07 nov 2015

Base forte: partida do Estadual de Vôlei reúne cinco atletas formados no Granbery



Maycon Leite, Wagner Pereira, Octacilio Netto (Tatinho), Tarik Bellini e Laerte Stroppa. Se você ainda não conhece os cinco nomes, grave na memória. Todos são promissores atletas que integram a equipe principal de Montes Claros e Juiz de Fora Vôlei na temporada 2015/2016 e que acumulam, em curtos históricos de carreira, passagem pelo voleibol do Instituto Metodista Granbery, da Manchester Mineira.

O jogo entre as duas equipes profissionais de vôlei pelo Campeonato Mineiro no ginásio da Faefid, em 23 de setembro, acabou marcando também o reencontro dos cinco ex-granberyenses com amigos das quadras e um dos responsáveis pelo ciclo que atraiu os jovens, o professor e ex-atleta Fábio Reis.

“O momento é, para quem vivenciou o início da carreira deles, extremamente gratificante, enquanto professor e ser humano. Ver um aluno-atleta seu que passou pela instituição ter conseguido caminhar e se tornado um atleta, não tem um retorno melhor para a instituição e os profissionais, entre professores e membros da direção, que participaram desse projeto. E isso vem ratificar o DNA que Juiz de Fora tem no cenário esportivo. As empresas precisam enxergar isso, a cidade tem um potencial para investimento, claro que de uma maneira bem organizada. Isso só reafirma o que sempre pensei do esporte e a caminhada continua, podemos colher novos frutos em oito ou dez anos. Essa é a expectativa”, comemorou Fábio, projetando novo ciclo.

Da esquerda para a direita: Tatinho, Maycon, Fábio, Laerte, Tarik e Wagner

Da esquerda para a direita: Tatinho, Maycon, Fábio, Laerte, Tarik e Wagner

  “A primeira oportunidade”

Do lado juiz-forano, os irmãos Tatinho e Tarik, líbero e levantador, respectivamente, e o ponteiro Laerte tiveram formação e profissionalização na Manchester Mineira, com passagens ainda por outros clubes do país na trajetória. Já pelo Pequi Atômico, o oposto mar-de-espanhense Wagner Pereira, de 22 anos, e o central de Barbacena, Maycon Leite, de 23, passaram duas temporadas no Granbery e seguiram para clubes de ponta no voleibol brasileiro, como o Sesi-SP.

“O Granbery foi o primeiro clube em que sai de casa, minha primeira oportunidade, onde me despertou a vontade de jogar e me mostrou o que era a rotina séria de um atleta. E claro, de acordo com as competições que fui jogando, novas oportunidades foram aparecendo e fui aproveitando, até chegar onde estou. Não quer dizer que estou longe ainda, estou aquém do que quero chegar, mas o Granbery teve uma importância muito grande na minha carreira e só tenho que agradecer”, relatou Maycon, que segue pensando alto:

“Já disputei a Superliga por Sesi, Minas, Taubaté e agora quero jogar por Montes Claros. Além da Superliga, é almejar sempre mais, então quero a Seleção, com certeza”, revelou o meio de rede de 2,03m.

  Projeto granberyense

“Próximo de 2008 se iniciou um projeto de handebol voltado ao esporte de rendimento e em 2007 retomamos um projeto do voleibol. Na verdade, na década de 90 houve um ciclo forte do voleibol dentro do cenário do Granbery. Eu era atleta ainda, meu técnico era o Evandro. O tempo passou, o Evandro assumiu a coordenação, me formei em Educação Física, me tornei professor da instituição e técnico de voleibol e o ciclo foi retomado. Assumimos parcerias que apoiaram o projeto, conseguimos captar alunos e a base foi surgindo. Hoje o fruto disso é que no Campeonato Mineiro tem cinco atletas que passaram pelo Granbery, fora outros que tomaram outros destinos”, explicou Fábio.

 

Texto: Bruno Kaehler – Toque de Bola

Fotos: Toque de Bola

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

 

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 ago 2017
UFJF e Uberabinha anunciam fim da parceria no futebol de base

22 ago 2017
Veja melhores momentos de Tupi 1 x 0 Mogi e o mapa carijó em busca da vaga no mata-mata

21 ago 2017
Intercolegiais: Granbery e Escola Estadual Francisco Bernardino são campeões no Estádio Mário Helênio

21 ago 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.