20 mar 2016

Derrota de 3 a 0 para o Atlético deixa Tupi entre o sonho da semifinal e o pesadelo da queda



Mesmo criando algumas boas oportunidades de ataque, o Tupi não resistiu ao elenco melhor tecnicamente do Atlético e perdeu por 3 a 0 no início da noite deste domingo, 20, pela oitava rodada da fase de classificação do Campeonato Mineiro.

Com o resultado, o time juiz-forano caiu para a décima colocação e está numa situação curiosa na tabela: ao mesmo tempo em que está somente dois pontos acima da zona do rebaixamento – os dois últimos colocados descem para o Módulo II, está a três pontos do G-4 – os quatro primeiros lugares disputarão a fase semifinal da competição.

 Parceria

Depois do jogo, o vice-presidente do Tupi, José Roberto Maranhas, revelou ao Toque de Bola que já está acertada uma parceria entre o clube carijó e o Clube Atlético Mineiro para a disputa da Série B. O Galo de BH já teria se comprometido a disponibilizar uma relação de atletas que podem ser aproveitados, em período de empréstimo, para defender o Tupí na segunda divisão do futebol brasileiro.

 Como foi

Os gols do Atlético foram marcados em lances parecidos: jogadas em profundidade, que pegaram a defesa do Tupi desguarnecida. No primeiro tempo, Lucas Pratto, aos 14, em condição legal, invadiu a área e teve calma para vencer o goleiro Glaysson. O time carijó só melhorou um pouco da metade para o final do primeiro tempo, chegando principalmente num chute da intermediária de Koslowski, que Giovani espalmou para escanteio e, pouco depois, num cabeceio para fora de Michel. Glaysson também trabalhou, evitando o segundo de Pratto.

Na etapa final, o Tupi começou ameaçando com chutes de fora da área nos dez primeiros minutos. Hiroshi bateu com perigo, à direita, e Filipe Alves exigiu defesa segura de Giovanni. As principais oportunidades, mais próximas do gol adversário, foram com descidas de Vinícius Kiss. Numa delas, ele saiu do próprio campo carijó até ficar cara a cara com Giovani, que espalmou para escanteio. Depois, outra vez Kiss, quando Giovani deixou a meta e a torcida pediu pênalti – que não houve – na dividida. No lance, foram quatro minutos de atendimento ao camisa 1 do Galo de BH. Giovanni será reavaliado e pode ser o segundo goleiro a desfalcar a equipe – Victor também está contundido.

A confirmação da vitória veio em lances semelhantes. Bolas enfiadas e jogadores do Atlético recebendo em situações excepcionais para marcar ou fazer o passe. No segundo gol, Robinho, aos 36, recebeu de Carlos Cesar em condição legal e mostrou categoria para tocar para as redes. No terceiro, já nos sete minutos de acréscimos, Luan que recebeu, em impedimento, e só rolou para Robinho, que emendou sem defesa para Glaysson.

Como resumo da partida, o melhor time fez prevalecer a sua superioridade nos lances que poderiam resultar em gols.

Opinião

Para o comentarista convidado do Toque de Bola, Marcelo Rizzato, apesar da derrota o torcedor do Tupi pode ter esperanças numa classificação para as semifinais.

“Sabe aquele dia em que você faz tudo direitinho mas a coisa não acontece? Pois foi assim hoje para o Tupi. Em seu melhor momento no jogo, um lance no mínimo duvidoso do Kiss com Giovani, fez com que a partida fosse interrompida por sete minutos, que foram estipulados como acréscimo e acabaram por esfriar a equipe do Tupi. O time sentiu o desgaste com queda de rendimento físico. Com isso, a superioridade técnica e as opções de mudança do Atlético fizeram com que o placar se ampliasse. Placar injusto pelo que o Tupi apresentou hoje, mas ao mesmo tempo traz reais esperança de classificação”, analisa Rizzato.

 

Ficha técnica

Tupi: Glaysson; Osmar, Sidimar, Fabrício Soares e Tiaguinho (Pirão); Filipe Alves, Rafael Jataí, Vinícius Kiss, Koslowski e Hiroshi (Ramon); Michel Henrique (Michel Douglas). Treinador: Ricardo Drubscky.

Atlético: Giovanni (Uilson); Marcos Rocha, Leonardo Silva, Tiago e Carlos César; Rafael Carioca, Júnior Urso, Cazares (Robinho); Clayton (Douglas Santos), Luan e Pratto. Treinador: Diego Aguirre.

Estádio Municipal Radialista Mário Helênio

Árbitro: Maco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira

Árbitro Assistente 1: Felipe Alan Costa de Oliveira

Árbitro Assistente 2: Leonardo Henrique Pereira

Quarto Árbitro: Leonardo Rotondo Pinto

Gols: Lucas Pratto e Robinho (2)

Público: 5 296 pagantes (5 840 presentes)
Renda: R$ 154.340,00

Drubscky: “Vacilamos de uma maneira decisiva”

Em sua análise do confronto, o técnico carijó, Ricardo Drubscky, lamentou as falhas defensivas de seus comandados após boa atuação:

“Foi um primeiro tempo bom, na pior das hipóteses igual ao do Atlético. Vacilamos de uma maneira decisiva no gol deles, em que tanto o homem que estava com a bola, o Cazares, quanto o Pratto, estavam livres. Na segunda etapa demoramos oito minutos para entrar e então fomos bastante incisivos, tranquilos, criamos por dentro e por fora e infelizmente para nós e para o goleiro deles, aquela parada foi determinante. Foram cinco ou seis minutos  que deram uma arrefecida na nossa equipe e, depois dos 30, não estávamos com a mesma volúpia. Buscamos empatar, mas deixamos espaços para jogadores de qualidade e foi fatal para nós”, avaliou.

“Para a Série B com certeza teremos reforços”

Drubscky elogiou, ainda, o comportamento do torcedor e garantiu contratações para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro: “Mais uma vez sofremos derrota em casa e o torcedor aplaudiu. Eles são inteligentes, sabem que a equipe teve argumento. Para a Série B, com certeza teremos reforços. Agora, o perfil de jogo só vai crescer no Tupi”.

Robinho: “Queremos ganhar todos os jogos”

Queremos ganhar todos os jogos sempre. E hoje o importante é que consegui ajudar a equipe a sair com a vitória. Procurei me movimentar ali na frente, fazer o que o professor Aguirre pediu e fui coroado com dois gols”, declarou

Robinho comemora seu gol - o segundo do Atlético

Robinho comemora seu gol – o segundo do Atlético

Aguirre: “Robinho pode render mais”

O técnico argentino do Atlético, Diego Aguirre, ao ser perguntado sobre o desempenho do camisa 7 foi direto na resposta: “A entrada dele estava programada no intervalo, e apesar dos gols, acho que ele pode render mais porque está voltando, muitos dias sem treinar, então pode melhorar”, comentou.

 

Resultados da oitava rodada, jogos da nona rodada e classificação (fonte: site da FMF. se preferir, clique na imagem para ampliar)

rodada 8

   Veja como foi a rodada

   Ainda no domingo, 20, em Belo Horizonte, o Cruzeiro venceu o Villa Nova, por 3 a 2, e se manteve na liderança do Estadual. Em Uberlândia, o Tricordiano surpreendeu os donos da casa vencendo por 1 a 0. Os resultados do final de semana acirraram as disputadas, mas ainda não foram definitivos na classificação.

    Cruzeiro 3 x 2 Villa Nova  

  Em uma partida com dois tempos distintos, onde os gols só aconteceram na volta dos vestiários, o Villa Nova superou a pressão da torcida celeste e abriu o placar, com Fábio Júnior. O Cruzeiro tratou logo de se recompor em campo e retomou a igualdade, com gol contra de Gabriel do Villa, que desviou um chute do zagueiro Manoel. Depois foi a vez de Mancini deixar sua marca para o Leão, mas os donos da casa empataram com Rafael Silva e viraram com Bruno. Com o resultado, a Raposa segue líder, com 10 pontos e o Villa é o terceiro, com 13.

   Uberlândia perde em casa

   O Uberlândia, que já esteve na liderança da classificação, foi derrotado pelo Tricordiano, e agora ocupa a quarta posição, com 12 pontos.  A equipe do Sul de Minas precisava vencer para se distanciar da zona de rebaixamento e acabou fazendo o único gol do jogo, nos minutos finais do segundo tempo, e subindo para nono lugar.

No sábado, 19, três partidas abriram a rodada.

    Guarani 2 x 2 Boa
   Jogando no Farião, em Divinópolis, Guarani e Boa Esporte fizeram um jogo bastante movimentado. No primeiro tempo, Júnior Barros abriu o marcador para o Bugre, mas Silas, antes do intervalo, deixou tudo igual novamente. Na segunda etapa, Thaciano virou a partida para a equipe de Varginha, porém o placar voltaria a ser igualado novamente pouco depois. Felipe Cordeiro fez mais um para os donos da casa e decretou números finais ao jogo, 2 a 2.
 Tombense 2 x 0 América
    Em Tombos, o Tombense conseguiu um importante resultado diante do América. A vitória por 2 a 0, com gols de Gelson e Daniel Amorim, ajudou a equipe a se afastar da zona de rebaixamento e complicou a situação do Coelho em busca de uma vaga no G-4.
   Caldense 2 x 0 URT
   Caldense e URT encerraram o dia de jogos no Ronaldão, em Poços de Caldas. Jogando com o apoio da torcida, a Vetarana venceu o Trovão por 2 a 0 e assumiu a sétima posição na tabela. Thiago Azulão, na primeira etapa, e Ewerton Maradona, aos 11 minutos do segundo tempo, construíram o resultado para a Caldense e ajudaram a equipe a subir na classificação.
  A três rodadas do final da primeira fase, nenhuma posição dos estremos da classificação está definida. Os jogos da antepenúltima rodada começam a ser disputados no sábado. O América recebe o Uberlândia; o Guarani enfrenta a Caldense, em Divinópolis; e o Villa Nova vai ao Sul de Minas, enfrentar o Tricordiano. No domingo, tem clássico às 11h, no Independência, entre Atlético e Cruzeiro. Em Varginha o Boa enfrenta o Tombense e o Tupi, vai a Patos, jogar com a URT.
Jogos da nona rodada (fonte: site da FMF. se preferir, clique na imagem para ampliar)

rodada 9

 

Classificação (fonte: site da FMF. se preferir, clique na imagem para ampliar)

 

Sem título

Artilharia

Robinho assumiu a artilharia do estadual, com 5 gols.

Os veteranos Mancini e Fábio Júnior, ambos do Villa Nova, dividem a vice-liderança com Osman, do América, cada um com 4 gols.

Com 3 gols, estão Ewerton Maradona (Caldense), Luan (Atlético), Petter (Tricordiano) e Rafael Fernandes (Caldense).

Pelo Tupi, marcaram na competição: Michel Henrique e Rubens (2 gols cada), Hiroshi e Thiaguinho (1 gol cada). Detalhe: ao lado de Uberlândia e URT, o time juiz-forano é o pior ataque do Estadual, com apenas 6 gols.

 

Texto: Ivan Elias, Bruno Kaehler e Guilherme Fernandes. Comentário: Marcelo Rizzato – Toque de Bola

Texto complementar sobre outros jogos da rodada e informações da competição: site Federação Mineira de Futebol

Foto: Toque de Bola

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 ago 2017
UFJF e Uberabinha anunciam fim da parceria no futebol de base

22 ago 2017
Veja melhores momentos de Tupi 1 x 0 Mogi e o mapa carijó em busca da vaga no mata-mata

21 ago 2017
Intercolegiais: Granbery e Escola Estadual Francisco Bernardino são campeões no Estádio Mário Helênio

21 ago 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.