20 set 2016

Explosão Carijó é impugnada e eleição no Tupi será com chapa única



A eleição no Tupi terá apenas uma chapa em 2016. Na noite de segunda-feira, 19, durante a abertura dos envelopes para apresentação dos membros de cada chapa, foi pedida a impugnação da chapa Explosão Carijó – oposição. A alegação foi de que quatro membros da chapa não poderiam compor o grupo. A impugnação já certa, mas cabe recurso.

O advogado do clube, Felipe Fortuna, explicou que a chapa Explosão Carijó feriu o artigo 34 do Estatuto do Clube e por isso não pode seguir na eleição. “Foi apresentada uma chapa com quatro membros que são Conselheiros Natos. Isso não é permitido, está no estatuto. Cada chapa precisa apresentar 60 membros efetivos e 20 suplentes, sendo que não pode contar com Conselheiros Natos ou Beneméritos”.

A Explosão Carijó se manifestou em rede social e afirmou que “está sendo representada por um advogado e em atuação na sede do clube”. Tentamos contato com membros da chapa, mas não tivemos retorno.

Eleição no Tupi terá chapa única já que a Explosão Carijó foi impugnada.

Eleição no Tupi terá chapa única já que a Explosão Carijó foi impugnada

A proibição

Esse impedimento se dá porque Conselheiros Natos e Beneméritos já são membros vitalícios do clube e não precisam participar de chapas para se tornar presidentes. “Nesse primeiro momento é decidida a chapa que irá dirigir o clube. Normalmente já é combinado quem será o presidente, mas essa decisão pode mudar. Depois que há um grupo vencedor, é realizada uma votação interna para decidir quem será o presidente executivo. Nessa eleição participam os 60 membros da chapa e os Conselheiros Natos e Beneméritos. Dessa forma, os conselheiros participam desse segundo momento independente da chapa que estiver eleita”, completa Felipe.

O advogado ainda afirmou que a situação ainda está analisando a possibilidade de levar à Justiça uma eventual insistência dos opositores. “Caso a Explosão Carijó tente fazer alguma coisa no âmbito judicial, também estaremos respaldados”, afirmou.

Grande parte dos torcedores alvinegros estava aguardando ansiosamente o pleito deste ano por conta de uma disputa que prometia ser acirrada. A possibilidade da volta do ex-diretor de futebol, Cloves Santos, gerou repúdio, mas o fato de ter uma oposição à atual presidente, Miriam Fortuna, criou euforia entre os críticos à administração.

Sequência da eleição

Com a impugnação da Explosão Carijó, a eleição em Santa Terezinha segue chapa única – Sempre Tupi, da atual presidente – já que o período para apresentação de candidatos expirou no último dia 18. A chapa da situação não possui nenhum membro do conselho nato ou benemérito e pode ser eleita com qualquer votação.

 

Texto de Cérix Ramon, do Toque de Bola, com supervisão de Ivan Elias, do Toque de Bola

Fotos: Google Maps

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


24 abr 2017
Fora do páreo no hexagonal, Tupynambás visita a Federação Mineira

19 abr 2017
Lúdyo pede equilíbrio ao Baeta e quer jogadores que entendam melhor o Módulo 2

19 abr 2017
Em seu pior momento na competição, Baeta recebe o Boa. Confira os números do hexagonal

18 abr 2017
Copa do Brasil Sub-20: começa a segunda fase

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse