11 abr 2016

Fim de uma era? Dupla Sidimar e Fabrício Soares pode ser desfeita no Tupi



Desde a reta final da temporada passada o torcedor carijó está acostumado a escalar a dupla de zaga com Fabrício Soares e Sidimar. Contudo, após sofrer 13 gols no Campeonato Mineiro, a parceria pode se encerrar. Enquanto o mais novo projeta a Série B, o mais velho vive a expectativa da renovação do seu contrato, que se encerra em abril.

 

  Sidimar: “Nível da Série B é acima do Mineiro”

Sidimar, de 23 anos, chegou a se despedir do Tupi no fim de 2015, renovou seu vinculo com o Atlético, como ele mesmo afirmou que gostaria, mas acabou emprestado ao Boavista (RJ), e foi a partir disso que a situação mudou. O zagueiro não quis atuar pelo time de Saquarema, voltou para Juiz de Fora e firmou contrato até o dezembro de 2016. Titular absoluto na zaga carijó, Sidimar afirma que o desempenho da equipe no Estadual gera interferência na preparação para a Série B, mas espera uma evolução para a competição nacional, já que o nível é, segundo o próprio, superior ao encontrado no Mineiro: “Interferência tem pela campanha que a gente teve. Se a gente faz um grande jogo aqui, a interferência seria menor. A Série B é um nível técnico acima do Mineiro. Esperamos trabalhar bem nesse mês para entrarmos focados na Série B, fazer uma grande competição com o Tupi, levar o time a grandes vitórias e principalmente voltar a vencer no Mário Helênio, que é o mais importante”, declarou após o empate em 1 a 1 com a Caldense na última rodada do Mineiro, resultado que deixou o Tupi na nona posição.

Toque de Bola registrou com exclusividade o reaparecimento do zagueiro Sidimar a Santa Terezinha. O próprio zagueiro já havia anunciado sua transferência para o Boavista (RJ), mas tudo mudou, para felicidade da torcida carijó

Toque de Bola registrou com exclusividade o reaparecimento do zagueiro Sidimar a Santa Terezinha. O próprio zagueiro já havia anunciado sua transferência para o Boavista (RJ), mas tudo mudou, para felicidade da torcida carijó

    F6: “Gostaria de ficar”

O “Chefe”, como é chamado pelos companheiros, analisou o desempenho do Tupi neste Estadual: “Não foi um excelente campeonato, até pela equipe que montamos esse ano. Começamos muito mal, e como é um torneio muito curto acabou prejudicando o nosso time. Mas com muita conversa, treino, e a chegada do professor Drubscky, as coisas foram se acertando. Hoje jogamos um bom futebol, queríamos a vitória e a torcida ficou triste pelo resultado e nós também, porque conseguimos criar as oportunidades. Infelizmente, pela equipe que foi montada, não conseguimos chegar no patamar que gostaríamos”, explicou Fabrício Soares.

Há muitos anos no clube, Fabrício Soares é o único dos titulares que não possui vínculo até o fim da temporada. Seu contrato expira no fim de abril e o jogador de 37 anos aguarda o contato da diretoria para a renovação: “Gostaria de ficar. Venho de muitos anos subindo o Tupi de divisão, nada mais justo que em uma Série B eu participe. Venho fazendo o bastante para vestir a camisa do clube há muito tempo, mantenho uma regularidade desde que cheguei. Mas espero que na quinta-feira a gente possa conversar da melhor maneira possível para eu continuar”, revela.

 

Fabrício Soares espera se reunir com a diretoria nesta quinta, 14, para renovar o contrato com o Tupi

Fabrício Soares espera se reunir com a diretoria nesta quinta, 14, para renovar o contrato com o Tupi

 

Texto, fotos e edição: Toque de Bola

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.