26 mar 2016

Desfalcado, Maringá rechaça favoritismo na Seletiva: “Vence quem estiver melhor no dia”



Para tentar se manter na elite do vôlei nacional, o Copel Telecom Maringá terá que vencer o JF Vôlei e UPIS/Brasília na Seletiva programada para Juiz de Fora.

A equipe paranaense terminou a Superliga 2015/2016 na 11ª colocação com 21 pontos e pela primeira vez desde seu ingresso na competição ficou fora dos playoffs. Porém o discurso é de que, mesmo com uma melhor campanha em relação aos adversários, não existe favorito. “Essa competição não tem favoritos, vence quem estiver melhor no dia”. Com esta fala ao O Diário de Maringá, o técnico argentino, Horacio Dileo, rechaça o clima de “já ganhou” para a Seletiva.

A tabela da seletiva marca:

  • segunda-feira, 28: JF Vôlei x UPIS;
  • terça-feira, 29: UPIS x Maringá
  • quarta-feira, 30: JF Vôlei x Maringá  (as três partidas começam às 19h30, no ginásio da Faefid).

  Siga as informações da seletiva nas redes sociais e na web rádio  do Toque de Bola.

   Fanpage (página no facebook: Toque de Bola – Juiz de Fora) Link: https://www.facebook.com/toquedebola/

   Twitter: toquedebolajf. Link: http://twitter.com/toquedebolajf

   Instagram: toquedebolajf. Link: https://www.instagram.com/toquedebolajf/

Link da web rádio  do Toque de Bola: www.toquedebola.esp.br/radio

 

Horacio Dileo comanda a equipe do Copel Telecom Maringá

Horacio Dileo comanda a equipe do Copel Telecom Maringá

Campanha

A campanha na Superliga não foi a esperada: em 22 jogos foram apenas sete vitórias e quinze derrotas. O primeiro triunfo dos paranaense ocorreu justamente sobre o JF Vôlei em Juiz de Fora na segunda partida da competição: 3 sets a 2 (25/21, 24/26, 25/23 18/25, 17/19). Depois, a equipe só voltou a vencer na oitava rodada, atuando em casa contra o São José dos Campos (3 sets a 1). Na 11ª partida, derrotou o Canoas por 3 parciais a 0, novamente como mandante.

No returno, ao receber os juiz-foranos acabaram derrotados pelo mesmo placar da ida: 3 sets a 2, com parciais de 24/26, 25/27, 25/18, 25/20, 10/15. Nas rodadas 15 e 16, duas vitórias diante do seu torcedor: 3 a 0 sobre o Bento Vôlei, e 3 a 1 sobre o Voleisul/Paquetá Esportes, colocando a equipe, naquele momento, com chance de vaga nos playoffs. A boa sequência, no entanto, só foi retomada fora de casa contra Minas e São José (venceu ambos os jogos por 3 a 2), nas rodadas 19 e 20, mas já era tarde.

 

Copel Telecom Maringá e JF Vôlei irão se enfrentar pela terceira vez nesta temporada. Até aqui, uma vitória para cada

Copel Telecom Maringá e JF Vôlei irão se enfrentar pela terceira vez nesta temporada. Até aqui, uma vitória para cada

 

  Equipe

O projeto já mudou de nome duas vezes. Ao entrar na Superliga em 2012, chamava-se Moda Maringá. Na última temporada passou ter o nome de Ziober Maringá, e este ano, Copel Telecom Maringá.

Presidente e atleta do Copel Telecom Maringá, o levantador Ricardinho esteve ausente de jogos importantes nesta temporada por conta de uma lesão no joelho direito. O seu substituto, Thiago Gelinski, atuou, mas não pôde evitar a ida da equipe para a Seletiva. O time conta com dois estrangeiros em seu elenco: o ponteiro japonês Tatsuya Fukuzawa e o central congolês Ngampourou Ilouoni, conhecido por Exoce. Além deles, os opostos Luan e Alemão, e o central Aureliano, que já atuaram pelo time de Juiz de Fora, então UFJF, fazem parte do elenco paranaense.

Nas estatísticas da Confederação Brasileira de Vôlei, o Maringá foi o terceiro pior ataque da fase de classificação, a frente do JF Vôlei e do Canoas. Com 256 pontos, o ponteiro Thiago Sens foi o melhor atacante da equipe paranaense, com 56 a menos que Renato, o mais efetivo do time juiz-forano.

   Desfalques

Se o JF Vôlei não conta mais com Renato, um dos destaques do time, que acertou sua transferência para a Indonésia após a fase de classificação, o Maringá não contará com Sens, que seguiu para a Itália para atuar ao lado do levantador Bruninho e do central Lucão, no Modena. Outro desfalque – extra-oficial – é Fukuzawa, que já teria retornado ao Japão após a primeira fase da competição.

  Venda de ingressos

A venda de ingressos para os jogos começou quinta-feira. Para encher o ginásio neste momento decisivo para o time, a diretoria fixou em R$20,00 o pacote que dá direito a entradas para as três partidas. O valor do jogo avulso, na venda antecipada, é de R$10,00, para qualquer pessoa. Na bilheteria do ginásio, nos momentos que antecedem os embates, os preços serão R$10,00 (meia) e R$20,00 (inteira). Sócio-torcedor do Juiz de Fora Vôlei tem entrada gratuita em qualquer dia da Seletiva.

Pontos de venda:

Subway – Av. Pres. Costa e Silva, 1647 – São Pedro
Renavi Sports – Rua Batista de Oliveira, 346 – Centro
All Pé – Rua São João, 319 – Centro

 

Na partida em Juiz de Fora nesta temporada, Aureliano recebeu o troféu Viva vôlei de melhor em quadra

Na partida em Juiz de Fora nesta temporada, Aureliano recebeu o troféu Viva vôlei de melhor em quadra

18 – Alexander Szot Marczewski (Alemão)
Idade: 27 anos
Posição: Oposto
Altura: 1,97 m
Peso: 92kg

12 – Aureliano Carlos da Silva (Aureliano)
Nascimento: 12/08/1979 – Uberlândia-MG
Posição: Central
Altura: 2,01m
Peso: 96kg

10 – Deivid Mota Silveira (Deivid)
Nascimento: 14/12/1988 – Pedro Gomes-MS
Posição: Ponteiro
Altura: 1.98m
Peso: 89kg

11 – Edson Candido Cerqueira (Edinho)
Nascimento: 30/07/1980 – Araguari-MG
Posição: Oposto
Altura: 1,92m
Peso: 98kg

13 – Elder Franzoi Coutinho (Elder)
Nascimento: 12/06/1989 – Assis Chateubriand-PR
Posição: Levantador
Altura: 1,90m
Peso: 95kg

20 – Ilouoni Exoce Ngampourou
Idade: 26 anos
Posição: Central
Altura: 2,08 m
Peso: 97kg

15 – Tatsuya Fukuzawa (Fukuzawa)
Nascimento: 01/07/1986 – Quioto, Japão
Posição: Ponteiro
Altura: 1,89m
Peso: 86kg

7 – Thiago Gelinski (Gelinski)
Nascimento: 24/06/1987 – Guarapuava-PR
Posição: Levantador
Altura: 1,93m
Peso: 97kg

9 – Guilherme Augusto Gentil (Guilherme Gentil)
Nascimento: 15/03/1991 – Sorocaba-SP
Posição: Líbero
Altura: 1,85m
Peso: 89kg

14 – Guilherme Francisco
Idade: 23 anos
Posição: Central
Altura: 2,02 m
Peso: 90kg

6 – Kaio Silvestre de Oliveira Ribeiro (Kaio)
Nascimento: 07/04/1997 – Vilhena-RO
Posição: Ponteiro
Altura: 1,90m
Peso: 89kg

1 – Luan José Weber (Luan)
Nascimento: 12/02/1991 – Seara-SC
Posição: Oposto
Altura: 2,02m
Peso: 106 kg

3 – Michel de Souza Saraiva (Michel)
Nascimento: 09/11/1993
Posição: Central
Altura: 1.99m
Peso: 90kg

5 – Rodrigo de Moraes (Mudo)
Nascimento: 23/07/1986

Posição: Central
Altura: 1,98 m
Peso: 99 kg

17 – Ricardo Bermudez Garcia (Ricardinho)
Nascimento: 19/11/1975 – São Paulo-SP
Posição: Levantador
Altura: 1,93m
Peso: 85kg

4 – Rogério Batista de Carvalho Filho (Rogerinho)
Nascimento: 20/02/1995 – Maringá-Pr
Posição: Líbero
Altura: 1,76m
Peso: 69kg

16 – Ualas da Conceição Martins (Ualas)
Nascimento: 18/06/1979 – Majé-RJ
Posição: Central
Altura: 2,04m
Peso: 98kg

Treinador: Horácio Dileo

 

Texto: Guilherme Fernandes, estagiário do Toque de Bola, com informações de O Diário de Maringá – Edição e supervisão: Ivan Elias – Toque de Bola

Fotos: Toque de Bola

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 ago 2017
UFJF e Uberabinha anunciam fim da parceria no futebol de base

22 ago 2017
Veja melhores momentos de Tupi 1 x 0 Mogi e o mapa carijó em busca da vaga no mata-mata

21 ago 2017
Intercolegiais: Granbery e Escola Estadual Francisco Bernardino são campeões no Estádio Mário Helênio

21 ago 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.