02 mar 2016

Por futebol profissional, Baeta quer parceria até 2017. FMF convoca para 2ª divisão até maio



O retorno do futebol do Tupynambás está quase certo. Restam detalhes para que a parceria envolvendo a Meio di Campo Assessoria Esportiva, do empresário Alberto Simão, e o clube do bairro Poço Rico, saia do papel. Apesar da projeção de um novo contato entre os interessados para esta semana, o encontro ainda não foi marcado e a decisão oficial ainda não sacramentada. O presidente Francisco Quirino, conhecido como Chiquinho, revelou que a proposta do Baeta é que essa união dure até o fim do seu mandato (em final de 2017). A equipe não marca presença em torneios profissionais desde 2007.

Segunda divisão do Mineiro

A Diretoria de Competições da Federação Mineira de Futebol (FMF) afrmou ao Toque de Bola que o edital de convocação para a segunda divisão do Campeonato Mineiro sairá até maio, com o torneio iniciando no final de julho: “O Mineiro 2ª Divisão, como estimativa de início, já que a data é decidida no conselho técnico da competição, será o dia 31.07.2016 até o dia 20.11.2016, conforme consta em nosso calendário de competições. O edital de convocação, também como previsão, será disponibilizado em nosso site até o final de abril ou início de maio, todos os documentos necessários, a fim de que os clubes possam solicitar a sua participação, serão elencados no mesmo”.

  Sonho antigo

“A ideia de retornar com o futebol é antiga. O sonho de todo presidente é ver o seu clube no auge, e é isso que eu quero para o Tupynambás. O clube estava caído, largado, e procurei recuperar a estrutura para atrair os sócios. O Alberto Simão entrou em contato comigo, justamente por conta dessa estrutura para reativar o futebol profissional. Conversa vai, conversa vem e nós estamos enviando um contrato para ele em Belo Horizonte, que caso ele aceite, irá sacramentar a nossa parceria”, relata Chiquinho, que está há um ano na presidência do Baeta, e ainda possui mais dois a cumprir.

Entre os pedidos do Leão do Poço Rico está o equacionamento da utilização do campo de treinamentos entre as equipes de sócios do Baeta e o time profissional, além do percentual ao qual o clube terá direito no caso de venda de algum atleta.

Presidente Francisco Carlos Quirino (direita) e seu vice, Wanderson Luis Cardoso, receberam o Toque de Bola

Presidente Francisco Carlos Quirino (direita) trata parceria com otimismo

 Inscrição

O objetivo é que o clube participe da Segunda Divisão do Campeonato Mineiro em 2016. A Meio di Campo será responsável por toda a parte burocrática com a Federação Mineira de Futebol, como inscrição de atletas, documentação necessária e laudo de vistoria do estádio. O Tupynambás entra com a estrutura física e o nome. A competição está prevista para ocorrer dos dias 31 de julho a 20 de novembro. Portanto, a equipe do Baeta deve estar regularizada até o mês de julho para poder atuar na competição.

Clique aqui e confira do Calendário Oficial da Federação Mineira de Futebol para 2016

Alberto Simão (direita) tem passagem recente pelo futebol do Tupi

Alberto Simão (direita) tem passagem recente pelo futebol do Tupi

Dívidas

Como um dos clubes formadores do lateral Danilo, o Tupynambás tem direito a uma porcentagem da venda do atleta para o Real Madrid. Segundo Chiquinho, ainda está faltando receber uma parcela deste valor: “Sobre o dinheiro da venda do Danilo, o clube já recebeu duas parcelas que eu usei para pagar dívidas de outros presidentes e arrumar o clube por dentro, pintando parede, arrumando o parque aquático e recuperando o gramado. Eu trabalho com um orçamento reduzido por ter que cuidar da minha administração e das passadas, mas vamos aos poucos acertando tudo.”, conta.

 

Reunião com o prefeito

Mesmo sem o contrato assinado, Chiquinho afirmou que entregou ofícios para a Secretaria de Esporte e Lazer e para o prefeito Bruno Siqueira confirmando o retorno do Tupynambás ao futebol profissional. Inclusive, quer marcar uma reunião com o prefeito para apresentar o projeto: “Já entreguei ofícios na Secretaria de Esporte e na Prefeitura informando o retorno do futebol profissional do Baeta. Existem leis que apoiam o esporte e o nosso clube também quer ser beneficiado por elas. Marcarei uma reunião minha e do Simão com o prefeito para que possamos apresentar o projeto que é bom para a cidade, porque traz mais visibilidade para Juiz de Fora”, explica.

 

Texto: Guilherme Fernandes, estagiário do Toque de Bola, sob supervisão de Bruno Kaehler – Toque de Bola

Fotos: Arquivo Toque de Bola

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


19 set 2017
Com vídeo! Evaldo anula Éder, domina, toca para os companheiros e emenda: “Tupi tem totais condições de reverter”

18 set 2017
Emoção marca abertura da Semana Paralímpica em Juiz de Fora

18 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

16 set 2017
Diretoria do Tupi estuda manter preços promocionais para o jogo de volta

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.