17 set 2015

Tupi apresenta Júnior Paraíba, que já pode encarar ex-clube no domingo



Júnior Paraíba, meia de 27 anos, foi apresentado oficialmente pelo Tupi na manhã desta quinta-feira, 17, em Santa Terezinha. O atleta já estava integrado ao grupo e, com situação regularizada no BID da CBF, participou normalmente do treinamento visando o confronto diante do Londrina neste domingo, 20, às 16h, no Estádio do Café.

Júnior Paraíba foi apresentado no Tupi na manhã desta quinta, 17

Júnior Paraíba foi apresentado no Tupi na manhã desta quinta, 17

Currículo

O jogador, formado na base do Goiás, se profissionalizou no Atlético Mineiro e tem passagens por clubes do interior paulista. Na temporada passada chegou a atuar por Londrina e Vila Nova-GO. Em 2015, disputou o Campeonato Mineiro pela URT e seu último clube foi o Nacional-AM. O atleta se mostrou pronto para atuar na próxima partida, já que o Tupi está desfalcado no meio-campo – Rafael Jataí (suspenso pelo STJD) e Vinicius Kiss (expulso).

“Muito feliz pelo convite para estar participando desse projeto, chegando nesse momento decisivo. Já estava para vir ao Tupi desde o fim do Mineiro, mas por detalhes não consegui acertar. Já estou à disposição do treinador Leston Júnior para atuar e ajudar a equipe”, declarou o novo reforço.

#Toqueinforma

  Pelas redes sociais, com apoio de Prefeitura de Juiz de Fora, Plasc e Hiperroll Embalagens, o Toque de Bola anuncia cobertura dinâmica e informativa de Londrina x Tupi a partir de 15h45.

   Siga pelo Facebook (www.facebook.com/toquedebola?fref=ts) 

   Twitter (https://twitter.com/toquedebolajf) ou

   Instagram (http://instagram.com/toquedebolajf).

LONDRINA X TUPI destacada

 Lei do ex

Campeão com o Londrina em 2014, Júnior Paraíba conhece o técnico Cláudio Tencatti e já passou algumas informações para Leston Júnior: ”Conheço a forma do Tencatti de trabalhar e já estou conversando com o Leston para ajudar de todas as formas possíveis. A torcida lá vai comparecer em peso por se tratar de um jogo decisivo e vai apoiar muito, mas creio que estamos preparados para conseguir um bom resultado. É sempre bom atuar contra um ex-clube e espero, se atuar, fazer uma boa exibição”, projeta.

  Fé no acesso

Chegando em momento agudo da competição, Júnior acredita que a pressão pelo acesso seja maior, já que em 2014 o Tupi acabou batendo na trave: “A pressão aumenta porque fica aquela expectativa do acesso pela boa campanha que o time vem fazendo, a dúvida de acontecer a mesma coisa do ano passado, mas creio que esse ano Deus irá nos abençoar e o torcedor vai poder comemorar a subida do Tupi para a Série B”, projeta.

Júnior Paraíba, Sidimar e Marco Goiano treinaram cobranças de falta

Júnior Paraíba, Sidimar e Marco Goiano treinaram cobranças de falta

  Pelas beiradas

O treinamento em Santa Terezinha comandado pelo técnico Leston Júnior foi dividido em três momentos, todos em campo reduzido. Na primeira atividade os atletas cruzavam da linha de fundo aos companheiros. Na segunda, um mini-jogo de seis contra seis, com quatro jogadores abertos nas laterais para que as jogadas de lado de campo fossem utilizadas. Na última parte, finalizações diretas para a maior parte do grupo, enquanto Marco Goiano, Sidimar e Júnior Paraíba treinavam cobranças de falta com o goleiro Glaysson.

  Lição

O arqueiro carijó acredita que o resultado adverso diante do Juventude deve servir como aprendizado para a partida contra o Londrina: “A lição que nós tiramos desse jogo é que esperávamos um Juventude agressivo desde o começo. Para a partida contra o Londrina espero a mesma coisa. O time deles precisa do resultado, vai pressionar o jogo inteiro. Temos que ficar bem postados, com uma marcação forte e encaixar bem os contra-ataques para conseguir a vitória”, opinou.

Leston Júnior observa treinamento visando o jogo contra o Londrina

Leston Júnior observa treinamento visando o jogo contra o Londrina

 

 Sufoco das arquibancadas  

O atacante Geraldo também espera jogo duro no Estádio do Café. Alertando para a pressão das arquibancadas, o camisa 97 vê possibilidades de proveito carijó: “O Londrina é uma equipe muito forte, mas acaba se sentindo pressionado dentro de casa. Jogar como mandante não tem sido um fator positivo para eles. É lógico que é um jogo atípico, com um panorama diferente, mas se eles começarem a errar no início da partida é possível que a torcida comece a cobrar. Então precisamos jogar com inteligência, tentar fazer um gol para poder usar isso contra eles”, explica.

 

Texto: Guilherme Fernandes, estagiário do Toque de Bola, sob supervisão de Bruno Kaehler

Fotos: Toque de Bola

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


21 set 2017
Tupi pode ter até quatro desfalques. Aílton receita “guerrear e batalhar demais para conseguir o objetivo”

20 set 2017
Tupi fecha treino. Fortaleza em Sampa. Marcelo apita. Ingressos, gramado, reconhecimento, recepção. Veja o diário da decisão

20 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

19 set 2017
Com vídeo! Evaldo anula Éder, domina, toca para os companheiros e emenda: “Tupi tem totais condições de reverter”

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.