21 out 2015

Marco Goiano festeja volta por cima e carinho dos carijós: “Torcida é igual casamento, ódio e amor”



Marco Goiano é um dos exemplos no Tupi de que o futebol leva o atleta do céu ao inferno em curto período de tempo. Após destacada pré-temporada no Carijó, o meia não acumulou grandes atuações no Campeonato Mineiro e acabou perdendo espaço no elenco. Mesmo assim, sob comando de Leston Júnior, permaneceu no elenco e, em duelo contra o Ceará em Juiz de Fora, na Copa do Brasil, acabou se destacando e marcando o gol carijó, que não foi suficiente para evitar derrota e eliminação alvinegra na competição. Após o rendimento contra o Vovô, no entanto, o meia ex-Macaé retomou espaço, sendo novamente utilizado nas partidas, agora pela Série C.

O crescimento de performance foi mantido jogo a jogo, com fundamental importância nas bolas paradas. O gol contra o ASA, em Arapiraca, premiou a história de superação do atleta, que voltou a ouvir seu nome gritado pelo torcedor na chegada da delegação em Juiz de Fora: “É inexplicável! Torcida é igual casamento, ódio e amor. Creio que no Mineiro tive uma recaída e momento de ódio com alguns torcedores, não com todos, mas hoje estou dando a volta por cima  e mostrando meu futebol e potencial para eles”, avaliou Marco.

Marco Goiano ganhou vaga no setor de criação da equipe após partida com o Ceará e não saiu mais (Foto: lEonardo Costa / tupifc.esp.b)

Marco Goiano ganhou vaga após partida contra Ceará e não saiu mais (Foto: Leonardo Costa/ tupifc.esp.b)

Obediência no planejamento

O camisa 10 carijó ratificou o comportamento da equipe em Arapiraca como um dos principais méritos do time no acesso: “Fomos jogar com um propósito de jogo, sabíamos que seria difícil. Mantivemos a calma, o foco, seguramos o resultado até o primeiro tempo e sabíamos que iríamos fazer um gol nos conta-ataques e não foi diferente. Fomos premiados com os gols e a equipe mereceu”, destacou.

“A batalha não para”

E Marco Goiano não está totalmente satisfeito. O dono das bolas paradas no Alvinegro já pensa no Londrina, adversário de sábado, 24, pela ida das semifinais da Série C, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio: “Quarta a batalha continua. Temos um próximo projeto que é o titulo, então a batalha não para. Nessa quarta continuamos os treinamentos para que sábado o Mário Helênio esteja lotado”, projetou.

 

Texto: Bruno Kaehler – Toque de Bola

Foto: Leonardo Costa / tupifc.esp.br

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.