16 nov 2015

Maurício, levantador do JF Vôlei: “Nosso time vai ser o que mais vai evoluir”



Após dois tropeços diante do torcedor no Ginásio da UFJF, o Juiz de Fora Vôlei já projeta os próximos desafios pela Superliga Masculina de Vôlei 2015/2016. Há menos de um mês na equipe da Zona da Mata mineira, o levantador de 31 anos, Maurício, admitiu a desvantagem em relação aos adversários pelo pouco tempo de treinamento com os companheiros de grupo, já apontando a prioridade no trabalho até a partida contra o Bento Vôlei/Isabela, fora de casa, na sexta-feira, 20, às 20h:

“Estivemos próximos de vencer como no último jogo (Maringá), mas o fundamental que todos têm que entender, e a torcida está ajudando bastante, é que nosso time ainda está em formação e possui um atraso em relação às outras equipes. Começamos com alguns problemas, o projeto estava se reestruturando e alguns jogadores, como eu, chegaram há apenas duas semanas. Nosso time vai ser o que mais vai evoluir durante a Liga. Estamos pecando em detalhes por conta do entrosamento, que vai melhorar com o tempo. Obviamente não estamos nada satisfeitos porque queremos muito ganhar e pela segunda vez tivemos essa oportunidade e perdemos, mas não tenha dúvidas de que as coisas estão caminhando bem”, avaliou o levantador ex-Voleisul/Paquetá Esportes.

Maurício, camisa 19, já iniciou partidas no Ginásio da UFJF como titular

Maurício, camisa 19, já iniciou partidas no Ginásio da UFJF como titular

Saque

Contra Lebes/Gedore/Canoas, a performance da equipe no serviço foi inferior à do embate diante do Copel Telecom Maringá. Se contra os paranaenses a equipe juiz-forana desperdiçou apenas 13 saques de 110 efetuados (11,8% de erros), no duelo do sábado foram 18 desperdícios no fundamento em um total de 77 (23,3%) – mais que o dobro no percentual.

Após o jogo contra os gaúchos, ainda sem conferir as estatísticas, Maurício minimizou a queda de rendimento no serviço, evidenciando as sequências ruins, por exemplo, nos sideouts (viradas de bola):

“Acho que no primeiro set que foi muito ruim. Mas no resto da partida erramos talvez um pouco mais de saques que na última. Procuramos forçar, e quando o saque entrou, fomos bem, mas acho que esse não foi o ponto fundamental em nossa derrota. Ainda pecamos com erros em sequência, o que acaba desestabilizando nosso time que ainda tem uma meninada, é uma mescla muito grande. Com um pouco mais de tempo e acertos vamos encaixar melhor”, analisou, com otimismo.

 

        Sócio-Torcedor

A direção do JF Vôlei lançou, no último dia 9, o Programa Sócio-Torcedor, em evento que trouxe a Juiz de Fora o dirigente da Confederação Brasileira de Voleibol, Radamés Lattari, que ficou bastante entusiasmado com a iniciativa local.
Com o Sócio-Torcedor, a direção do JF Vôlei, em parceria com a Big Card, procura retribuir o carinho com que o público acompanha a equipe local desde a primeira participação na Superliga, em 2011. Para conhecer o programa e aderir ao Sócio-Torcedor, basta acessar www.jfvolei.com.br/socio


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


14 dez 2017
JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga

13 dez 2017
Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador

11 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora: resultados e galeria de fotos

09 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora é atração no Centro de Futebol Zico. Com novidades extra-campo!

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse