14 nov 2015

Com tumulto no fim, JF Vôlei perde a segunda em casa: 3 sets a 1 para Canoas



Em partida de várias pausas por reclamações com a arbitragem e discussão entre treinadores no fim, o Juiz de Fora Vôlei acabou sendo novamente superado diante de seu torcedor na Superliga Masculina de Vôlei 2015/2016. Desta vez, pela terceira rodada da competição nacional, o Lebes/Gedore/Canoas venceu o confronto no Ginásio da UFJF neste sábado, 14, por 3 sets a 1, parciais de 13/25, 25/21, 19/25 e 19/25.

A derrota manteve a equipe juiz-forana com apenas um ponto no campeonato, sem vitórias, caindo para o 11° lugar. Já os gaúchos somaram seus três primeiros pontos, passando o adversário da noite e indo para a nona colocação. O técnico do JF Vôlei, Alessandro Fadul, lamentou sair da sequência em casa sem um triunfo:

“Não é o que queríamos, poderíamos ter saído pelo menos com uma vitória nessas duas partidas. Hoje, em falhas nossas no terceiro set, acabamos sofrendo a virada. Até a metade ele estava controlado. Pontuamos, mas sem dúvida poderíamos ter feito mais nessas duas partidas”, analisou.

O JF Vôlei tem como próximo compromisso duelo contra o Bento Vôlei/Isabela fora de casa, em Bento Golçalves (RS), sexta-feira, 20, às 20h. Já o Canoas recebe o Vôlei Brasil Kirin no domingo, 22, às 14h.

Partida na UFJF novamente foi marcada por muita conversa com a arbitragem

Partida na UFJF novamente foi marcada por muita conversa com a arbitragem

Tumulto

Os torcedores já haviam deixado o ginásio, assim como grande parte dos atletas, quando se iniciou uma confusão em quadra, próxima aos vestiários. O técnico do Lebes/Gedore/Canoas, Marcelo Fronckowiak, que cumpriu último jogo de suspensão imposta pela CBV, interrompeu entrevista de Fadul com críticas em direção ao comandante juiz-forano:

“Eu não falei nada ‘velho’, eu não falei nada para ninguém, orientação zero, Fadul. Fiquei como torcedor, não fala coisa com o delegado para me denegrir. Não fala coisa que não aconteceu”, iniciou Fronckowiak.

“Eu não falei de orientação, disse que você foi ali no banco, na mesa, reclamar. Em momento algum falei que você orientou. Não fala coisa que você não ouviu, abaixa o dedo, não sou moleque, seu palhaço! Diferente de você, o que tenho que dizer, falo para você”, respondeu prontamente o técnico do JF Vôlei.

Alessandro Fadul não entendeu a atitude de Fronckowiak após a partida

Alessandro Fadul não entendeu a atitude de Fronckowiak após a partida

A relação de rivalidade entre os dois profissionais existe há anos, desde quando Fadul era técnico do Volta Redonda e Fronckowiak do extinto RJX Vôlei. O princípio de confusão durou pouco e, após o treinador do time gaúcho deixar a quadra em direção ao ônibus da equipe, Fadul, mais calmo, se posicionou.

“A reclamação não foi nem diretamente para ele (Fronckowiak). Houve no quarto set um momento em que o jogo foi parado em uma marcação de bola nossa com a equipe de Canoas questionando os árbitros, o Marcelo Fronckowiak inclusive indo para cima do mesário e então eu reclamei: ‘Poxa, a equipe está reclamando, o técnico que comanda o time hoje, o treinador que está suspenso também e vocês (árbitros) omissos’. Foi essa a reclamação. Questionei o árbitro e o delegado. Ele não ouviu o que disse e deve ter escutado de alguém outra coisa. Repito o que falei para ele. Não sou moleque e não estou aqui para ser ofendido. Por incrível que pareça vocês (imprensa) estavam aqui quando falei na quinta-feira, que ele iria fazer de novo essa ceninha que faz sempre. Não entendi esse papelão dele após a partida”.

Suspenso, Marcelo Fronckowiak teve que assistir partida das cadeiras do ginásio sem poder orientar atletas

Suspenso, Marcelo Fronckowiak teve que assistir partida das cadeiras do ginásio sem poder orientar atletas

Ficha Técnica

JF Vôlei 1 x 3 Lebes/Gedore/Canoas (13/25, 25/21, 19/25  19/25) 

JF Vôlei: Maurício, Leandrão, Renato, Djalma, Ninão, Diego e Fábio Paes. Entraram: Tatinho, Tarik, Felipe Hernandez, Ricardo Faccin, Mark Plotyczer e Igor. Técnico: Alessandro Fadul

Canoas: Sandro, Angel Dennis, Alê, Leo Caldeira, Victor Hugo, Matheus e Jeffe. Entraram: Batagim e Bozko. Técnico: Alegrete

 

Resultados da rodada (se preferir, clique sobre a imagem para ampliar)

resultados rodada

 

Classificação (se preferir, clique sobre a imagem para ampliar)

class pos rodada

 

        Sócio-Torcedor

A direção do JF Vôlei lançou, no último dia 9, o Programa Sócio-Torcedor, em evento que trouxe a Juiz de Fora o dirigente da Confederação Brasileira de Voleibol, Radamés Lattari, que ficou bastante entusiasmado com a iniciativa local.
Com o Sócio-Torcedor, a direção do JF Vôlei, em parceria com a Big Card, procura retribuir o carinho com que o público acompanha a equipe local desde a primeira participação na Superliga, em 2011. Para conhecer o programa e aderir ao Sócio-Torcedor, basta acessar www.jfvolei.com.br/socio

 

Texto: Bruno Kaehler – Toque de Bola

Fotos: Toque de Bola

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.