09 ago 2015

Daniel Morais presenteia torcida carijó no Dia dos Pais: 1 a 0 em Guaratinguetá. Tupi retoma vice-liderança



No dia dos pais, foi o torcedor carijó que ganhou o presente. O Tupi encerrou a sequência sem vitórias ao bater o Guaratinguetá no estádio Dario Rodrigues Leite, neste domingo,9, por 1 a 0, com gol de Daniel Morais. A partida marcou a despedida da Garça da cidade paulista, já que agora mandará seus jogos em Curitiba por conta da parceria com o Atlético Paranaense.

O resultado recolocou o Tupi na segunda colocação do grupo B com 20 pontos. No sábado, o empate entre Londrina e Guarani (2 a 2), quando o Londrina em casa vencia até os 46 minutos do segundo tempo, deixava o time juiz-forano na terceira colocação.

Também neste domingo, 9, mas à noite, o Caxias-RS recebeu o Juventude-RS e o resultado foi um empate em 0 a 0.  Numa das raras oportunidades de gol, já no segundo tempo, o veterano Paulo Baier, do Juventude, cobrou falta na barreira e desperdiçou.

Na noite de segunda-feira, 10, duas partidas completaram a rodada do fim de semana prolongado da chave:

Tombense (MG)  1 x 1 Madureira (RJ) – em Muriaé

Brasil (RS) 4  x 1 Portuguesa (SP) – em Pelotas

Classificação

Com a rodada encerrada, o Tupi ficou a três pontos do líder, que disparou também em saldo de gols. Por outro lado, com a derrota da Portuguesa, a Lusa precisará de pelo menos duas rodadas para alcançar o carijó, uma vez que ficou cinco pontos atrás do time juizforano. O Guarani, próximo adversário do Tupi, também está com 15 pontos e no páreo por um posto no G-4 do grupo.

 

Confira abaixo como está tabela de classificação da chave carijó após 11 rodadas realizadas (se preferir, clique sobre a imagem para ampliar):

class pre jogo

Restam sete partidas ao carijó para buscar a classificação ao mata-mata, que pode levar ao acesso à Série B de 2016.

Pouco mais de 100 pessoas assistiram a despedida do Guaratinguetá do estádio Dario Rodrigues Leite (Foto: Filipe Rodrigues)

Pouco mais de 100 pessoas assistiram a despedida do Guaratinguetá do estádio Dario Rodrigues Leite (Foto: Filipe Rodrigues)

Mudança no meio

O treinador Leston Júnior barrou o meia Kaio Wilker e Genalvo voltou à equipe titular. No começo da partida o Tupi partiu para o ataque. A primeira chance foi do Carijó. Marco Goiano pegou o rebote da zaga do Guará e emendou de fora da área um voleio de perna direita que passou tirando tinta do travessão. Na sequência, uma falta frontal à meta da Garça foi marcada a favor do Alvinegro. Sidimar cobrou colocado, obrigando o goleiro Lucas fazer a defesa.

Chances 

O Guaratinguetá respondeu com João Pedro, que recebeu cruzamento na área e dividiu com Glaysson. A bola ia entrando, mas Genalvo salvou em cima da linha. O meia Giovani tentou com chutes de longa distância, mas sem assustar. As melhores jogadas do time juiz-forano ocorreram pelo lado esquerdo com Felipe Augusto e Marco Goiano.

O atacante, camisa 11, teve duas chances de abrir o placar, mas acabou errando a finalização. A chance mais clara de gol da primeira etapa saiu dos pés do próprio atacante alvinegro: Vinicius Kiss cruzou, a zaga do Guará parou pedindo impedimento, Felipe Augusto recebeu livre e tentou tocar por cobertura, mas acabou exagerando na força e mandou por cima.

Felipe Augusto criou oportunidades pelo lado esquerdo (Foto: Filipe Rodrigues)

Felipe Augusto criou oportunidades pelo lado esquerdo (Foto: Filipe Rodrigues)

   Capricho

Na saída do campo, o lateral e capitão da equipe carijó, Osmar, cobrou maior capricho nas finalizações: “Treinamos isso durante a semana, estamos criando as oportunidades, mas está faltando um pouco mais de capricho na hora de finalizar. E ali atrás temos que tomar cuidado com os contra-ataques e com as tabelas rápidas do time deles”, analisou.

No segundo tempo, o Guaratinguetá começou pressionando, mas o Tupi respondeu com Felipe Augusto, que bateu cruzado, o goleiro Lucas espalmou e Ré chutou para fora. O Guará passou a pressionar mais, e Leston Junior mandou a campo o atacante Ramon no lugar de Vinicius Kiss. O jogador deu novo fôlego ao ataque carijó.

