29 jun 2016

Tupi joga mal, perde para o ainda lanterna por 3 a 1 e volta a precisar de duas rodadas para tentar “respirar”



O Tupi voltou a jogar mal, não conseguiu criar chances de gol e perdeu para o Sampaio Corrêa, lanterna da Série B. Na partida de terça-feira, 28, o Galo foi derrotado por 3 a 1, no Estádio Castelão, em São Luís do Maranhão, pela 13ª rodada. Foi a segunda oportunidade seguida desperdiçada pelo Carijó para sair da zona de rebaixamento.

  Veja como ficou a classificação (fonte: CBF. Se preferir, clique na imagem para ampliar)

TABELA ATUALIZADA CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE B

  Fora de casa e jogo antecipado

Agora, a cinco pontos do primeiro time fora da temida zona (nove pontos contra 14 do Goiás), o Carijó volta a precisar de no mínimo duas rodadas para tentar fugir do Z-4. As próximas partidas do alvinegro estão marcadas para sexta-feira, 1º, 20h30, contra o Vila Nova, em Goiânia (a delegação não voltará a Juiz de Fora até lá e estão programados treinos em São Luís e Goiânia) e no dia 8 21h30, diante do Ceará, em Juiz de Fora.

Esta partida estava programada para sábado, dia 9, e seria a primeira no horário de 16h em um sábado, mas na noite desta terça-feira a CBF publicou no site antecipação do jogo para a noite de sexta-feira, com a tradicional alegação de atender à “grade” da emissora detentoras dos direitos de transmissão na telinha.

Sampaio comemora o gol e jogadores do Tupi olham cada um para um lado. Carijó ainda procura encontrar a direção certa na Série B (Foto: Elias Auê - site do Sampaio))

Sampaio comemora o gol e jogadores do Tupi olham cada um para um lado. Carijó ainda procura encontrar a direção certa na Série B (Foto: Elias Auê – site do Sampaio))

Fraco nível técnico

Em um duelo entre os dois piores times na tabela de classificação seria exigir muito uma partida com bom nível técnico. E assim foi. Na primeira metade do jogo, nenhuma das duas equipes apresentou bom futebol. Muitos erros no meio de campo, falta de criatividade e qualidade descrevem os 45 minutos iniciais.

Aos 12 minutos o Tupi conseguiu criar a primeira oportunidade do primeiro tempo. Vinicius Kiss recebeu lançamento dentro da área e chutou na saída do goleiro Rodrigo Ramos, que fez boa defesa e jogou a bola para escanteio. A resposta do Sampaio Corrêa veio seis minutos depois. Após bate-rebate na área alvinegra, a bola sobrou para Pimentinha que encontrou Lucas Sotero sozinho. O camisa 10 finalizou por cobertura, tirando tinta do travessão.

Quando o relógio marcava 20 minutos da etapa inicial, Lucas Sotero cobrou escanteio fechado, a bola passou por todo mundo e entrou. Gol olímpico e o primeiro do camisa 10 pelo Sampaio Corrêa. A reação alvinegra só saiu no final da primeira etapa. Aos 43, Jonathan finalizou para defesa do goleiro Rodrigo Ramos. O rebote explodiu no zagueiro Rafael Estevan e voltou no travessão. Na sobra, Rubens empurrou para o fundo das redes.

Ataque que não cria e defesa que não protege

Jonathan quase marcou o gol da virada Carijó no início da segunda etapa. Ele arriscou de longe e acertou a trave de Rodrigo Ramos. Essa foi a melhor e única boa oportunidade do Tupi. Aos 22, Edgar fez jogada individual na lateral da área, pela esquerda, e cruzou para Pimentinha, sozinho, marcar o segundo do Tricolor.

Atrás no placar, o Galo não conseguiu criar chances que ameaçassem a defesa do time da casa. Onze minutos depois de marcar o segundo, o Sampaio matou o jogo com Luiz Otávio. Após bola alçada na área, ele cabeceia para o gol, sem chances para Rafael. O terceiro gol acabou com qualquer chance de reação alvinegra.

