29 jun 2016

Tupi joga mal, perde para o ainda lanterna por 3 a 1 e volta a precisar de duas rodadas para tentar “respirar”



O Tupi voltou a jogar mal, não conseguiu criar chances de gol e perdeu para o Sampaio Corrêa, lanterna da Série B. Na partida de terça-feira, 28, o Galo foi derrotado por 3 a 1, no Estádio Castelão, em São Luís do Maranhão, pela 13ª rodada. Foi a segunda oportunidade seguida desperdiçada pelo Carijó para sair da zona de rebaixamento.

  Veja como ficou a classificação (fonte: CBF. Se preferir, clique na imagem para ampliar)

TABELA ATUALIZADA CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE B

  Fora de casa e jogo antecipado

Agora, a cinco pontos do primeiro time fora da temida zona (nove pontos contra 14 do Goiás), o Carijó volta a precisar de no mínimo duas rodadas para tentar fugir do Z-4. As próximas partidas do alvinegro estão marcadas para sexta-feira, 1º, 20h30, contra o Vila Nova, em Goiânia (a delegação não voltará a Juiz de Fora até lá e estão programados treinos em São Luís e Goiânia) e no dia 8 21h30, diante do Ceará, em Juiz de Fora.

Esta partida estava programada para sábado, dia 9, e seria a primeira no horário de 16h em um sábado, mas na noite desta terça-feira a CBF publicou no site antecipação do jogo para a noite de sexta-feira, com a tradicional alegação de atender à “grade” da emissora detentoras dos direitos de transmissão na telinha.

Sampaio comemora o gol e jogadores do Tupi olham cada um para um lado. Carijó ainda procura encontrar a direção certa na Série B (Foto: Elias Auê - site do Sampaio))

Sampaio comemora o gol e jogadores do Tupi olham cada um para um lado. Carijó ainda procura encontrar a direção certa na Série B (Foto: Elias Auê – site do Sampaio))

Fraco nível técnico

Em um duelo entre os dois piores times na tabela de classificação seria exigir muito uma partida com bom nível técnico. E assim foi. Na primeira metade do jogo, nenhuma das duas equipes apresentou bom futebol. Muitos erros no meio de campo, falta de criatividade e qualidade descrevem os 45 minutos iniciais.

Aos 12 minutos o Tupi conseguiu criar a primeira oportunidade do primeiro tempo. Vinicius Kiss recebeu lançamento dentro da área e chutou na saída do goleiro Rodrigo Ramos, que fez boa defesa e jogou a bola para escanteio. A resposta do Sampaio Corrêa veio seis minutos depois. Após bate-rebate na área alvinegra, a bola sobrou para Pimentinha que encontrou Lucas Sotero sozinho. O camisa 10 finalizou por cobertura, tirando tinta do travessão.

Quando o relógio marcava 20 minutos da etapa inicial, Lucas Sotero cobrou escanteio fechado, a bola passou por todo mundo e entrou. Gol olímpico e o primeiro do camisa 10 pelo Sampaio Corrêa. A reação alvinegra só saiu no final da primeira etapa. Aos 43, Jonathan finalizou para defesa do goleiro Rodrigo Ramos. O rebote explodiu no zagueiro Rafael Estevan e voltou no travessão. Na sobra, Rubens empurrou para o fundo das redes.

Ataque que não cria e defesa que não protege

Jonathan quase marcou o gol da virada Carijó no início da segunda etapa. Ele arriscou de longe e acertou a trave de Rodrigo Ramos. Essa foi a melhor e única boa oportunidade do Tupi. Aos 22, Edgar fez jogada individual na lateral da área, pela esquerda, e cruzou para Pimentinha, sozinho, marcar o segundo do Tricolor.

Atrás no placar, o Galo não conseguiu criar chances que ameaçassem a defesa do time da casa. Onze minutos depois de marcar o segundo, o Sampaio matou o jogo com Luiz Otávio. Após bola alçada na área, ele cabeceia para o gol, sem chances para Rafael. O terceiro gol acabou com qualquer chance de reação alvinegra.

