renda: R$ 118.119,00

LOCAL: Estádio da Ressacada, em Florianópolis.

31a-rodada_tupi-campeonato-brasileiro-serie-b-instagram-copia

Resultados

A rodada foi aberta com jogos na segunda (Bragantino 2 x 0 Criciúma) e terça-feira (Sampaio Corrêa 1 x 1 Oeste).

Atlético-GO 2×1 Paysandu

O líder da Série B sofreu pressão, mas derrotou o Paysandu no Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia. Matheus Ribeiro abriu o placar para os donos da casa. O Papão empatou ainda na primeira etapa com Tiago Luís. Na segunda etapa, Matheus Ribeiro marcou novamente e garantiu a vitória do Atlético-GO, que segue firme na liderança com 58 pontos. O Paysandu é o 14º, com 39.

Atlético-GO segue na liderança da Série B (Foto: Divulgação Site Oficial Atlético Goianiense)

Atlético-GO segue na liderança da Série B (Foto: Divulgação Site Oficial Atlético Goianiense)

Bahia 1×0 Brasil de Pelotas

Na Fonte Nova, em Salvador, o Bahia venceu o Brasil de Pelotas com gol de Wesley Natã e se mantém vivo na luta pelo G4. O tricolor chegou aos 49 pontos, dois a menos que o Avaí, quarto colocado. Já o Brasil de Pelotas fica um pouco mais distante, com 45 pontos, na 9ª posição.

Joinville 1×0 Paraná

Na Arena Joinville, o time da casa recebeu o Paraná e venceu por 1 a 0. O único gol do confronto foi marcado por Fernando Vianna, que aproveitou rebote e chegou batendo de primeira, aos oito minutos do primeiro tempo. Com o resultado, o JEC subiu para o 18º lugar, com 29 pontos. Com 36, a equipe paranista é a 15ª colocada.

Goiás 1×2 Vila Nova

No Serra Dourada, o Vila Nova bateu o Goiás por 2 a 1 e chegou a 43 pontos, no 11º lugar. O Esmeraldino segue em 13º, com 40. Aos 14 minutos do primeiro tempo, Joãozinho fez ótima jogada individual, invadiu a área do Goiás e abriu o placar. Já no segundo tempo, aos 15, Frontini, cobrando pênalti, ampliou para o Tigre. Nos minutos finais, aos 47, Walter aproveitou cruzamento e marcou para o Verdão, mas já não havia tempo para mais nada.

Vasco 1×2 CRB

O Vasco começou melhor e criou chances com o zagueiro Rodrigo, mas nada que levasse grande perigo ao CRB. Os alagoanos sentiram que o momento do adversário não era dos melhores e passou a arriscar um pouco mais. Aos 37 minutos, Marcos Martins cruzou da direita, Zé Carlos ajeitou na coxa e bateu no canto esquerdo de Martín Silva para abrir o placar. Nove minutos mais tarde, Gerson Magrão partiu em contra-ataque, ganhou de Luan na corrida e cruzou da esquerda. Bem posicionado, Zé Carlos cabeceou bem e marcou mais um. Na etapa final, o Cruzmaltino, pressionado pela torcida, partiu para cima e conseguiu marcar com Ederson, já aos 48 minutos, mas parou por aí. O CRB tem agora 46 pontos na 8ª posição. O Vasco segue na vice-liderança, com 54 pontos.

CRB derrotou o Vasco em São Januário (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

CRB derrotou o Vasco em São Januário (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Londrina 1×1 Luverdense

No Estádio do Café, não faltou emoção. Logo no primeiro minuto, Keirrison obrigou Diogo Silva a fazer grande defesa. Aos 42, Léo Pelé fez boa jogada e acertou a trave com chute cruzado. Na etapa final, o goleiro do Luverdense seguiu salvando o time com grandes defesas. E foi o Verdão do Norte que saiu na frente. Jean Patrick arriscou de fora da área e Marcelo Rangel não conseguiu evitar o gol. Já no fim, aos 48, quando o resultado já parecia definido, Safira puxou contra-ataque, driblou os marcadores e deixou tudo igual. Com o empate, o Tubarão chegou a 49 pontos e caiu para o sexto lugar. O Luver foi a 43 e é o 12º colocado.

Náutico 1×0 Ceará

A partida começou muito disputada, mas com boas chances de gol para os dois lados. O primeiro tempo terminou com uma boa oportunidade do Ceará e três do Náutico. Na etapa final, o ritmo caiu um pouco, e o Vozão cresceu. Os cearenses chegaram bem ao ataque duas vezes e não aproveitaram. Para confirmar uma velha máxima do futebol, que diz que “quem não faz, leva”, o time da casa, aos 49 minutos do segundo tempo, marcou com Igor Rabello. O zagueiro aproveitou a falta cobrada por Marco Antonio e tocou de cabeça para garantir o triunfo pernambucano. O Náutico chegou aos 51 pontos, na terceira posição. O Ceará é o 10º, com 44.

 

 

Confira como ficou a classificação da Série B (fonte: CBF):

classificacao-campeonato-brasileiro-serie-b

Confira os jogos da 32ª rodada

32a-rodada_tupi-campeonato-brasileiro-serie-b-instagram-copia-2

 

Texto: Toque de Bola

Classificação: site CBF

Artes: Toque de Bola

Fotos: Avaí FC/Frederico Tadeu; Divulgação Site Oficial Atlético Goianiense; Paulo Fernandes/Vasco

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


21 jun 2017
Ataque produtivo e elenco experiente são armas do líder Botafogo-SP diante do Tupi

20 jun 2017
Em sexto na chave, Tupi faz dois jogos em casa. Veja panorama da Série C

17 jun 2017
Pênalti “mandrake”, chances de menos e cartões de mais: Mogi Mirim 2 x 0 Tupi

16 jun 2017
Sequência boa e lanterna do Mogi não iludem Aílton: “Não somos ninguém”

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.