 

03 X 01 SAMPAIO X TUPI

 

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA 3  x 1 TUPI

 TUPI: Rafael Santos, Recife, Bruno Costa, Rodolfo, Filipe Alves, Douglas, Marcos Serrato (Thiago Silvy) (Ygor), Jataí (Gabriel Sacillotto), Vinicius Kiss, Jonathan e Rubens; Técnico Estevam Soares

SAMPAIO CORRÊA: Rodrigo Ramos, Eder Scioli, Wagner, Luis Otávio, Renan Ribeiro (Levi), Rafael Estevan, Pimentinha, Felipe Baiano, Elias, Lucas Sotero (Henrique) e Jean Carlos (Edgar); Técnico Wagner Lopes

ARBITRAGEM: Andrey da Silva e Silva (PA); Lucio Ipojucan Ribeiro da Silva de Mattos (PA) e Luis Diego Nascimento Lopes (PA);

GOL: Lucas Sotero (SAM), aos 20 do primeiro tempo, Pimentinha (SAM), aos 22 do segundo tempo e Luis Otávio (SAM), aos 33 do segundo tempo; Rubens (TUP), aos 43 do primeiro tempo;

CARTÕES AMARELOS: Jataí e Sacilotto (TUP);

PÚBLICO: 3.210 (Pagantes: 2.419)

RENDA: R$ 21.755,00

LOCAL: Estádio Castelão – São Luís (MA);

ESTATÍSTICAS: (Fonte: Soccer Way)

statcs

 

Veja como foram os outros jogos de terça-feira pela Série B (fonte: site CBF)

Vasco 1 x 2 Paraná

Em São Januário, o Vasco tinha tudo para viver mais uma noite tranquila. Nenê abriu o placar para o Gigante da Colina aos seis minutos. O camisa 10 pegou a sobra na área após cobrança de lateral de Madson e pegou de primeira, marcando um belo gol. O empate dos paranistas, porém, veio aos 35. Após bola levantada na área em cobrança de falta, o atacante Jorge Henrique tentou cortar e acabou marcando contra a própria equipe. Na etapa final, o Cruzmaltino seguiu melhor no jogo, mas após perder muitas chances, viu a velha máxima do “quem não faz, leva” se confirmar aos 42 minutos. Murilo Rangel recebeu de Robson, que fez grande jogada, e decretou a vitória de virada dos visitantes.

Náutico 1 x 0 Luverdense

Na Arena Pernambuco, houve apenas um gol, mas já foi o suficiente para dar a vitória ao Náutico e fazer com que a equipe encoste no G-4 da Série B, chegando a 21 pontos e subindo para a quinta colocação. O grande lance do confronto saiu aos 39 minutos do primeiro tempo. Após cruzamento para a área, o zagueiro Walace tentou cortar e acabou marcando contra o Luverdense. Após o gol, o Timbu, melhor em campo, conseguiu administrar bem o resultado e garantiu o triunfo por 1 a 0.

Bahia 2 x Oeste

Na Fonte Nova, o Bahia abriu o placar logo aos 13 minutos. Hayner cobrou lateral para área e Hernane, esperto, antecipou a marcação e tocou por cima do goleiro adversário. Já na etapa final, aos 15, Hernane foi de artilheiro a garçom e serviu Zé Roberto. O atacante dominou e bateu cruzado para ampliar a vantagem. Sem se entregar, o Oeste teve boa chance de voltar ao jogo. Aos 26 minutos, Ricardo Bueno cobrou pênalti, mas Marcelo Lomba conseguiu fazer a defesa e garantiu a vitória do Tricolor de Aço por 2 a 0 no jogo que marcou a estreia do técnico Guto Ferreira.

Joinville 1 x 3 CRB

Na Arena Joinville, o CRB encarou o time da casa e não se intimidou. Dono das melhores chances da partida, o clube alagoano abriu o placar aos 46 minutos do primeiro tempo. Magrão cruzou da esquerda e Zé Carlos subiu bem para, de cabeça, balançar a rede. O JEC voltou melhor na etapa final e chegou ao empate aos dez, com o atacante Heliardo aproveitando a falha do goleiro Juliano. O gol sofrido fez bem aos regatinos, que cresceram e chegaram ao segundo gol aos 24 minutos. Assisinho aproveitou a sobra na área após cobrança de escanteio e só empurrou para a rede. Já no fim, aos 45, Roger Gaúcho ainda aproveitou o contra-ataque puxado por Gerson Magrão e marcou o terceiro para liquidar a fatura em 3 a 1.

Avaí 3 x 1 Vila Nova

Na Ressacada, o Avaí teve atuação muito superior e conquistou uma vitória com tranquilidade. O primeiro gol da equipe saiu aos 27 minutos e dos pés do adversário. Ajudando na marcação, o atacante Fabinho tentou cortar e acabou marcando contra o Vila Nova. O segundo gol saiu aos 30 minutos da etapa final. Lucas Fernandes escorou cruzamento da direita para ampliar. Dez minutos depois, Rômulo pegou de primeira, por cima do goleiro, e ainda marcou o terceiro. O Tigre descontou em cobrança de pênalti, aos 46, com Frontini, e o placar terminou em 3 a 1.

Londrina 1 x  0 Brasil de Pelotas

No Estádio do Café, houve apenas um gol. E foi do time da casa, o Londrina, que bateu o Brasil-RS por 1 a 0. O grande lance do confronto aconteceu aos três minutos do segundo tempo. Léo Pelé cruzou da esquerda e o atacante Itamar subiu mais que a defesa e acertou o canto esquerdo de Eduardo Martini para garantir a vitória do Tubarão.

Complemento

Dois empates fecharam a 13ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, na noite desta terça-feira. No Estádio Nabi Abi Chedid, Bragantino e Ceará ficaram no 1 a 1. No Serra Dourada, Goiás e Paysandu pararam na trave e não saíram do 0 a 0.

Bragantino 1 x 1 Ceará

Em Bragança Paulista (SP), a emoção foi no primeiro tempo. Aos 11 minutos, a bola foi levantada na área, e Gabriel Dias subiu bem para abrir o placar e deixar o Bragantino na frente. Doze minutos depois, veio o empate do Ceará. Wescley levantou a bola na área, o zagueiro Renan Diniz tentou cortar e acabou marcando contra. Na etapa final, o equilíbrio continuou, com chances para os dois lados, mas nenhuma das equipes conseguiu balançar a rede novamente.

Goiás 0 x 0 Paysandu

No Serra Dourada, Goiás e Paysandu não saíram do 0 a 0. Se engana, no entanto, quem acha que o jogo foi ruim pela falta de gols. Os dois times tiveram chances claras para marcar e pararam somente na trave. No segundo tempo, aos 30 minutos, Léo Lima aproveitou a sobra na entrada da área e, mesmo sem ângulo, finalizou e acertou o travessão. Mais para o fim, já aos 46, foi a vez do Papão parar no poste, com cabeçada de Betinho. Os paraenses ainda ficaram com o rebote, mas Lucas bateu por cima da meta defendida por Renan.

Veja os resultados da 13ª rodada da Série B (fonte: site CBF)

13A RODADA_TUPI CAMPEONATO BRASILEIRO SERIE B INSTAGRAM

 

Veja, abaixo, os jogos da 14ª rodada

14A RODADA_TUPI CAMPEONATO BRASILEIRO SERIE B INSTAGRAM cópia 2

 

 

Texto: Cérix Ramon, Toque de Bola, com informações do site da CBF, supervisão e edição de Ivan Elias, Toque de Bola

Artes: Toque de Bola

Foto: Elias Auê – site do Sampaio Corrêa

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 jan 2018
Clínica com Zico no Maracanã une diferentes gerações em torno do sonho do futebol. Veja fotos

22 jan 2018
Tem de 10 a 16 anos e que jogar futebol? É levar a chuteira e conferir a agenda da semana na Faefid-UFJF

21 jan 2018
Virose no Carijó? Dirigente admite possibilidade, mas não quer usar como desculpa

19 jan 2018
Futebol do Baeta apresenta Comissão Técnica para Módulo 2 e admite que está atrasado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse