16 dez 2015

VP de Finanças do Tupi assegura: “Não houve qualquer adiantamento de 2016”



Após o anúncio da renovação de contrato dos direitos de transmissão da Série B até 2022 com a Rede Globo, com um aumento de cerca de 50% nas cotas e um possível adiantamento de R$ 1 milhão ainda em 2015, muitos torcedores do Tupi ficaram com a dúvida se o clube estaria entre as agremiações listadas para receber a quantia. Ainda em novembro, o Toque de Bola entrou em contato com membros da cúpula carijó, que afirmaram aguardar contato da Federação Mineira de Futebol (FMF) para um pronunciamento.

Antes recebendo em dez parcelas de R$ 270 mil, os clubes da segunda divisão do Campeonato Brasileiro devem receber, a partir de 2016, R$ 500 mil mensais, totalizando R$ 5 milhões de verba bruta. Na segunda-feira, 14, o portal falou com o vice-presidente de Finanças do Galo, Jarbas Raphael Cruz, que explicou a situação:

“Só vamos ter certeza do valor em 2016, quando houver o arbitral da competição, que deve acontecer somente em fevereiro na CBF. A informação divulgada das cotas de TV deixou aberta a interpretação, mas o clube não receberá o adiantamento das cotas de TV por não ter participado da competição em 2015. Receberemos apenas em 2016 um valor que será provavelmente acertado neste arbitral”, esclareceu Jarbas.

Jarbas negou qualquer adiantamento, mas clube segue devendo salários

Jarbas negou qualquer adiantamento, mas clube segue devendo salários

Copa do Brasil

A histórica campanha do Tupi em 2015 na Copa do Brasil também vem gerando reclamações dos torcedores quando o assunto abordado é o lucro do clube pela classificação até a terceira fase do torneio de mata-mata nacional. Segundo documento divulgado pela CBF, o Carijó teve direito a R$ 200 mil pela disputa da primeira fase, R$ 240 mil referentes à etapa seguinte e, por fim, mais R$ 560 mil por chegar à terceira fase da competição, quando acabou sendo eliminado. Somando as três quantias, o Carijó teria recebido na competição, em verba bruta, R$ 1 milhão de reais.

Sem querer mencionar valores, Jarbas explicou, rapidamente, o destino do montante: “Fizemos um acordo com os jogadores que a cada passagem de fase tinha um valor combinado para eles receberem. Esta foi a primeira parte. A outra foi realmente destinada ao futebol do Tupi no segundo semestre”, relatou Jarbas.

O diretor carijó ainda lembrou que o sócio do clube (do clube, e não sócio-torcedor) tem o direito de comparecer às reuniões de conselheiros da instituição para aprovar o balanço financeiro no mês. O último encontro ocorreu na noite desta terça-feira, 15, na sede social do Tupi.

Salários atrasados

O Toque de Bola confirmou nesta quarta-feira que parte dos salários de jogadores e comissão técnica do Tupi referente ao mês de outubro ainda não foi quitada pela cúpula carijó. O próximo dia 20, ainda, é a data-limite para os vencimentos de novembro. O 13º salário e premiação do acesso à Série B também não foram transferidos para os profissionais que defenderam as cores do Galo na Série C da temporada 2015.

Ainda pelo que o portal apurou, a direção não projetou a data de pagamento para alguns jogadores, mas a outros garantiu que quitará ainda nesta semana.

 

Texto: Bruno Kaehler – Toque de Bola

Foto: Toque de Bola

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


17 ago 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

17 ago 2017
Juiz-forano Artur Bitarello confirma boa fase, vence XTerra em Mangaratiba e lidera na faixa 25-29 anos

16 ago 2017
Aílton vê “desrespeito” na atitude de jogadores do Mogi. Verba da Federação Paulista pode socorrer o clube

15 ago 2017
Futsal: goleada garante Sesi Juiz de Fora na semifinal do Campeonato Mineiro Sub-13 do Interior

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.