26 dez 2015

Do cabo de guerra ao arremesso de peso, atleta de JF é ouro na Fase Estadual dos Jogos Sesi: “Recompensador”



Isaías Aparecido de Souza, de 31 anos, é prova de que cada atleta-trabalhador tem talento e, com dedicação, pode alçar voos altos, antes inimagináveis. O funcionário da Aryzta do Brasil de Juiz de Fora há mais de sete anos conquistou, em Ipatinga, a única medalha de ouro da Manchester Mineira na Fase Estadual dos Jogos Sesi de 2015, no arremesso de peso, com a distância vencedora de 11,93m. E se engana quem pensa que Isaías sempre praticou a modalidade ou sequer pensava em disputá-la antes da Etapa Municipal.

“Não era o meu objetivo o arremesso de peso. Entrei para participar do cabo de guerra, a primeira competição dos Jogos Sesi”, revelou Isaías, complementando: “Tudo se iniciou na etapa de Juiz de Fora, quando veio o boletim da empresa perguntando quais atletas queriam participar e me identifiquei com essa área e comecei a treinar. Mas tudo começou com essa eventualidade”, explicou o campeão da Fase Estadual.

Isaías com a bandeira da Aryzta no topo do pódio do arremesso de peso

Isaías com a bandeira da Aryzta no topo do pódio do arremesso de peso

“Grandinho e fortinho”

Isaías conheceu o arremesso de peso ainda no colégio: “Bem lá atrás, na fase colegial, em aulas de Educação Física, cheguei a praticar esportes dessa área, mas não específico, como agora, e sim em nível iniciante”, contou.

Desde pequeno, seu porte físico o ajudou a se destacar em modalidades como o arremesso de peso: “Sempre fui meio grandinho e fortinho, então sempre tive uma vantagem em relação a isso. E agora trabalhando e desenvolvendo mais essa área tive uma evolução muito rápida”.

Participantes da competição: bom ambiente dos Jogos Sesi foi mantido na Etapa Estadual

Participantes da competição: bom ambiente dos Jogos Sesi foi mantido na Etapa Estadual

Na hora do almoço

A decisão de participar da modalidade ocorreu e, logo em seguida, Isaias utilizou parte do pequeno tempo livre para treinar: “Conversei com o pessoal da fábrica e conseguimos arrumar o implemento, no caso o peso, e comecei a treinar nas horas de almoço. Ia para o pátio da empresa que tem um gramado duas, três vezes por semana e ficava treinando algumas técnicas”, recorda.

Evolução

O foco trouxe o crescimento no rendimento de forma rápida, resultando no título da Fase Estadual: “Na minha primeira vez, na Fase Regional, fiz 9,96m, se não me engano. Agora na Estadual consegui arremesar em 11,93m. Quando fui participar da Estadual, vi que precisava de mais treinos e intensifiquei, fazendo treino técnico e físico”.

Jogos contaram com ilustre presença do jornalista Rogério Corrêa, formado em Juiz de Fora

Jogos contaram com ilustre presença do jornalista Rogério Corrêa, formado em Juiz de Fora

A disputa

O resultado em Ipatinga foi surpreendente até para o campeão, que centralizava seus treinamentos apenas na busca por melhorar sua performance: “Os outros atletas já vêm competindo há vários anos. Então pelo fato de eu estar começando agora e estar lá quase no nível deles, já era uma evolução muito grande nessa modalidade. Nos meus treinos almejava sempre melhorar minha marca e procurava sentir como é estar em uma competição quase no mesmo nível de profissionais”.

“Recompensador”

“Quando conquistamos algo para nós mesmos, é recompensador pelo esforço que fazemos e dedicação que temos. Mas sem dúvida essa conquista foi motivada mais pelo apoio dos meus amigos, familiares e empresa. A Aryzta ajudou bastante, me deu muito apoio e financiou algumas coisas. Sempre tive um bom relacionamento com todo mundo na empresa. E nos sentimos bem com relação até mesmo ao nosso ego e saber que os amigos de trabalho também ficam felizes por eu ter conquistado essa moda. Então é tudo bem gratificante”, comemora Isaías.

Isaías cercado dos companheiros de trabalho da Aryzta, felizes com a conquista do colega

Isaías foi homenageado pelos companheiros de trabalho da Aryzta, felizes com a conquista do colega

Futuro

Se os resultados são incógnitas, duas certezas existem no pensamento do campeão juiz-forano: a da continuidade da participação nos Jogos Sesi e dos treinamentos:

Minha intenção é estar continuando a participar cada vez mais e sem dúvida buscar mais pessoas para treinar com a gente e poder alavancar nosso nome na disputa. Atualmente estou tentando focar só no arremesso de peso. Não venho pensando em outra modalidade, a não ser, de repente, no cabo de guerra”.

 

Texto: Bruno Kaehler – Toque de Bola

Fotos: Isaías Aparecido

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.