   Redenção

O atacante Daniel Morais teve a chance de abrir o placar e errou de forma inacreditável. O zagueiro Léo Pereira falhou, o artilheiro carijó, sozinho na área, driblou o goleiro e com gol vazio mandou para fora.

O Tupi seguiu pressionando pela esquerda de ataque. Aos 34 minutos, Felipe Augusto lançou Bruno Ré que cruzou, no capricho, para o camisa 99, que se redimiu e estufou as redes do Guará: Tupi 1 a 0.

Na reta final da partida o Guaratinguetá tentou pressionar, mas não conseguiu assustar o goleiro Glaysson. Com a vitória, o Tupi assegurou a segunda colocação do Grupo B com 20 pontos. A Garça manteve a lanterna com três pontos e nenhuma vitória na competição.

Guaratinguetá ainda não venceu na Série C (Foto: Filipe Rodrigues)

Guaratinguetá ainda não venceu na Série C (Foto: Filipe Rodrigues)

  Hora certa

O autor do gol e artilheiro alvinegro no ano, Daniel Morais, comemorou o resultado e enalteceu seu companheiro,  Bruno Ré, que deu o passe para o gol: “Uma grande felicidade nesse dia dos pais. Estávamos passando por um momento complicado, mas em um dia especial como esse conseguimos vencer na hora certa. A jogada do gol foi muito boa, Felipe achou uma passe muito bom para o Ré, que fez a terceira assistência para mim e está jogando em um grande nível, e eu fui feliz em marcar o gol da vitória”, declarou o camisa 99.

   Meta alcançada

Leston Junior demonstrou um certo alivio com a vitória: “É um grande resultado, primeiro porque voltamos a vencer depois de quatro jogos sem vitória. Segundo, porque atingimos nossa primeira meta na competição que é chegar aos 20 pontos e conseguir isso faltando sete rodadas, e só precisamos de mais duas vitórias para avançar. E terceiro, pelos meninos, porque a pressão estava muito grande neles pelos resultados, a cobrança interna é grande e o time acaba ficando nervoso e pecando na finalização por querer acertar. Por isso a vitória é importante”, analisou.

   Ficha técnica

Guaratinguetá 0 x 1 Tupi

Estádio Dario Rodrigues Leite

Arbitragem: Antonio Carlos, Eduardo Souza, Fabricio de Moura.

Público: 131 torcedores Renda: R$ 1.620

TUPI: 1-GLAYSSON, 2-OSMAR, 3-SIDIMAR, 6-FABRICIO SOARES, 4-BRUNO RÉ, 5- GENALVO, 8- RAFAEL JATAI, 10- MARCO GOIANO (18-YGOR), 7- VINICIUS KISS (19-RAMON). 11-FELIPE AUGUSTO (15- FELIPE ALVES), 99-DANIEL MORAIS

GUARATINGUETÁ: 1-LUCAS MACANHAN; 2-JEAN FELIPE (14-GABRIEL), 3-RAFAEL ZUCHI, 4-LÉO PEREIRA, 6-DOUGLAS; 5-JACKSON, 8-JOÃO PEDRO (17-KAIQUE), 7-GIOVANI (18-ANDRÉ LUIZ), 10-JONATAN LUCCA; 11-GUILHERME, 9-JUNINHO. Técnico: Sérgio Vieira

Gol: Daniel Morais, 34’ 2º T.

Outros jogos da rodada:

Sábado, 8/8:

Londrina (PR) 2 x 2 Guarani (SP)

Domingo, 9/8:

Caxias (RS) 0 x 0 Juventude (RS)

Segunda-feira, 10/8:

20h15 – Tombense (MG) 1x 1 Madureira (RJ) – em Muriaé

20h30 – Brasil-RS 4 x 1 Portuguesa (SP) – em Pelotas

 

 

Texto: Guilherme Fernandes, estagiário do Toque de Bola, com informações da rádio CBN Juiz de Fora e supervisão de Ivan Elias

Fotos: Filipe Rodrigues (globoesporte.com)

O Toque de Bole é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 fev 2018
Copa do Brasil tem jogo com nove gols no segundo tempo. Veja resultados

22 fev 2018
Veja como é a promoção carijó envolvendo ingresso de Tupi x Atlético

22 fev 2018
JF Vôlei abre 2 a 0 sobre vice-líder Sesc, mas sofre virada e perde uma posição

21 fev 2018
Tupi x Atlético em JF: ingressos, transporte, acesso, estacionamento

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.