 

03 X 01 SAMPAIO X TUPI

 

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA 3  x 1 TUPI

 TUPI: Rafael Santos, Recife, Bruno Costa, Rodolfo, Filipe Alves, Douglas, Marcos Serrato (Thiago Silvy) (Ygor), Jataí (Gabriel Sacillotto), Vinicius Kiss, Jonathan e Rubens; Técnico Estevam Soares

SAMPAIO CORRÊA: Rodrigo Ramos, Eder Scioli, Wagner, Luis Otávio, Renan Ribeiro (Levi), Rafael Estevan, Pimentinha, Felipe Baiano, Elias, Lucas Sotero (Henrique) e Jean Carlos (Edgar); Técnico Wagner Lopes

ARBITRAGEM: Andrey da Silva e Silva (PA); Lucio Ipojucan Ribeiro da Silva de Mattos (PA) e Luis Diego Nascimento Lopes (PA);

GOL: Lucas Sotero (SAM), aos 20 do primeiro tempo, Pimentinha (SAM), aos 22 do segundo tempo e Luis Otávio (SAM), aos 33 do segundo tempo; Rubens (TUP), aos 43 do primeiro tempo;

CARTÕES AMARELOS: Jataí e Sacilotto (TUP);

PÚBLICO: 3.210 (Pagantes: 2.419)

RENDA: R$ 21.755,00

LOCAL: Estádio Castelão – São Luís (MA);

ESTATÍSTICAS: (Fonte: Soccer Way)

statcs

 

Veja como foram os outros jogos de terça-feira pela Série B (fonte: site CBF)

Vasco 1 x 2 Paraná

Em São Januário, o Vasco tinha tudo para viver mais uma noite tranquila. Nenê abriu o placar para o Gigante da Colina aos seis minutos. O camisa 10 pegou a sobra na área após cobrança de lateral de Madson e pegou de primeira, marcando um belo gol. O empate dos paranistas, porém, veio aos 35. Após bola levantada na área em cobrança de falta, o atacante Jorge Henrique tentou cortar e acabou marcando contra a própria equipe. Na etapa final, o Cruzmaltino seguiu melhor no jogo, mas após perder muitas chances, viu a velha máxima do “quem não faz, leva” se confirmar aos 42 minutos. Murilo Rangel recebeu de Robson, que fez grande jogada, e decretou a vitória de virada dos visitantes.

Náutico 1 x 0 Luverdense

Na Arena Pernambuco, houve apenas um gol, mas já foi o suficiente para dar a vitória ao Náutico e fazer com que a equipe encoste no G-4 da Série B, chegando a 21 pontos e subindo para a quinta colocação. O grande lance do confronto saiu aos 39 minutos do primeiro tempo. Após cruzamento para a área, o zagueiro Walace tentou cortar e acabou marcando contra o Luverdense. Após o gol, o Timbu, melhor em campo, conseguiu administrar bem o resultado e garantiu o triunfo por 1 a 0.

Bahia 2 x Oeste

Na Fonte Nova, o Bahia abriu o placar logo aos 13 minutos. Hayner cobrou lateral para área e Hernane, esperto, antecipou a marcação e tocou por cima do goleiro adversário. Já na etapa final, aos 15, Hernane foi de artilheiro a garçom e serviu Zé Roberto. O atacante dominou e bateu cruzado para ampliar a vantagem. Sem se entregar, o Oeste teve boa chance de voltar ao jogo. Aos 26 minutos, Ricardo Bueno cobrou pênalti, mas Marcelo Lomba conseguiu fazer a defesa e garantiu a vitória do Tricolor de Aço por 2 a 0 no jogo que marcou a estreia do técnico Guto Ferreira.

Joinville 1 x 3 CRB

Na Arena Joinville, o CRB encarou o time da casa e não se intimidou. Dono das melhores chances da partida, o clube alagoano abriu o placar aos 46 minutos do primeiro tempo. Magrão cruzou da esquerda e Zé Carlos subiu bem para, de cabeça, balançar a rede. O JEC voltou melhor na etapa final e chegou ao empate aos dez, com o atacante Heliardo aproveitando a falha do goleiro Juliano. O gol sofrido fez bem aos regatinos, que cresceram e chegaram ao segundo gol aos 24 minutos. Assisinho aproveitou a sobra na área após cobrança de escanteio e só empurrou para a rede. Já no fim, aos 45, Roger Gaúcho ainda aproveitou o contra-ataque puxado por Gerson Magrão e marcou o terceiro para liquidar a fatura em 3 a 1.

Avaí 3 x 1 Vila Nova

Na Ressacada, o Avaí teve atuação muito superior e conquistou uma vitória com tranquilidade. O primeiro gol da equipe saiu aos 27 minutos e dos pés do adversário. Ajudando na marcação, o atacante Fabinho tentou cortar e acabou marcando contra o Vila Nova. O segundo gol saiu aos 30 minutos da etapa final. Lucas Fernandes escorou cruzamento da direita para ampliar. Dez minutos depois, Rômulo pegou de primeira, por cima do goleiro, e ainda marcou o terceiro. O Tigre descontou em cobrança de pênalti, aos 46, com Frontini, e o placar terminou em 3 a 1.

Londrina 1 x  0 Brasil de Pelotas

No Estádio do Café, houve apenas um gol. E foi do time da casa, o Londrina, que bateu o Brasil-RS por 1 a 0. O grande lance do confronto aconteceu aos três minutos do segundo tempo. Léo Pelé cruzou da esquerda e o atacante Itamar subiu mais que a defesa e acertou o canto esquerdo de Eduardo Martini para garantir a vitória do Tubarão.

Complemento

Dois empates fecharam a 13ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, na noite desta terça-feira. No Estádio Nabi Abi Chedid, Bragantino e Ceará ficaram no 1 a 1. No Serra Dourada, Goiás e Paysandu pararam na trave e não saíram do 0 a 0.

Bragantino 1 x 1 Ceará

Em Bragança Paulista (SP), a emoção foi no primeiro tempo. Aos 11 minutos, a bola foi levantada na área, e Gabriel Dias subiu bem para abrir o placar e deixar o Bragantino na frente. Doze minutos depois, veio o empate do Ceará. Wescley levantou a bola na área, o zagueiro Renan Diniz tentou cortar e acabou marcando contra. Na etapa final, o equilíbrio continuou, com chances para os dois lados, mas nenhuma das equipes conseguiu balançar a rede novamente.

Goiás 0 x 0 Paysandu

No Serra Dourada, Goiás e Paysandu não saíram do 0 a 0. Se engana, no entanto, quem acha que o jogo foi ruim pela falta de gols. Os dois times tiveram chances claras para marcar e pararam somente na trave. No segundo tempo, aos 30 minutos, Léo Lima aproveitou a sobra na entrada da área e, mesmo sem ângulo, finalizou e acertou o travessão. Mais para o fim, já aos 46, foi a vez do Papão parar no poste, com cabeçada de Betinho. Os paraenses ainda ficaram com o rebote, mas Lucas bateu por cima da meta defendida por Renan.

Veja os resultados da 13ª rodada da Série B (fonte: site CBF)

13A RODADA_TUPI CAMPEONATO BRASILEIRO SERIE B INSTAGRAM

 

Veja, abaixo, os jogos da 14ª rodada

14A RODADA_TUPI CAMPEONATO BRASILEIRO SERIE B INSTAGRAM cópia 2

 

 

Texto: Cérix Ramon, Toque de Bola, com informações do site da CBF, supervisão e edição de Ivan Elias, Toque de Bola

Artes: Toque de Bola

Foto: Elias Auê – site do Sampaio Corrêa

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.