15 out 2015

“Adutor de aço”? Tupi tem 70% dos gols na Série C frutos de cruzamentos



Em meio aos treinamentos fechados e intertemporada em Lima Duarte, uma projeção é certa no Tupi: o time seguirá confiando nas bolas paradas e investidas pelos lados do campo para chegar à meta do ASA em Arapiraca. Os números reforçam. Dos 20 gols marcados pelo Galo em toda a Série C, 14 foram originados de cruzamentos na área. Os dados impressionam, mas, acima disso, evidenciam o resultado de um trabalho iniciado pela comissão técnica desde a chegada do técnico carijó, Leston Júnior.

Há quase sete meses no clube, o comandante sempre insistiu nas bolas alçadas na área, pelo alto ou rasteiras. Como parte de sua forma de conduzir as atividades, a mescla de seriedade e extroversão nas cobranças aos jogadores vem dando certo. Gritos como “adutor de grilo” e “adutor de aço” são pequenas marcas de um trabalho que gerou eficiência na Série C.

Resultado de treinamento: cruzamentos precisos, com bola rolando ou em faltas e escanteios, vêm fazendo a diferença na campanha do Tupi na Série C

Resultado de treinos: cruzamentos precisos, com bola rolando ou em faltas e escanteios, vêm fazendo diferença na campanha do Tupi na Série C

“O que está dando certo não precisa mudar”

O lateral e capitão carijó, Osmar, admitiu que a preparação para a partida de volta das quartas de final da Série C contra o ASA na segunda-feira, 19, às 20h30, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, obteve seguimento nos trabalhos pelos flancos: “O que está dando certo não precisa mudar. Fizemos muitos gols de bola cruzada e bola parada e o Ré, se não me engano, é quem tem mais assistências. A gente faz uma transição pelos lados e isso facilita para que os gols saiam de jogadas vindo pelas laterais do campo”, explicou Osmar.

 

Os gols

Relembre como e por quem foram marcados os gols com cruzamentos na raiz dos lances:

Tombense 0 x 1 Tupi: roubada de bola de Genalvo no campo de ataque, cruzamento rasteiro e gol de Gabriel Davis;

Guarani 1 x 1 Tupi: gol de cabeça convertido por Fabrício Soares após cruzamento no alto em rebote de cobrança de escanteio;

Tupi 3 x 3 Madureira: no primeiro gol, Daniel Morais marcou após cobrança de escanteio; no segundo, cruzamento rasteiro de Wilker para novo tento do atacante ex-Carijó; por fim, no terceiro, mais um cruzamento por baixo, desta vez de Bruno Ré, para o domínio, giro e finalização para o fundo das redes de Daniel Morais;

Portuguesa 0 x 1 Tupi: nova bola alçada pelo alto para Daniel Morais, bem posicionado dentro da área, cabecear para o fundo das redes;

Caxias 0 x 1 Tupi: Kaio Wilker cobrou falta pela direita e Fabrício Soares, de cabeça, marcou;

Tupi 1 x 1 Juventude: cobrança de escanteio de Carlos Renato na cabeça de Daniel Morais, empatando o jogo;

Guaratinguetá 0 x 1 Tupi: avanço de Bruno Ré pela esquerda e cruzamento rasteiro na medida para Daniel Morais empurrar a bola para o gol e garantir nova vitória;

Madureira 1 x 1 Tupi: cobrança de falta pela esquerda e gol de cabeça do lateral Bruno Ré, no “segundo pau”;

Tupi 1 x 0 Portuguesa: cruzamento rasteiro do zagueiro Fabrício Soares, pela esquerda, para o atacante Bruno Aquino se esticar e marcar;

Tupi 2 x 0 Caxias: primeiro gol carijó marcado após belo cruzamento de Vinicius Kiss para Felipe Augusto cabecear com força, abrindo o placar;

Tupi 2 x 0 ASA: duas bolas paradas, gols de cabeça de Sidimar e Fabrício Soares.

 

Texto: Bruno Kaehler – Toque de Bola

Foto: Toque de Bola

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.