07 out 2015

ASA entra com representação na CBF contra árbitro do primeiro jogo



O ASA não ficou nada satisfeito com a atuação da arbitragem no jogo de ida das quartas de final da Série C.

O vice-presidente da Agremiação Sportiva Arapiraquense (ASA), o médico Hellycarlos Albuquerque, informou que o clube entrará com uma representação na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) contra o árbitro paulista Thiago Duarte Peixoto, que trabalhou na partida disputada no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, no sábado, 3, que terminou com vitória do Tupi por 2 a 0, gols de Sidimar e Fabrício Soares.

O vice-presidente do ASA, Hellycarlos Albuquerque, reclama de três lances na derrota por 2 a 0 (Foto: site oficial do ASA)

O vice-presidente do ASA, Hellycarlos Albuquerque, reclama de três lances na derrota por 2 a 0 (Foto: site oficial do ASA)

As reclamações

Segundo Albuquerque, “foram três erros capitais que mudaram a história da partida”. Os lances discutidos são:

– A falta, marcada pelo assistente Vicente Romano Neto e confirmada pelo árbitro, que originou o primeiro gol do Tupi;

– A posição de impedimento do jogador carijó no segundo gol, não observada pelo assistente Daniel Paulo Ziolli;

– O gol anulado do time alagoano na etapa final, em lance de bola aérea.

A atuação do árbitro paulista Thiago Duarte Peixoto não agradou a diretoria do ASA Foto: (Leonardo Costa / tupifc.esp.br)

A atuação do árbitro paulista Thiago Duarte Peixoto não agradou a diretoria do ASA Foto: (Leonardo Costa / tupifc.esp.br)

 

  Vica: “Não interferiu em nada”

Logo após o término da partida, o técnico Vica isentou o trio da Federação Paulista de Futebol quanto ao resultado: “A arbitragem não interferiu em nada. Apitou muito bem e ele (árbitro) logo vai ser um dos melhores do país. Não vejo que ele apitou mal. Não pode é nosso time tomar dois gols de bola parada. Nós alertamos para isso e vacilamos na principal jogada deles. Ficou mais difícil, mas temos que trabalhar, trabalhar bem, porque temos condições de reverter o resultado”, declarou, rapidamente, na saída de campo.

 

Após a partida, técnico Vica isentou a arbitragem (Foto: site oficial do ASA)

Após a partida, técnico Vica isentou a arbitragem (Foto: site oficial do ASA)

Erros pelo alto

Apesar da reclamação com a arbitragem, Albuquerque reforçou as reclamações feitas anteriormente pelo técnico Vica, quanto à postura da equipe no jogo e o posicionamento nos dois lances de gol, ambos de bola parada. Falando sobre a entrevista concedida pelo treinador alvinegro, após o jogo, destacou que na oportunidade o comandante não havia tido acesso às imagens dos lances.

 

Texto: Guilherme Fernandes, estagiário do Toque de Bola, sob supervisão de Bruno Kaehler – Toque de Bola, com informações de Cláudio Barbosa, do portal 7 segundos, e do Globoesporte.com

Fotos: site oficial do ASA e Leonardo Costa / tupifc.esp.br

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 jan 2018
Clínica com Zico no Maracanã une diferentes gerações em torno do sonho do futebol. Veja fotos

22 jan 2018
Tem de 10 a 16 anos e que jogar futebol? É levar a chuteira e conferir a agenda da semana na Faefid-UFJF

21 jan 2018
Virose no Carijó? Dirigente admite possibilidade, mas não quer usar como desculpa

19 jan 2018
Futebol do Baeta apresenta Comissão Técnica para Módulo 2 e admite que está atrasado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse