04 jul 2016

Hexagonal: Uberabinha/UFJF vence no sub-17. No sub-15, empate e problemas com a arbitragem



Saiu a primeira vitória do Uberabinha/UFJF no Hexagonal Final da Segunda Divisão do Campeonato Mineiro. O triunfo foi protagonizado pela equipe sub-17, que bateu o Nacional, de Muriaé, por 3 a 0. Já o sub-15 ficou no empate sem gols e segue na lanterna da competição. A arbitragem também marcou o jogo dos mais novos. As duas equipes atuaram sábado, 2, no campo da Faculdade de Educação Física da UFJF.

A próxima rodada marca o fim do primeiro turno do Hexagonal Final. As duas categorias duelam contras os times do Desportivo Minas, em Contagem. Os jogos estão marcados para quarta-feira, 6. Os mais velhos entram em campo às 15h e os caçulas, às 17h.

Equipe sub-17 conseguiu sua primeira vitória no Hexagonal e já sonha com 'algo a mais'

Equipe sub-17 conseguiu sua primeira vitória no Hexagonal e já sonha com ‘algo maior’

  Primeira vitória

A equipe sub-17 do Uberabinha/UFJF pôde, finalmente, comemorar ao final de uma partida do Hexagonal Final. O time não tomou conhecimento do Nacional de Muriaé e venceu por 3 a 0. Os gols foram marcados por Stefano, Hungria e Pedrin. Vale lembrar que na primeira fase houve esse mesmo confronto, válido pelo Grupo B. Na ocasião, os visitantes foram embora de Juiz de Fora comemorando a vitória por 2 a 1.

Para o técnico Alex Nascif, a vitória pode embalar a sequência do time. “Ganhamos do último time invicto. Não é uma vitória qualquer. Traz confiança para o nosso time. Agora podemos até pensar em algo maior. Finalmente conseguimos colocar em prática tudo aquilo que vínhamos treinando”, comemorou o treinador.

Sub 17

 Ainda sem vencer…

Se houve comemoração no primeiro jogo da tarde de sábado, restaram as lamentações para a segunda partida. Os meninos do sub-15 não conseguiram repetir o feito da primeira vez, quando golearam o Nacional por 5 a 0, em Juiz de Fora. Dessa vez, o placar de 0 a 0 manteve o time na lanterna do Hexagonal e em situação complicada na tabela de classificação.

Sérgio Eduardo, técnico da equipe sub-15, disse que a dificuldade do Uberbabinha se deu pela melhora do adversário. “Essa semana o Nacional se reforçou. Onze jogadores foram registrados no Boletim Informativo Diário (BID). Têm um zagueiro, um meia e um atacante que são muito bons. O ataque deles preocupa. Nós tivemos um falso domínio de jogo. Ficamos com mais posse de bola, mas não criamos oportunidades”, lamentou Sérgio.

Sub 15

… e sem tranquilidade

Além do placar nada favorável, o Uberabinha/UFJF ainda acumulou problemas para o prosseguimento da competição. Na próxima rodada o time não vai contar com três peças importantes: Max, artilheiro do time e suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Jhon Jhon, expulso no empate contra o Nacional, e Luquinha (Lucas Santos), expulso após o apito final da última partida.

A expulsão de Luquinha foi por indisciplina. De acordo com a súmula do árbitro Claudionor Rosa da Silva, o atleta xingou o árbitro (as palavras foram descritas textualmente na súmula), quando a equipe de arbitragem estava saindo do gramado. Dessa forma, ele foi expulso com cartão vermelho direto.  O técnico Sérgio Eduardo afirmou ter conversado com o jogador. “Nós já falamos com ele, foi repreendido. Eu era quem estava falando com o árbitro e acabou acontecendo isso. Agora vamos jogar com três desfalques importantes”, explicou o treinador.

Outro atleta delatado na súmula foi Jhon Jhon, expulso após receber o segundo cartão amarelo (o último por reclamação acintosa em relação à arbitragem). Claudionor da Silva relatou que “após ser expulso”, o atleta proferiu palavras ofensivas ao assistente e ainda teria ameaçado: “Vou te pegar (…). Vou te pegar lá fora’”.

O técnico da equipe sub-17, Alex Nascif, também comentou o ocorrido no jogo do sub-15. “A disciplina é o primeiro ponto do nosso projeto. Achamos que o assistente errou na expulsão do Jhon Jhon, o que comprometeu o restante da partida. Quanto ao lance após o encerramento, é difícil. Controlar o sangue depois de uma partida com arbitragem duvidosa é complicado”, disse.

 

Reportagem: Cérix Ramon – Toque de Bola, com supervisão de Ivan Elias – Toque de Bola

Classificação e informações da competição: site da Federação Mineira de Futebol

Fotos: Toque de Bola e divulgação CEFOR-UFJF

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 set 2017
Tupi fecha treino. Fortaleza em Sampa. Marcelo apita. Ingressos, gramado, reconhecimento, recepção. Veja o diário da decisão

20 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

19 set 2017
Com vídeo! Evaldo anula Éder, domina, toca para os companheiros e emenda: “Tupi tem totais condições de reverter”

18 set 2017
Emoção marca abertura da Semana Paralímpica em Juiz de Fora

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.