07 out 2015

ASA entra com representação na CBF contra árbitro do primeiro jogo



O ASA não ficou nada satisfeito com a atuação da arbitragem no jogo de ida das quartas de final da Série C.

O vice-presidente da Agremiação Sportiva Arapiraquense (ASA), o médico Hellycarlos Albuquerque, informou que o clube entrará com uma representação na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) contra o árbitro paulista Thiago Duarte Peixoto, que trabalhou na partida disputada no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, no sábado, 3, que terminou com vitória do Tupi por 2 a 0, gols de Sidimar e Fabrício Soares.

O vice-presidente do ASA, Hellycarlos Albuquerque, reclama de três lances na derrota por 2 a 0 (Foto: site oficial do ASA)

O vice-presidente do ASA, Hellycarlos Albuquerque, reclama de três lances na derrota por 2 a 0 (Foto: site oficial do ASA)

As reclamações

Segundo Albuquerque, “foram três erros capitais que mudaram a história da partida”. Os lances discutidos são:

– A falta, marcada pelo assistente Vicente Romano Neto e confirmada pelo árbitro, que originou o primeiro gol do Tupi;

– A posição de impedimento do jogador carijó no segundo gol, não observada pelo assistente Daniel Paulo Ziolli;

– O gol anulado do time alagoano na etapa final, em lance de bola aérea.

A atuação do árbitro paulista Thiago Duarte Peixoto não agradou a diretoria do ASA Foto: (Leonardo Costa / tupifc.esp.br)

A atuação do árbitro paulista Thiago Duarte Peixoto não agradou a diretoria do ASA Foto: (Leonardo Costa / tupifc.esp.br)

 

  Vica: “Não interferiu em nada”

Logo após o término da partida, o técnico Vica isentou o trio da Federação Paulista de Futebol quanto ao resultado: “A arbitragem não interferiu em nada. Apitou muito bem e ele (árbitro) logo vai ser um dos melhores do país. Não vejo que ele apitou mal. Não pode é nosso time tomar dois gols de bola parada. Nós alertamos para isso e vacilamos na principal jogada deles. Ficou mais difícil, mas temos que trabalhar, trabalhar bem, porque temos condições de reverter o resultado”, declarou, rapidamente, na saída de campo.

 

Após a partida, técnico Vica isentou a arbitragem (Foto: site oficial do ASA)

Após a partida, técnico Vica isentou a arbitragem (Foto: site oficial do ASA)

Erros pelo alto

Apesar da reclamação com a arbitragem, Albuquerque reforçou as reclamações feitas anteriormente pelo técnico Vica, quanto à postura da equipe no jogo e o posicionamento nos dois lances de gol, ambos de bola parada. Falando sobre a entrevista concedida pelo treinador alvinegro, após o jogo, destacou que na oportunidade o comandante não havia tido acesso às imagens dos lances.

 

Texto: Guilherme Fernandes, estagiário do Toque de Bola, sob supervisão de Bruno Kaehler – Toque de Bola, com informações de Cláudio Barbosa, do portal 7 segundos, e do Globoesporte.com

Fotos: site oficial do ASA e Leonardo Costa / tupifc.esp.br

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.