22 out 2015

Tupi: ingresso mais caro é para premiar jogadores



A notícia de que os ingressos para a o primeiro jogo da semifinal da Série C, entre Tupi e Londrina, sábado, 24, às 19h30, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, foram colocados à venda nos valores de R$40 (inteira) e R$20 (meia) não agradou grande parte dos torcedores carijós. Nas últimas partidas em Juiz de Fora, os bilhetes eram vendidos a R$30 (inteira) e R$15 (meia). Ciente da repercussão negativa, o vice-presidente do Conselho Gestor alvinegro, Cloves Santos, comandou reunião com a imprensa ao lado dos jogadores Osmar e Glaysson para elucidar a mudança.

O aumento dos preços partiu dos atletas, surpresos com o feedback: “Incomodou os jogadores porque essa decisão de aumentar o valor dos ingressos foi em comum acordo com eles, já que faz parte de uma premiação destinada a eles. E convidamos o Osmar e o Glaysson aqui para confirmar e dizer que nossa expectativa de público é de 10 mil pessoas e esperamos que a gente consiga mudar o foco dessa questão de preço para o Londrina, que é nosso adversário de sábado. E que cada torcedor seja mais um patrocinador, sabendo que esse dinheiro é destinado ao pagamento de premiação dos jogadores que merecem pelo esforço que fizeram nesse campeonato”, explicou Cloves.

A premiação de aproximadamente R$300 mil é dividida em três metas: classificação para o mata-mata, acesso e título. Segundo Cloves, a direção quitou 50% da primeira parte, contando com a verba da partida contra o Londrina para a outra metade e 100% do bônus referente ao segundo objetivo.

Osmar, Cloves Santos e Glaysson garantiram que aumento do preço dos ingressos foi solicitação de atletas na volta de Alagoas à Juiz de Fora

Osmar, Cloves Santos e Glaysson garantiram que aumento do preço dos ingressos foi solicitação de atletas na volta de Alagoas à Juiz de Fora

Possibilidade de pequeno público

Se o torcedor não comparecer em grande número no Estádio Municipal e a verba não for suficiente para o pagamento prometido, a direção estuda usar parte da verba de 2016 para cumprir com a promessa, sem pensar em diminuir o valor combinado:

“Abaixar não tem condições, o que foi pactuado será mantido. Se não tiver dessa receita, obviamente teremos que tirar das próximas, o que enfraquece o clube para 2016, que terá um investimento muito alto. Vamos para a Série B pensando em fazer um planejamento de Série A para permanecer na B. Temos que pensar uma divisão acima para ter sucesso na que você está. Isso exige um investimento alto e se tivermos que tirar verbas do Mineiro e da Série B para custear o que é merecido por eles, obviamente enfraquece o planejamento do ano que vem, mas o que é combinado tem que ser cumprido”, garantiu o diretor.

“Pedimos que o ingresso fosse R$50 e R$25”

O capitão Osmar, ao lado de Glaysson, confirmou as afirmações de Cloves e ainda revelou ter solicitado um aumento ainda maior: “No ônibus mesmo, na expectativa sobre o número de torcedores, eu, o Glaysson e outros jogadores pedimos que o ingresso fosse R$50 e R$25 e a direção colocou a R$40 e $20. Quando o Cloves disse que houve uma repercussão negativa quanto a isso fiquei assustado. Estamos pedindo é que o torcedor vá. Foi importante essa mobilização da cidade, corrente positiva, mas se você analisar friamente está tendo um aumento de R$5 e R$10. O Fortaleza no jogo contra o Brasil tinha o ingresso mais barato a R$50 e deu mais de 60 mil pessoas. Tinham prometido uma premiação a eles de R$1,5 milhão e a nossa não chega perto disso. Então estamos pedindo o mínimo, que o torcedor faça a festa e seja nosso patrocinador. Torcedor fiel é aquele que vai em campo. Se pegar nossa média de público, é muito ruim, até pela nossa campanha no campeonato todo”, contou Osmar.

 

Texto: Bruno Kaehler

Foto: Toque de Bola

O Toque de Bola é administrado por www.mistoquentecomunicacao.com.br

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.